14º Intereclesial

Carta do 12º Encontro Estadual às Comunidades

Carta do 12º Encontro Estadual às Comunidades

- SULÃO, 14º Intereclesial
Ousamos semear flores, abolindo os canhões, revertendo a morte em vida Ousamos semear flores pelos quatro cantos do mundo Ousamos semear flores, em cores, espalhando canções Nas poses caladas, surradas, cansadas. O Papa Francisco, no Encontro com os Movimentos Populares, lembra a todos nós: "Vos sois semeadores de mudanças" (n. 2). Nos dias do outono chuvoso, de 20 a 22 de maio de 2016, na Diocese de Chapecó, terra marcada com o sangue de colonos, negros, caboclos e povos indígenas, as Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) e os Grupos de Reflexão/Bíblicos/de Família (GR/B/F) de Santa Catarina – Regional Sul 4 – ousaram semear flores de esperança e espalhar canções de amor e de profecia. Neste lindo jardim das Delícias, nesta grande tenda que armamos na Comunidade Paroquial de São Cristó
Celebração dos Mártires

Celebração dos Mártires

- SULÃO, 14º Intereclesial
Do sangue dos Mártires, orvalha justiça e renasce a Esperança.   20/03/2016 As CEBs da Arquidiocese de Curitiba há tempos organiza em seu calendário anual a CELEBRAÇÃO DOS MÁRTIRES. Momento forte de viver a fé e fazer memória dos irmãos e irmãs, companheiros e companheiras que tombaram lutando por justiça, direitos, igualdade, terra, pão, vida em abundancia. Celebrar a memória dos mártires e reviver a história é reafirmar o compromisso de mudar o rumo dessa história, que por sua vez é marcada pela injustiça que fez derramar tanto sangue na terra. Que manchou a terra, o coração humano, mas que regou a luta pela dignidade humana e vivência da Plenitude do Reino. A memória dos mártires, o sangue dos mártires, é compromisso que conjuntamente assumimos, ou reassumimos. É ass
7º Intereclesial do Paraná

7º Intereclesial do Paraná

- SULÃO, 14º Intereclesial
O 7º intereclesial das comunidades eclesiais de base está sendo uma experiência muito positiva na caminhada das mesmas de todo paraná. A recepção foi bem organizada e festiva. As diversas paróquias e comunidades estavam bem preparadas para o recebimento dos delegados. As famílias em um clima de muita alegria receberam todos os delegados. Na Noite desta quinta-feira em uma rica celebração de abertura deu-se início oficialmente ao 7º intereclesial das CEBs do regional 2 – Paraná. Nesta celebração festiva e orante com a presença de 14 dioceses, 7 bispos mais de cinquenta padres celebrantes e mais de 1100 delegados, foi rezado a esperança e vida das comunidades eclesiais de base. D. frei João Mamede expressou a alegria e a esperança das comunidades eclesiais na diocese e no paraná. Ao final
Carta da Colegiada das CEBs

Carta da Colegiada das CEBs

- SULÃO, 14º Intereclesial
Carta da Colegiada das Comunidades Eclesiais de Base do Estado de São Paulo  “Quem tem ouvidos ouça! Eu digo a vocês: Se eles se calarem, as pedras gritarão.”   A Colegiada Estadual das CEBs Regional Sul1 se reúne na cidade de Birigui, sub região Botucatu. Acolhidos e acolhidas na Comunidade São Benedito e São Cristovão, com a presença das sub-regiões Aparecida, Botucatu, Campinas, Ribeirão Preto 1, Ribeirão Preto 2, São Paulo 1 e São Paulo 2. No decorrer dos últimos meses com a colaboração e orientação do amigo Mauro Kano o qual agradecemos, tivemos momentos de reflexões e estudos sempre no contexto de reorganização de nossas Comunidades Eclesiais de Base onde nos propomos a buscar e construir juntos instrumentos de transformação social e eclesial. Nosso caminhar e agir devem ser semp
A caminho para lembrar quem deu a Vida pelo Reino

A caminho para lembrar quem deu a Vida pelo Reino

- OESTÃO, 14º Intereclesial
Publicado em 14/07/2016 às 09h10 Por Luis Miguel Modino Martínez A cada cinco anos, em uma pequena cidade do interior do mato Grosso, acontece um dos momentos mais esperados pela Igreja de Base brasileira. É a Romaria dos Mártires da Caminhada. Esta é a terra onde tem vivido Dom Pedro Casaldáliga, um daqueles que seguindo os passos de Medellín quiseram fazer realidade o novo jeito de ser Igreja nascido do Vaticano II, uma Igreja pobre e oara os pobres, profética, samaritana.  Quem apostou por esta forma de concretizar o Evangelho na América Latina pagou as conseqüências, muitos com o martirio, outros com a perseguição aberta. Foram muitas as vidas entregadas pelo Reino, pelo que fazer memoria destes mártires é um dever para quem vive sua fé como discípulo de Jesús de Nazaré. Por isso nest
Romaria dos Mártires da Caminhada, sinal de esperança

Romaria dos Mártires da Caminhada, sinal de esperança

- OESTÃO, 14º Intereclesial
Romaria dos Mártires da Caminhada, sinal de esperança Publicado em 21/07/2016 às 09h04 Romaria dos Mártires da Caminhada, Sinal de Esperança Para Um Povo que Luta Pelo Reino  Por Luis Miguel Modino e  Leoni Alves Garcia Uma das frases mais conhecidas de Dom Pedro Casaldáliga é aquela que diz: “Minhas causas valem mais que minha vida”. Para o profeta do Araguaia isso não é só uma frase bonita e sim um jeito de viver que o leva a estar presente e fazer memória do que tem feito parte de sua vida, lutar pela justiça como profeta que se coloca ao serviço para criar um mundo melhor para todos e todas. A Dom Pedro Casaldáliga aos 88 anos se une seu “irmão Parkinson”. Mas isso, mesmo sendo uma limitação, um impedimento para muitas pessoas, não lhe fez desistir de estar presente numa nova edição
Romaria dos Mártires da Caminhada

Romaria dos Mártires da Caminhada

- OESTÃO, 14º Intereclesial
Publicado em 31/07/2016 às 22h09 ROMARIA DOS MÁRTIRES DA CAMINHADA: MEMÓRIA, PROFECIA E COMPROMISSO “Ribeirão bonito, Cruz do Padre João, Alta Cascalheira, gentes do sertão. O suor e o sangue fecundando o chão.  Dentre tantas experiências que passamos durante nossa vida terrena, algumas deixam fortes traços em nosso ser e existência, ou como melhor retratou o poeta são “marcadas com fogo para jamais nos esquecermos”. Foi assim que vi, ouvi e testemunhei a Romaria dos Mártires da Caminhada nos dias 16 e 17 de julho de 2016 em Ribeirão Cascalheira. O aspecto da caminhada sempre esteve presente na vida do Povo de Deus. Na experiência da América Latina isto se configurou mais forte ainda. Os romeiros e romeiras que participam desta romaria são pessoas de caminhada. Caminhada de grupos sociai
A Caminho do 14º Intereclesial

A Caminho do 14º Intereclesial

14º Intereclesial, Artigos
Estamos nos aproximando da realização do 14º Intereclesial das CEBs. O encontro acontecerá em Londrina, nos dias 23 a 28 de janeiro de 2018. Na Assembleia Arquidiocesana de Pastoral no mês de setembro, dedicamos bom tempo à reflexão sobre as Comunidades Eclesiais de Base – As CEBs. Já está pronto o cartaz, a oração oficial do 14º Intereclesial, as negociações a respeito dos lugares e espaços para a realização dos diferentes eventos. Os decanatos já se dispuseram a oferecer hospedagem nas casas e respectivas paróquias. Sabemos que a hospedagem nas casas é um dos pontos altos do Intereclesial. Este é um novo jeito de ser Igreja, comunidade profética e em saída. Todos somos convidados a ler o Jornal “A Caminho” no qual encontramos reflexões, informações e orientações sobre o 14º Intereclesi
PEC 241-DEVASTADORA E BRUTAL

PEC 241-DEVASTADORA E BRUTAL

14º Intereclesial, Artigos
“Este sistema é insuportável: Exclui, degrada, mata.” Este foi o grito profético do Papa Francisco no encontro com os movimentos sociais na Bolívia, no ano passado (2015): “Este sistema é insuportável: Exclui, degrada, mata”, é sentido por nós brasileiros nesta atual conjuntura do país com a possível aprovação da PEC 241 (Proposta de Ementa Constitucional), que tem como objetivo transferir recursos públicos das áreas sociais, principalmente da saúde e da educação, para o pagamento de juros da dívida pública e redução da mesma, com a justificativa de cortar gastos e reorganizar o Brasil economicamente através de um congelamento de 20 anos dos investimentos nos direitos sociais, como saúde e educação. Estas duas atividades não são secundárias para ficarem 20 anos sem receber investimento fi
CEBs E OS DESAFIOS DE UM BRASIL SEM RUMO

CEBs E OS DESAFIOS DE UM BRASIL SEM RUMO

14º Intereclesial, Artigos
Marcelo Barros Quando, em janeiro de 2018, o 14º Intereclesial das Cebs acontecer e abordar os desafios da Igreja no mundo urbano, já teremos vivido mais de um ano do golpe parlamentar que derrubou um governo fragilizado e problemático, mas legitimamente eleito para administrar o país até 2018. O próprio presidente ilegítimo que tomou o poder confessou claramente que a razão do golpe foi impor ao país o programa neoliberal e privatizador que a classe mais alta dos empresários e as multinacionais estrangeiras querem para o Brasil. De fato, em poucos meses desse governo, o povo já sofreu várias derrotas e viu serem abolidos vários programas sociais e direitos adquiridos pela maioria mais pobre da população. De fato, conforme os estudos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), o t