40 DIAS PELO RIO: NAVEGANDO JUNTOS A BOA NOVA DE DEUS A CAMINHO DO SINODO AMAZÔNICO. DIA 33 de NAVEGAÇÃO

Um itinerário espiritual em preparação para o Sínodo

Por  Mauricio López Oropeza Secretário Executivo da REPAM

28 de Setembro

PETIÇÃO PERMANENTE PARA O SÍNODO AMAZÔNICO NO INÍCIO DE CADA DIA:

“Que o Deus da vida e da beleza, o Espírito Santo que nos impulsiona para mais fraternidade, unidade e dignidade, o Cristo encarnado da Boa Nova, da inculturação e da
interculturalidade nos proporcionem serenidade, discernimento e coragem para encontrar novos caminhos para a Igreja e para
uma ecologia integral neste Sínodo Amazônico. Tudo isso para o bem e a vida de seus povos e comunidades, e para caminhar mais juntos pelo Reino”.

Medite por alguns momentos neste pedido inicial, busque a calma interior para entrar neste momento para navegar pelas águas da Amazônia e a vida da Igreja a serviço de seus povos e comunidades, e para ouvir o chamado de Deus através de sua palavra viva.

Leitura do dia (cada um e cada uma são convidados a aprofundar a leitura completa de acordo com suas próprias necessidades e critérios):

Enquanto todos se admiravam com tudo o que Jesus fazia, ele disse aos discípulos: “Prestai bem atenção às palavras que vou dizer: o Filho do Homem vai ser entregue às mãos dos homens”. Mas eles não compreendiam esta palavra. O sentido lhes cava oculto, de modo que não podiam entender. E tinham medo de
fazer perguntas sobre o assunto. Lucas 9, 43b-45

Reflexão sob a perspectiva do Sínodo Amazônico:

Reconhecemos no Papa Francisco a força da fé inabalável, a profundidade de seu sentimento na e com a Igreja, e seu compromisso com a escuta genuína para incentivar a conversão, que é ajudada por três conversões (Instrumentum Laboris, 5): CONVERSÃO PASTORAL (Evangelii Gaudium), CONVERSÃO ECOLÓGICA (Laudato Si) e CONVERSÃO À SINODALIDADE ECCLESIAL (Episcopalis Communio). Três movimentos que precisam ser articulados e representam uma EXORTAÇÃO APOSTÓLICA- chamado, uma ENCÍCLICA – Orientação de rumo, e uma CONSTITUIÇÃO APOSTÓLICA – Denição estrutural para caminhar juntos. Esses convites também estão associados à necessária reforma da Igreja, que tem sido expressada como revelação de Deus desde o Concílio Vaticano II, para que ela seja muito mais ministerial e mais el ao Evangelho, que é uma boa notícia permanente e nos recongura e nos tira do local rígido ou seguro. Como nos dias de Jesus, muitos se opõem ao novo, não entendem e têm medo de reconhecer como nesses mais de 50 anos a presença de Deus nos levou ao novo. Peçamos que este Sínodo tenhaforças para perguntar a Jesus, a quem queremos seguir, a explicação desses gestos e convites, embora não os compreendamos plenamente, cuidando da unidade na diversidade e incentivando uma saudável centralidade enriquecida pela descentralização de nossa Igreja na Pan-Amazônia. Que este Sínodo seja uma verdadeira Páscoa, um passo em direção a mais vida.

CONTEMPLAÇÃO

Contemplemos a imagem deste dia e tomemos um momento para reconhecer nossa própria vida e experiência na Igreja e ao serviço da Amazônia para pedir luz nesta palavra de Deus em preparação para o Sínodo. Escrever meus pedidos particulares e permanecer neles durante este dia. Convidamos você a manter um registro de tudo o que o Espírito nos provoca como preparação interior para o Sínodo AMAZÔNICO.

Citação para fechar a meditação: Missa sobre o mundo. Teilhard de Chardin

Ao seu Corpo em toda a sua extensão, é dizer ao mundo que, pelo Teu poder e pela minha fé, ele se tornou o magníco e vivo crisol onde tudo desaparece para renascer, por todos os recursos que sua atração criativa me fez brotar em mim (…) No fundo da minha convicção humana, sou consagrado a este Corpo para viver e morrer nele, Jesus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *