Reflexão sobre Bem Viver e visita à comunidade marcam reunião da Ampliada Regional/MT

Texto e fotos: Paulina Marcia (CEBs/diocese de Cáceres) e Rinaldo Meira (CEBs/articulação regional)

A reunião da equipe Ampliada Regional das CEBs de Mato Grosso foi um momento importante para alimentarmos ainda mais nossa espiritualidade e seguirmos com passos firmes nossas práticas e planejamento de ações a serem desenvolvidas nas nossas Comunidades Eclesiais de Base.

A Ampliada do Regional Oeste 2 (RO2) inclui lideranças das CEBs da arquidiocese de Cuiabá e das dioceses de Rondonópolis-Guiratinga, Primavera do Leste-Paranatinga, Barra do Garças, Sinop, Juína e Cáceres.

A reunião ocorreu nos dias 28 e 29 (sábado e domingo) no Seminário de Juína Sagrado Coração de Jesus, no bairro Cristo Rei, na cidade de Várzea Grande. Contamos com cerca de 30 pessoas, entre coordenadoras/es, assessoria, representantes do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) e do povo indígena Bororo. Confira galeria de fotos ao final.

 

Bem viver

No sábado tivemos como assessor o professor de Antropologia da Amazônia e membro do Conselho Alternativo de Cultura, vinculado aos Centros Sociais dos Jesuítas, Juscélio Pantoja. Ele fez o aprofundamento sobre o Bem Viver, tema que será trabalhado no 15º Encontro Regional das CEBs e ocorrerá em Primavera do Leste, em 2020.

Ele falou sobre a relação do Bem Viver com o respeito à natureza, a produção de um desenvolvimento econômico sustentável, a participação política verdadeira e a valorização do ser humano.

Nas palavras de Juscélio, “É preciso quebrarmos a lógica da exclusão, da opressão, do consumismo e criarmos e/ou incentivarmos a cultura do encontro, do respeito, da solidariedade, do acolhimento, do amor a Deus, ao próximo e à nossa Casa Comum”.

Em seguida Juscélio nos deixou alguns questionamentos:

– “Como eu enquanto movimento social ou eu enquanto igreja compreendo o sagrado?

– “Onde estão as coisa divinas?”

– “E como vamos recuperar a nossa história?”

Em seguida tivemos o mapeamento dos grupos de reflexão nas dioceses e arquidiocese.

 

Outubro: um mês especial

Encerramos o dia com o padre Josivan Calixto de Arruda nos falando sobre “Missionariedade” e o “Sínodo da Pan-Amazônia”.

Quanto ao primeiro assunto, ele explicou os pontos de destaques das novas Diretrizes da Ação Evangelizadora no Brasil 2019-2023 (Documento nº 109, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil-CNBB).

O Sínodo ocorre neste mês de outubro, em Roma, através de uma grande reunião envolvendo o papa e dezenas de bispos do Brasil (entre eles os de Mato Grosso), Venezuela, Equador, Bolívia, Peru, Colômbia, Guiana Francesa, Guiana Inglesa e Suriname.

Vivência na Comunidade Santo Inácio de Loyola, em Cuiabá.

Eles vão discutir novos caminhos de evangelização e atuação da igreja na região. As definições terão por base os diálogos feitos com povos indígenas, ribeirinhos e tantos outros grupos sociais que vivem na Pan-Amazônia.

Padre Josivan também falou das definições regionais sobre o Mês Extraordinário Missionário (outubro). Para ele, “Este é um momento rico e importantíssimo em que a Igreja, convocada pelo Papa Francisco, é chamada e revisitar o Concílio Vaticano II, fazendo-se uma Igreja profética, missionária, samaritana e comprometida com a construção do Reino de Amor à humanidade e à nossa Terra, iniciada pelo grande Missionário do Pai”.

 

Igreja em saída

Na parte da noite houve participação da celebração eucarística na Comunidade Santo Inácio de Loyola, em Cuiabá. Assim os participantes da Ampliada Regional se colocaram “em saída”, indo até esta comunidade periférica e vivenciando uma significativa celebração.

Em seguida ocorreu um momento de integração com os membros da comunidade, na casa da dona Deva. A Santo Inácio de Loyola, a exemplo de muitas de nossas comunidades, se sustenta com um árduo e efetivo trabalho das mulheres que a integram.

 

Definições

O domingo começou com celebração da eucaristia, trazendo como resistência as sementes crioulas (desenvolvidas, adaptadas ou produzidas por agricultoras/es familiares).

Depois houve deliberações sobre o 15º Regional, em Primavera, que foi alterado para o período de 30 de outubro de 2020 até 1º de novembro de 2020, para podermos contar com a presença dos bispos do nosso Regional Oeste 2.

Assessora das CEBs, Andiaria Lopes, fala de ações ambientais populares desenvolvidas no Norte de Mato Grosso.

Ainda houve espaço para partilha de eventos que estão acontecendo em nossa arquidiocese e nossas dioceses, como romarias, festas de Padroeiros e das Sementes, projetos de combate ao uso abusivo de agrotóxicos, encontros formativos etc.

A missão continua, árdua más acalentada pela presença carinhosa de Nossa Senhora de Nazaré, Rainha da Amazônia, e pela fé na Santíssima Trindade, a melhor Comunidade.

Amém! Axé! Awire! Aleluia!

Flickr Album Gallery Powered By: WP Frank

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *