Reforma da Previdência em debate: CEBs, Conselho de Leigos e Pastorais promovem evento em Rondonópolis/MT

As Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) da diocese de Rondonópolis-Guiratinga/MT participam da promoção do Simpósio “Ética Cristã, Políticas Públicas e Reforma da Previdência”. A atividade é organizada pelo Conselho Diocesano de Leigos e Leigas e vai ocorrer na terça-feira (11), a partir das 19h30, na Escola Sagrado Coração de Jesus, em Rondonópolis. Pastorais Sociais, Movimento de Cursilhos e a Escola Sagrado também participam da promoção do evento.

O simpósio é gratuito e aberto a todas as pessoas. As inscrições serão realizadas meia hora antes, no salão central da Escola Sagrado Coração de Jesus, no centro de Rondonópolis-MT.  Mais informações: 3426-7006.

 

Ética e ensino social da igreja

O simpósio tem por objetivo informar e debater com a sociedade a Proposta de Emenda Constitucional 06/2019, sobre a Reforma da Previdência, os impactos sociais desta PEC e as relações do tema com os princípios da ética cristã e do ensino social da Igreja.

O papa Francisco tem insistido que “nada do que é humano deve ser indiferente aos cristãos”, alertando para o fato de que, seguir e servir a Deus, deve ser também compreendido como atuar na sociedade e na política, a fim de construir um mundo mais humano e mais justo.

Falando aos políticos latino-americanos, o papa afirma que “É necessário que os leigos católicos não permaneçam indiferentes à vida pública, nem fechados nos seus templos, nem sequer esperem as diretrizes e as recomendações eclesiais para lutar a favor da justiça e de formas de vida mais humanas para todos”.

De acordo com professor Adilson José Francisco, um dos organizadores do simpósio, a Campanha da Fraternidade deste ano, sobre as Políticas Públicas, convida todos os cristãos e as pessoas de boa vontade a refletirem e agirem de modo a entender a maneira pela qual elas atingem a vida cotidiana.

“A Campanha da Fraternidade também mostra à população como fazer para acompanhar, propor e fiscalizar a votação e implantação destas políticas”, completa Adilson, que integra a assessoria das CEBs na diocese de Rondonópolis-Guiratinga (Regional Oeste 2).

 

É em momentos como este que a missão do cristão é ser, de fato, “sal da terra e luz do mundo”, ressalta coordenadora das Pastorais Sociais, Marcia Casali

 

Vivemos um momento grave no país, de descrédito com a política e os políticos, e a tentação é a indiferença. Há uma ameaça concreta de retirada de direitos que atinge a sociedade como um todo. Por isso torna-se urgente que os cristãos e a sociedade em geral não se furtem ao debate daquilo que as atinge e lhes diz respeito.

Para Marcia Casali, assistente social e coordenadora das Pastorais Sociais da Diocese, o simpósio quer ser um espaço para debater diversos aspectos da PEC da Reforma da Previdência à luz do que orientam a Palavra de Deus e o ensinamento social da Igreja. Também para Márcia, a vivência da fé cristã tem um potencial humanizador e iluminador da vida como um todo e não pode estar restrita aos templos ou ser transformada em objeto de barganhas eleitorais. Afinal, Jesus testemunhou com a própria vida o empenho em trazer vida plena para todas as pessoas.

Isso significa que as injustiças e os projetos que produzem a morte não podem ficar indiferentes aos cristãos e a qualquer pessoa. É em momentos como este que a missão do cristão é ser, de fato, “sal da terra e luz do mundo”, ressalta Marcia Casali.

Equipe de organização do simpósio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *