Dom Geremias Steinmetz, Arcebispo de Londrina comenta o primeiro dia da 57ª Assembleia Geral da CNBB.

Iniciou ontem, 1º de maio, em Aparecida SP, a 57ª Assembleia Geral  da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Este ano, a Assembleia Geral tem a tarefa central de atualizar as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (DGAE) da Igreja no Brasil para o quadriênio 2019 a 2023.

O arcebispo de Londrina, dom Geremias Steinmetz, que participa da assembleia pelo nono ano, comenta os principais assuntos discutidos no primeiro dia de assembleia que tem como elementos principais duas questões: a aprovação das novas diretrizes da CNBB e a eleição da nova diretoria.

“Os textos preparatórios que nós recebemos [para a elaboração das novas diretrizes] e analisamos já estão muito bons, retoma naturalmente a ideia de ‘casa’ da Igreja: casa de acolhida, casa da leitura da Palavra, da catequese, da iniciação cristã, e ao mesmo tempo coloca bem os pilares desta casa que são a catequese, a liturgia, a Palavra de Deus, a Eucaristia, de maneira especial, e também a caridade.”

Depois de aprovadas as diretrizes no sábado, os bispos farão a eleição da nova diretoria da CNBB nacional e também das comissões. “Depois também a eleição das comissões, das doze comissões da CNBB. Algumas delas são: liturgia, caridade e justiça social, catequese, Palavra, doutrina da fé, juventude, família. São essas comissões que também deverão ser eleitas.” Presidência e comissões tomarão posse no último dia de assembleia, 10 de maio.

Outros assuntos também estão sendo tratado na assembleia. “Tivemos a apresentação da conjuntura do país, então a professora do nordeste fez uma ótima leitura, ótima apresentação, das crises, questões que o Brasil está vivendo e mostrando muito claramente a missão da CNBB no sentido de ajudar a preservar e discernir os valores que nós devemos cultivar como sociedade nos próximos anos. E aí exatamente que a CNBB, a Igreja, os bispos tem uma força muito grande no sentido de cultivo de valores para que nós possamos sair das crises que o Brasil está vivendo.”

Eleição

Dom Geremias conta que os nomes para a eleição da presidência serão apresentados na segunda-feira, dia 6. “No sábado, está prevista a votação global das diretrizes, isso aprovado na segunda-feira já teremos reuniões dos regionais para indicar os nomes que os regionais vêem e preferem e serão indicados para a eleição”, explica.

“Assim por enquanto não há nenhum nome se sobrepondo, nem para presidente, nem para vice, nem para as comissões. Talvez para as comissões seja um pouco mais fácil porque normalmente o pessoal vai votar em alguém que já está nas comissões mas não é necessariamente presidente. Mas por enquanto a gente pode ver que tá tudo muito tranquilo, pessoal tem conversado pouco, ainda teve pouco tempo para conversar e isso pouco a pouco vai aparecendo”, concluiu.

Fonte:Arquidiocese de Londrina

Com informações Jorge Teles e CNBB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *