Shadow

Autor: Pedro Paulo

ANÁLISE DE CONJUNTURA ECLESIAL COM                        MARCELO BARROS

ANÁLISE DE CONJUNTURA ECLESIAL COM MARCELO BARROS

- SULÃO
No dia 8 de abril de 2022, os membros da Colegiada das Comunidades Eclesiais de Base do Regional Sul 1 da CNBB, com outros companheiros e companheiras da caminhada e o nosso irmão, o monge beneditino Marcelo Barros, que nos proporcionou a análise da conjuntura eclesial, tivemos a oportunidade de ratificar a nossa missão nas CEBs, como povo de Deus pascal, na força do Espírito, abraçando e cumprindo o projeto anunciado por Jesus de Nazaré. Segue um resumo esquemático sobre a fala, via remota, do frei Marcelo Barros, elaborado por Ranulfo Peloso, do CEPIS, Centro este que assessora a Colegiada das CEBs de nosso Regional. QUAL É O SEU MODELO DE IGREJA? Seria o modelo da “Igreja Pascal”? Que fez e que faz da festa pascal uma história de libertação. Nesse modelo de igreja...O sina...
‘Eu também não te condeno’

‘Eu também não te condeno’

- SULÃO, Artigos
O cartaz da Campanha da Fraternidade deste ano reproduz o relato da mulher que estava para ser apedrejada. Tudo começa na noite anterior ao fato quando Jesus havia discutido com um grupo de pessoas. Estas se dispersaram e foram para suas casas, enquanto Jesus, não tendo casa em Jerusalém, foi para o Monte das Oliveiras, onde existia um horto, lugar que costumava passar longo tempo em oração. No dia seguinte, antes do nascer do sol, Jesus já estava novamente no templo. O povo também veio bem cedo para poder escutá-lo. É nesse momento que chegam os escribas e fariseus trazendo uma mulher pega em flagrante adultério ser apedrejada, e, armando uma cilada, querem a opinião de Jesus. Se Ele dissesse “apliquem a lei”, eles diriam que Jesus não é tão bom como parece, porque mandou matar a pobr...
Reunião da Colegiada das CEBs do Regional Sul 1

Reunião da Colegiada das CEBs do Regional Sul 1

- SULÃO
Pela primeira vez, neste ano de 2022, no dia 19 de fevereiro, a Colegiada das CEBs do Regional Sul 1 reuniu-se de maneira virtual, com a presença dos representantes das diversas Sub-Regiões Pastorais e do bispo Dom José Benedito. Após a oração inicial, tivemos um aprofundamento sobre o tema do “Sínodo sobre a Sinodalidade e a Articulação das CEBs”, que se estendeu em todo o período da manhã, assessorado por Marilza Schuina, do GT de Formação da Ampliada Nacional e Secretariado para o 15º Intereclesial das CEBs do Brasil. Marilza iniciou dizendo que estamos na comemoração dos 70 anos da CNBB. Isso traz uma reflexão de como estabelecemos relações e conexões enquanto organismos eclesiais. Enfatizou que a sinodalidade está na origem das primeiras comunidades cristãs. Discutir a sino...