Artigos

Um documento com todos os pontos aprovados, para reparar nas grandes coisas e não nas pequenininhas

Um documento com todos os pontos aprovados, para reparar nas grandes coisas e não nas pequenininhas

- NORTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
"a Igreja se compromete a ser aliada dos povos da Amazônia para denunciar os ataques à vida" A assembléia do Sínodo para a Amazônia foi encerrada e, na saída da sala de aula sinodal, havia rostos felizes, algo destacado pelo Padre Giacomo Costa, Secretário de Comunicação do Sínodo, para os jornalistas que lotavam a Sala Stampa. Uma sensação também presente no Papa Francisco, ele não hesitou em falar com jornalistas, agradecer e dizer que informemos bem, respondendo até algumas perguntas da maneira mais natural possível e insistindo que ele estava feliz e satisfeito. Entre as muitas reações daqueles que deixaram a sala de aula, quero destacar a de Dom Erwin Kräutler, missionário na Amazônia desde 1965, o que merece o maior respeito, que se disse "muito feliz e esperançoso", uma clara p
Mulheres, ecologia integral e povos indígenas se definem como elementos-chave do Sínodo.

Mulheres, ecologia integral e povos indígenas se definem como elementos-chave do Sínodo.

- NORTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
  Definitivamente, este é o Sínodo das mulheres e a ecologia integral, do cuidado da Casa Comum, aos quais, no último briefing do Sínodo para a Amazônia, se juntou à questão ecumênica, foi o único dia em que se esteve presente um dos delegados fraternos, o pastor luterano Nicolau Nascimento de Paiva, mas também o protagonismo dos povos originais não pode faltar. Foi o último briefing, mas não é o fim de um processo que definitivamente será perpetuado no tempo e feito institucionalmente, porque tem sido eleitos 13 bispos, 4 do Brasil, para fazer parte do chamado conselho pós-sinodal, onde vão estar outros membros nomeados pelo Papa Francisco. Isso é um impulso a mais em um Sínodo que definitivamente não é um parêntese e é o começo de uma novo modo de ser uma Igreja na Amazônia e, q
Sem discernimento não há sinodalidade. Artigo de Luis Miguel Modino

Sem discernimento não há sinodalidade. Artigo de Luis Miguel Modino

- NORTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
A polarização foi instalada como uma realidade cada vez mais presente em nossa sociedade, que obviamente tem repercussões na Igreja. Vivemos em um mundo onde tudo está interligado e isso deve nos levar a entender a nova dinâmica social. A violência, que se manifesta especialmente em atos de intolerância, quer ser imposta como o novo parâmetro, causando aplausos entre os correligiosos, que demonstram sua raiva em várias manifestações. O artigo é de Luis Miguel Modino, padre espanhol e missionário Fidei Donum. No campo eclesial, isso dificulta a sinodalidade, que sempre nos leva a caminhar juntos, mesmo com quem pensa diferente. Para isso é necessário conhecer a realidade e discerni-la desde um desejo de comunhão, que possibilitará a instalação de novas realidades e dinâ
Sob a luz do Evangelho e na opção preferencial pelos pobres

Sob a luz do Evangelho e na opção preferencial pelos pobres

- OESTÃO, Artigos, Destaque News
Euripia de Faria Silva (CEBs/Cuiabá-paróquia Nossa Senhora Aparecida) Um recente evento realizado em Cuiabá (MT)/Regional Oeste 2 me fez refletir sobre a importância da cristã e do cristão estar em conexão com as políticas públicas e a participação social. A atividade foi conduzida pelo assessor Adriano Martins, que usou de dinâmicas com os participantes e conseguiu envolver a todas e todos, de forma tranquila e segura. Um dos temas destacados foi o SUS. Outro, a questão dos Conselhos de todas as diversidades. Quanto aos Conselhos, muitas vezes ocorre que ao invés de atender a necessidades da população, acaba fazendo favores aos gestores, que precisam deles para garantir verbas destinadas aos municípios e estados. Exemplo: os Conselhos de Saúde e de Educação são os qu
Santa Dulce dos Pobres: uma inspiração para o Sínodo da Amazônia.

Santa Dulce dos Pobres: uma inspiração para o Sínodo da Amazônia.

Artigos, Destaque, Destaque News
Não acredito em coincidência, mas em ação de Deus na história… Estava participando das atividades da Tenda “Amazônia Casa Comum” e uma senhora brasileira entrou e perguntou: é aqui que vai falar sobre a vida da Irmã Dulce, a santa brasileira, que será canonizada no domingo? por Daniel Seidel A partir daí, passei a rezar e a meditar como a história e o testemunho de vida de Irmã Dulce é inspiração para a caminhada do Sínodo da Amazônia que se realiza de 6 a 27 de outubro em Roma. Compartilho as ideias que o Espírito de Deus me soprou… Maria Rita de Souza Lopes Pontes, nome civil de Ir. Dulce, começou cedo. Aos 13 anos, quando suas tias proporcionaram que ela conhecesse um pouco a vida dos prediletos de Deus, o coração da jovem ardeu… Como poderia ter pessoas (homens, mulheres, cr
A escuta: voz e presença do povo

A escuta: voz e presença do povo

Artigos, Destaque, Sínodo Pan-Amazônia
                          Texto: Irmã Roselei Bertoldo (Rede Um Grito Pela Vida-Região Norte) O Sínodo da Pan-Amazônia está sendo um tempo de graça e de muitas bênçãos para a Pan-Amazônia, principalmente para nós que estamos aqui, em Roma, participando deste momento histórico para a vida dos povos amazônidas. Desde a celebração de abertura do domingo (06), como também a celebração no primeiro dia, foram momentos muito fortes da dimensão presencial do papa e da forma como ele foi conduzindo todo o processo. Na celebração inicial do segundo dia (07), o ponto marcante foi a presença da equipe itinerante e dos indígenas no túmulo de São Pedro. Quando o papa fez a abertura e a caminhada na procissão para a sala sinodal, pôde-se sentir a presença de um homem simples que caminhava junto co
UM SÍNODO QUE INCOMODA A POUCOS E CONFIRMA A MUITOS.

UM SÍNODO QUE INCOMODA A POUCOS E CONFIRMA A MUITOS.

- NORTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
 Por P. Adelson Araújo dos Santos SJ Uma análise teológica do Instrumentum laboris, em preparação ao Sínodo especial para a região Pan-Amazônica Às vésperas do início de um dos eventos mais importantes da Igreja Católica para este ano – O Sínodo especial sobre a Amazônia – algumas poucas vozes têm levantado dúvidas sobre a catolicidade deste sínodo, uma vez que o seu instrumento de trabalho estaria repleto de erros teológicos e de heresias. E há também quem esteja acusando O Papa Francisco de promover um evento político para atingir determinados governos. Com o presente artigo, pretendemos demonstrar que, ao contrário, o documento preparatório ao Sínodo, traduz uma clara e límpida expressão da fé e da doutrina cristã, teologicamente fundamentadas na Sagrada Escritura e no magistér
GRITO DOS EXCLUÍDOS: A vida em primeiro lugar. Marcelo Barros.

GRITO DOS EXCLUÍDOS: A vida em primeiro lugar. Marcelo Barros.

Artigos, Destaque, Destaque News
O projeto do Grito é de fato dar voz e vez a essas pessoas e esses grupos excluídos da sociedade. Possibilitar que gritem, que possam estar mais organizados em sua mobilização e saibam exatamente não apenas a situação que estão denunciando, mas também e principalmente, a organização social a que aspiram e desejam. “A vida em primeiro lugar” continua sendo o horizonte que dá sentido ao tema fundamental do 25º grito dos excluídos que acontece nessa semana e especificamente, em todo o Brasil, nesse 07 de setembro. Nesse ano, esse grito em favor da Vida se concretiza em uma denúncia que partiu do papa Francisco, ao dizer aos movimentos sociais: Esse sistema mata! . A articulação de pastorais e movimentos sociais traduz isso ao colocar no cartaz desse 25º grito a voz de todo o povo pobre na
Grito dos excluídos: Este sistema não vale!

Grito dos excluídos: Este sistema não vale!

- LESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
Grite, gritemos por esperança, justiça, direitos e liberdade! Uma andorinha só não faz verão! É preciso questionar a obsessão pelo crescimento puramente econômico do capitalismo, pois sua cegueira está levando a sociedade a um fracasso brutal. É com esse Lema que pelo 25º ano O grito dos/as excluídos/as, iniciativa da CNBB, convida a sociedade brasileira a elevar sua voz, protestar, vociferar contra essa “ditadura sutil” que o atual governo está implantando no Brasil. Todo sistema centrado em si mesmo converte o “dinheiro em esterco do diabo”, lembra papa Francisco. É preciso questionar a obsessão pelo crescimento puramente econômico do capitalismo. Pois sua cegueira está levando a sociedade a um fracasso brutal, e é responsável por quase todos as tragédias humanas e ambientais
Uma Igreja em Saída: Profecia, Amor  e  Revoulação. Marcos Aurelio dos Santos.

Uma Igreja em Saída: Profecia, Amor e Revoulação. Marcos Aurelio dos Santos.

- NORDESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
Em tempos sombrios, de violência e medo, em que boa parte da igreja tem se sobrado ao mal com suas ações de destruição, se faz necessário uma voz profética, voz de amor libertador, de justiça a favor de milhões de oprimidos, uma voz revolucionária, corajosa, que clame a partir dos lugares baixos, voz de resistência, a partir das lutas utópicas, em um forte contraponto às forças neo-conservadoras instaladas no sistema religioso que permeiam em nosso país. A igreja de Jesus é libertadora, revolucionária, comunitária e serva. A igreja, nos tempos sombrios em que vivemos, deve estar profundamente comprometida com o Evangelho de Jesus. Os do caminho devem resistir aos encantos do poder, da ostentação e dos maléficos conchavos com o cristofascismo (mistura de cristianismo e fascismo) instalad