Destaque News

Resistência da Pastoral da Juventude: a construção do Novo nas mãos das/os jovens. Vinícius Borges Gomes

Resistência da Pastoral da Juventude: a construção do Novo nas mãos das/os jovens. Vinícius Borges Gomes

Artigos, Chamadas, Destaque, Destaque News
"Ouso dizer que a PJ tem, hoje, uma missão maior do que a que pensou ter em seus primeiros anos. Resistir é mais difícil do que se construir. Ir além do seio que um dia cremos ser seguro é propor-se a enlamear-se. É Loucura Sagrada." Diz a voz invisível do deus “Mercado” que o lucro deve imperar. As relações humanas baseiam-se no comércio. Há uma verdadeira adoração ao dinheiro, tão abundante para uns e raro para muitos. A propaganda, ávida e onipresente, nos instiga a consumir. Quanto mais consumo, menos recursos naturais. A Terra reage numa ferocidade que parece chorar de dor. Num cenário como este, onde bilhões de pessoas continuam a conviver com a fome, a ausência de direitos, a violência e a escravidão, surgem questionamentos: estaríamos abandonas/os? Como lutar
Quanto mais altos os muros e grades, mais proteção, certo? Errado! Desafios no mundo urbano. Raquel Rolnik

Quanto mais altos os muros e grades, mais proteção, certo? Errado! Desafios no mundo urbano. Raquel Rolnik

Artigos, Destaque, Destaque News, Sem categoria
Raquel Rolnik  confirmada como  Assessora do 14 Intereclesial das CEBs, colaborando na grande   plenária sobre os desafios no mundo urbano. Acompanhe uma de suas  reflexões  sobre a realidade urbana, o imaginário da violência e seu real acontecimento. Os muros fragmentaram cidades, destruíram a relação dos edifícios com o espaço público, empobreceram a paisagem e, como estamos vendo, não resolveram o problema da segurança. Pra que servem então?  Primeiro grades e portões cercaram prédios e casas, e guaritas foram instaladas nos limites entre os edifícios e as ruas. Depois, muros altos passaram a cercar não apenas quadras inteiras, mas, às vezes, várias delas, fechando pedaços de cidade com exclusividade para seus moradores e visitantes. O modelo — identificado principalme
14zinho Regional Noroeste, convidados a voltar às fontes!

14zinho Regional Noroeste, convidados a voltar às fontes!

- NORTÃO, Destaque, Destaque News
E o TREM das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) partiu para  Ji-Paraná-RO com os delegados e delegadas do 14º Intereclesial para celebrar o “14zinho”, mas antes de sair, apitou bem forte avisando que estava de partida e que todos os  passageiros se preparassem com os seus pertences nas sacolas, e os  pertences mais importantes e que não poderia faltar era a fé, a resistência, a luta, as esperanças  e as experiências nas comunidades eclesiais de base na Amazônia.  O trem partiu no dia 26/10 (quinta-feira), passou pelo Acre e pelo Amazonas e chegou na manhã do dia 27/10 (sexta-feira) nas terras de Rondônia trazendo muita alegria e dinamismo, fez uma pequena parada na estação conhecida como comunidade São Cristóvão em Ariquemes (RO) que foram recepcionados com muito carinho, almoçaram, reza
“Nós também somos Igreja”  Seis propostas para uma reforma atual e necessária 500 anos depois. Marcelo Barros

“Nós também somos Igreja” Seis propostas para uma reforma atual e necessária 500 anos depois. Marcelo Barros

Artigos, Destaque, Destaque News, Sem categoria
" Igreja deve lutar pacificamente junto como companheira de todos os movimentos sociais que lutam por uma política mais libertadora e por um novo mundo possível." Marcelo Barros Nesse domingo, em várias cidades do Brasil e do mundo, grupos ligados ao movimento internacional "Nós também somos Igreja" fazem uma celebração para lembrar os 500 anos do 31 de outubro de 1917 no qual Martinho Lutero fixou nas portas da catedral de Winttemberg as suas 95 teses que pediam a reforma da Igreja Católica. Atualmente, os grupos que fazem essa celebração, cumprem um gesto simbólico. Pregam nas portas de várias Igrejas seis propostas para uma reforma atual e necessária da Igreja Católica. Essas cinco propostas são: 1 - Seguir antes o Evangelho do que o Código de Direito Canônico 2 - Restituir a tod
O caminho do amor é o caminho da solidariedade- Ildo Bohn Gass

O caminho do amor é o caminho da solidariedade- Ildo Bohn Gass

Artigos, Destaque, Destaque News
Qual é o mandamento maior da lei?  (Mateus 22,34-40) 1 Os poderosos armam ciladas contra quem está com o povo No evangelho para este final de semana, a comunidade de Mateus apresenta-nos Jesus ensinando o mandamento maior no templo de Jerusalém (cf. Mateus 21,23; 24,1). Auxiliado pela sinagoga, o templo era o pilar de um sistema que garantia o ensino e o cumprimento das leis, bem como a aplicação das penas para quem não as cumprisse. Nesse templo, mais uma vez, alguns fariseus procuram Jesus para “pô-lo à prova” (Mateus 22,35). Assim já haviam feito ao armarem, junto com herodianos, uma cilada em torno do pagamento dos impostos aos imperadores de Roma, a fim de “apanhá-lo por alguma palavra” (Mateus 22,15). Este relato foi o evangelho do domingo passado, quando, tanto representantes d
E toda a nudez será castigada! Mas qual nudez?… Cesar Kuzma

E toda a nudez será castigada! Mas qual nudez?… Cesar Kuzma

Artigos, Destaque, Destaque News, Sem categoria
Às vezes se quer esconder o nu para não mostrar a hipocrisia que vivemos e que vestimos. Cesar Kuzma Incrível! Esta insistência em falar de ideologia de gênero em tudo coloca o discurso eclesiástico/religioso e o discurso político/social longe de urgências que nos reclamam ações e reflexões concretas e favorecem, com isso, grupos extremistas e movimentos/grupos pseudo-políticos e religiosos, dentre outros. Ideologias [se é que elas existem da forma como eles falam???] não anulam questões [e estas são bem evidentes!!!], e estas são e se fazem urgentes. Mais: geralmente, os mesmos que gritam em ordem da moral e dos costumes, pela causa da família, não movem um dedo em defesa das crianças em vulnerabilidade de nossas favelas e comunidades, vítimas do crime, do tráfico e da pobreza, expos
NOTA DA CNBB SOBRE O TRABALHO ESCRAVO  “O Espírito do Senhor me ungiu para dar liberdade aos oprimidos” (cf. Lc 4, 18-19)

NOTA DA CNBB SOBRE O TRABALHO ESCRAVO “O Espírito do Senhor me ungiu para dar liberdade aos oprimidos” (cf. Lc 4, 18-19)

Artigos, Destaque, Destaque News
Bispos repudiam Portaria nº 1.129 do Ministério do Trabalho do Governo Federal O Conselho Permanente da CNBB, reunido em Brasília, de 24 a 26 de outubro, emitiu nota oficial repudiando com veemência a Portaria 1129 do Ministério do Trabalho considerando que ela elimina proteções legais contra o trabalho escravo. A agência de notícias do Governo Federal, a agência Brasil (AB), explicou o caso da seguinte forma: “Há uma semana, o Ministério do Trabalho publicou no Diário Oficial da União (DOU) a Portaria 1.129, assinada pelo ministro Ronaldo Nogueira, na qual dispõe sobre os conceitos de trabalho forçado, jornada exaustiva e condições análogas de escravo, com o objetivo de disciplinar a concessão de seguro-desemprego a pessoas libertadas”. A Portaria, segundo a AB, “além de acrescentar
“Diga ao povo que avance. Avançaremos!”  XXII Assembleia Geral do Conselho Indigenista Missionário (CIMI).

“Diga ao povo que avance. Avançaremos!” XXII Assembleia Geral do Conselho Indigenista Missionário (CIMI).

14º Intereclesial, Destaque, Destaque News
CIMI realiza XXII Assembleia Geral com o tema “O CIMI à serviço dos povos indígenas: teimosia e esperança na afirmação da vida” Missionários e missionárias, colaboradores, convidados e lideranças indígenas estão reunidos no Centro de Formação Vicente Canas, em Luziânia (GO), para debater a conjuntura, as lutas travadas pelos povos em defesa de suas terras e vidas, além de estratégias ao enfrentamento neste momento de graves retrocessos impostos aos direitos indígenas por um padrão de poder do Estado que perpassa governos, com destaque ao atual, fiador de todas as pautas anti-indígenas em curso no Congresso Nacional, e se respalda em setores do Judiciário. Dos 11 regionais do Cimi, chegam os dados desta realidade. “Megacorporações investindo no agronegócio, com florestas revertidas e
Ações prioritárias 2018 – Ampliada Regional de Mato Grosso

Ações prioritárias 2018 – Ampliada Regional de Mato Grosso

- OESTÃO, 14º Intereclesial, Destaque, Destaque News
Por ocasião da reunião da Ampliada Regional das CEBs, realizada no dia 14 de outubro de 2017, na diocese de Primavera do Leste/Paranatinga, projetamos as atividades comuns das CEBs para 2018. Os desafios são muitos e complexos, porém, dada as nossas condições e capacidades, priorizamos algumas linhas de ação, sem excluir o que já realizamos em âmbito de dioceses. As ações prioritárias são as seguintes: Fortalecimento do laicato como “sujeito eclesial” (DAp, n. 497a) A Igreja no Brasil vai celebrar, no período de 26 de novembro de 2017, Solenidade de Cristo Rei, à 25 de novembro de 2018, o “Ano do Laicato”. O tema escolhido para animar o Ano do Laicato foi: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo”, Mt 5,13-
CEBI-MT: Assembleia define as metas da baixada cuiabana

CEBI-MT: Assembleia define as metas da baixada cuiabana

- OESTÃO, Destaque, Destaque News
No último dia 21 de outubro foi realizada em Cuiabá, a Assembleia do CEBI Baixada Cuiabana, com a assessoria do Roberto Rossi, coordenador do Centro Burnier Fé e Justiça e assessor das CEBs. Nesse encontro, foram retomados os caminhos trilhados até o momento e também traçamos os novos horizontes, as metas. Norteados pelas prioridades definidas pelo CEBI-MT, aos quais também servirão para o próximo biênio, marcam: - o ecumenismo, como forma de ampliação do diálogo entre as igrejas (em contexto de 500 anos da Reforma), com os movimentos sociais, - a superação de intolerâncias, em especial contra o povo negro e contra o povo indígena; - e a dimensão sociopolítica, uma vez que o CEBI deve seguir ajudando a construir uma sociedade diferente, em diálogo com os movimentos sociais, inc