Shadow

Rumo ao 15º Intereclesial

O pão mais saboroso é aquele que compartilhamos    Adroaldo Palaoro

O pão mais saboroso é aquele que compartilhamos Adroaldo Palaoro

- LESTÃO, Artigos, Destaque, Rumo ao 15º Intereclesial
 “Jesus tomou os pães, deu graças e distribuiu-os aos que estavam sentados...”   O Evangelho não é para acomodados ou para aqueles que tem medo de fazer a travessia; o Evangelho é para fazer estrada, viver em atitude de saída. Sair dos lugares conhecidos, rotineiros, estreitos e abrir-nos às surpresas dos lugares novos. No domingo passado, o relato evangélico de Marcos nos deixou às portas da multiplicação dos pães. Em seu lugar, a liturgia insere, a partir deste domingo, todo o capítulo 6 do evangelho de João. É o mais longo e denso capítulo de todos os evangelhos, e que vai ocupar os próximos cinco domingos. Em seus 71 versículos, partindo da multiplicação dos pães, João elabora toda uma teologia do seguimento. No fundo trata-se de um processo de iniciação catequética, que na primitiva...
Encontro dos Povos Indígenas do Sul e Extremo Sul da Bahia: “Desafios e perspectivas para os povos indígenas em um contexto de luta por direitos”.

Encontro dos Povos Indígenas do Sul e Extremo Sul da Bahia: “Desafios e perspectivas para os povos indígenas em um contexto de luta por direitos”.

- NORDESTÃO, Destaque, Rumo ao 15º Intereclesial
518 ANOS DE RESISTÊNCIA AO PÉ DESTE MONTE! “O Monte Pascoal é a prova inequívoca que a História dos povos indígenas não começa em 1988”. Não ao Marco Temporal!“ Entre os dias 20 e 21 de julho de 2018, foi realizado na Aldeia Pé do Monte, território de Barra Velha, no município de Itamaraju, extremo sul da Bahia, o “Encontro dos Povos Indígenas do Sul e Extremo Sul da Bahia” com tema: “Desafios e perspectivas para os povos indígenas em um contexto de luta por direitos”. Aproximadamente 90 lideranças dos Povos: Pataxó, Tupinambá de Olivença e Pataxó HãHãHãe se fizeram presente, o evento teve como propositor o Conselho Indigenista Missionário, equipe sul e extremo sul da Bahia e o apoio de Misereor. A atividade é uma continuidade do encontro realizado no dia 15 de maio em Itabuna, quando...
Leigas e Leigos – protagonistas da história!

Leigas e Leigos – protagonistas da história!

- SULÃO, Artigos, Destaque, Rumo ao 15º Intereclesial
“Um laicato, bem-estruturado com formação permanente, maduro e comprometido, é o sinal de Igrejas Particulares que têm tomado muito a sério o compromisso da Nova Evangelização.” ( Santo Domingo n.103). É desafiador saber que devemos ocupar um papel protagonista na história, e que não podemos aceitar que fechem os espaços para esse protagonismo. No cenário de nossos dias esta visível e/ou despercebido e até negado o protagonismo das leigas e dos leigos de todas as idades. Mas olha que lindo, papa Francisco nos ensina que existe “o simples testemunho habitual”, de todos os dias, desde o amanhecer quando se acorda, e termia à noite, ao dormir. O protagonismo dos idosos - para o papa Francisco a sabedoria dos idosos deve ser valorizada, “Os idosos representam a memória histórica de toda comu...
Viver é cuidar. Marcelo Barros

Viver é cuidar. Marcelo Barros

Articulação Continental, Destaque, Rumo ao 15º Intereclesial
Somos todos filhos e filhas do cuidado. Ninguém sobrevive sem ter, ao menos nos primeiros dias, uma pessoa que lhe garanta os cuidados necessários. Mesmo depois, a criança continua precisando de uma mãe ou/e pai. Na Índia, do século V antes de nossa era, Sidharta Guatama, o Buda, afirmava: "Todos/as somos chamados a olhar a outra pessoa como uma mãe carinhosa olha o filho que está em seu útero". Desde os tempos antigos até filósofos do século XX como Heidegger, compreenderam: o que mais define o ser humano não é a capacidade de pensar ("O ser humano é um animal racional). Nem é a possibilidade de criar. O ser humano se define, principalmente, pela vocação de cuidar. Nos anos 60, o psicólogo Carl Rogers afirmava que nascemos indivíduos e, somente através da relação com os outros, nos...
Festa de Sant’ana em Caetité BA “A ação dos leigos e leigas na caminhada das CEBs.”

Festa de Sant’ana em Caetité BA “A ação dos leigos e leigas na caminhada das CEBs.”

- NORDESTÃO, Destaque, Rumo ao 15º Intereclesial
¨As CEBs continuam sendo uma expressão forte da igreja da América Latina e do Brasil. Lugar privilegiado da ação dos leigos e leigas consciente de sua missão.¨ Na cuia de nossas mãos trazemos as nossas CEBs, que é para ti oferecer senhor, que é para ti oferecer senhor! Na última sexta feira dia 20 de julho de 2018, a paróquia Senhora Sant’Ana de Caetité viveu mais um momento de festa. Festa das comunidades, festa do povo de Deus. Todos os anos dentro dos festejos da padroeira da Cidade e padroeira da diocese, as Cebs têm uma participação especial. Este ano com o tema: “A ação dos leigos e leigas na caminhada das CEBs”, foi realizado a manhã de convivência com diversos animadores das nossas comunidades, alargando a temática que seria celebrado a noite. No período da tarde aconteceu a 44...
“O único antídoto contra o clericalismo é um laicado maduro. Maurício López

“O único antídoto contra o clericalismo é um laicado maduro. Maurício López

- NORTÃO, Articulação Continental, Destaque, Rumo ao 15º Intereclesial
"O leigo precisa ser capaz de encontrar seu próprio lugar na Igreja” Compartilhamos aqui a provocante entrevista de Maurício López, secretário executivo da REPAM, concedida ao amigo Pe. Luis Miguel Modino. Vale a pena conferir… Por Luis Miguel Modino Mauricio López dice que es mexicano por nacimiento, ecuatoriano por elección y amazónico por vocación. El actual Secretario Ejecutivo de la Red Eclesial Panamazónica – REPAM, está encerrando su servicio al frente de las Comunidades de Vida Cristiana – CVX, presentes en casi 70 países y vinculadas a la Compañía de Jesús, con quienes colaboran no en función de la institución, sino de la misión. Para quien ha sido su Presidente, la CVX, que este 22 de julio comienza su Asamblea Mundial en Buenos Aires y que será clausurada con la fie...
Dorothy Stang e Ezequiel Ramim, testemunhas de uma vida doada pela Amazônia.

Dorothy Stang e Ezequiel Ramim, testemunhas de uma vida doada pela Amazônia.

- NORTÃO, - OESTÃO, Destaque, Rumo ao 15º Intereclesial
“A gente percebe que a mudança histórica, as transformações sociais, elas vindo de uma fé consciente, comprometida, apaixonante pela pessoa de Jesus de Nazaré, é algo que nada pode deter”. Pe. Paulinho A memória dos mártires fecunda a vida e as lutas dos povos da Amazônia, uma realidade que “neste momento em que Brasil passa por essa crise seria, devido a uma série de golpes que têm tirado os direitos dos pobres, dos trabalhadores”, como reconhece o Padre Paulinho, cobra especial importância. Nessa dinâmica, aconteceu neste último final de semana a 13ª Romaria da Floresta, em Anapú – PA, e a III Romaria do Padre Ezequiel Ramim, que coincidiu com a XI Romaria da Terra e das Águas de Rondônia, em Rondolândia. Nelas foram lembrados dois missionários que chegaram na Amazônia para defender...
Fórum das Águas de Manaus: Quando vamos parar de poluir?

Fórum das Águas de Manaus: Quando vamos parar de poluir?

- NORTÃO, Destaque, Rumo ao 15º Intereclesial
O SARES - Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Ambiental, impulsionou a criação do Fórum das Águas,  para refletir sobre as problemáticas existentes que mostram a degradação ambiental cada vez mais presente em Manaus e em diferentes regiões da Amazônia. O Cuidado da Casa Comum tem-se convertido numa urgência à qual todos somos chamados. A chegada do Papa Francisco tem mostrado um novo olhar sob uma atitude que tem sido esquecida secularmente em algumas culturas. Por isso, como nos lembra o Documento Preparatório para o Sínodo da Região Pan-Amazônica, “quando tivermos consciência de como nosso estilo de vida e nossa maneira de produzir, comerciar, consumir e desejar afetam a vida do nosso ambiente e de nossas sociedades, só então poderemos iniciar uma transformação com horizon...
Teologia da Libertação: “Deus e os Pobres continuam”.  Padre Júlio Ferreira

Teologia da Libertação: “Deus e os Pobres continuam”. Padre Júlio Ferreira

- NORDESTÃO, Artigos, Destaque, Notícias, Rumo ao 15º Intereclesial
Certa vez, Dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito da prelazia de São Felix do Araguaia, indagado sobre o fim da Teologia da Libertação, respondeu: "Deus e os pobres continuam." Aqui está, nas palavras de Dom Pedro, a raiz dessa teologia latino-americana, que tem a capacidade e a ousadia de refletir Deus a partir do processo histórico. Uma Teologia que está estritamente ligada à irrupção dos pobres na Igreja e na sociedade. A Teologia da Libertação tem suas origens no Concílio Vaticano II (1962 à 65). Foi esse concílio que deu o ponta pé inicial para que a Igreja se revisitasse e analisasse sua relação com o mundo. Essa era a intenção do papa João XXIII, quando convocou o concílio. É a Igreja se abrindo e se reconhecendo como povo de Deus, servidora e solidária, capaz de escutar os clamore...
Cristãos Leigos e Leigas nas Comunidades Eclesiais de Base

Cristãos Leigos e Leigas nas Comunidades Eclesiais de Base

- OESTÃO, Artigos, Destaque, Rumo ao 15º Intereclesial
Comunidade eclesial de base: profunda interação entre fé e vida, Igreja e Mundo: na luta pela terra ou pela moradia;  na luta pelos direitos sociais, humanos e políticos; na ajuda a uma família necessitada; nas celebrações, nas rezas, nos círculos bíblicos...  O Documento 105 da CNBB – Cristãos Leigos e Leigas na Igreja e na Sociedade, destaca as Comunidades Eclesiais de Base como um dos avanços da caminhada histórica de consciência da identidade e da missão dos cristãos leigos e leigas. “As Comunidades Eclesiais de Base (...), “têm oportunizado espaços de participação e de missão evangelizadora e exercício dos mais diversificados ministérios leigos” (27). “As Comunidades Eclesiais de Base são uma forma de vivência comunitária da fé, de inserção na sociedade, de exercício do profetismo e...