Destaque

O lavar os pés uns dos outros é o gesto de vida. Sair dos Egitos da nossa vida e partir para a caminhada libertadora.

O lavar os pés uns dos outros é o gesto de vida. Sair dos Egitos da nossa vida e partir para a caminhada libertadora.

Artigos, Destaque, Destaque News
“Eu lhes dou um novo mandamento: que vocês se amem uns aos outros como eu os amei. O mundo vai saber que vocês são meus discípulos e discípulas se se amarem uns aos/às outros/as” (Jo 13, 34- 35). Queridos irmãos e irmãs, É difícil expressar a alegria (podemos dizer mesmo a felicidade) que podemos experimentar na vida se levamos a sério essas palavras de Jesus, acreditamos que elas se dirigem a nós, a mim e a vocês, pessoalmente e, ao mesmo tempo, nos são dadas como “mandamento”, que na Bíblia, não significa apenas uma ordem dada a alguém, mas é orientação, ou rumo que devemos dar à nossa vida. Talvez alguém estranhe que o amor possa ser objeto de mandamento. Como pode uma pessoa mandar outra amar? Será que Jesus seria tão ingênuo que só deixou aos discípulos e discípulas esse mandamen
Tráfico na Amazônia peruana, mercantilização de pessoas a serviço de quem saqueia a Casa Comum.

Tráfico na Amazônia peruana, mercantilização de pessoas a serviço de quem saqueia a Casa Comum.

Articulação Continental, Artigos, Destaque, Destaque News, Sem categoria
O mercantilismo se estabeleceu como a cultura dominante, o que leva a ver as coisas, a natureza e as próprias pessoas como algo a ser explorado na medida em que pode gerar lucro. Isso levou à comercialização do outro, como o Papa Francisco disse na semana passada aos participantes da Conferência Internacional sobre Migração e Tráfico, realizada em Roma de 8 a 11 de abril. Em seu discurso, o bispo de Roma afirmou que "o tráfico de seres humanos é uma das manifestações mais dramáticas dessa mercantilização". Na Amazônia, onde o espólio de recursos foi instalada como atitude dominante, o tráfico é algo intimamente relacionado a essas práticas. Isso ficou evidente na "Operação Mercúrio", com o qual o governo peruano tentou reprimir a mineração ilegal na região de La Pampa, departamento de M
Para além da Semana Santa, o desafio da evangelização.

Para além da Semana Santa, o desafio da evangelização.

- LESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
É possível afirmar que a Semana Santa, pela centralidade do mistério celebrado, concentra toda a densidade da experiência cristã? Em nosso modo de compreender a dinâmica da fé cristã, a resposta para esta significativa interpelação, não pode ser outra que um “sim e não”. Foi com o saudoso professor e amigo Pe. João Batista Libanio que aprendemos a utilizar o antigo “método da dialética do sim e do não” como poderoso instrumento de análise e aprofundamento das questões que aparentemente se apresentam simples e óbvias. Comecemos com a afirmação positiva: Sim, a Semana Santa concentra toda a densidade da experiência cristã. Nela celebramos os impactos sociopolíticos e religiosos da vida de Jesus, de sua práxis libertadora profética ao anunciar-denunciar-testemunha
Uma Páscoa Para Hoje. Marcos Aurelio dos Santos

Uma Páscoa Para Hoje. Marcos Aurelio dos Santos

- NORDESTÃO, Destaque, Destaque News
Todos nós somos chamados à fraternidade em uma demonstração concreta de amor pelos excluídos, não de palavras em meio a discursos vazios, mas no fazer. A ressurreição dos corpos banhados de sangue pela violência emerge de maneira forte e simbólica nas falas e ações daqueles que decidiram lutar pela libertação dos pobres, ressurreição que deve se concretizar na vida, no dia a dia de cada um de nós. O caminho de Jesus de Nazaré até a cruz foi pontuado por seu amor libertador a um povo vítima da opressão político-religiosa. Um fato histórico e revolucionário que nos desafia a refletir a páscoa a partir de uma nova leitura do texto bíblico, no contexto da realidade da vida hoje. A páscoa, que celebra a ressurreição do Cristo crucificado não é para ontem, não é para dois mil anos atrás, a pá
Semana Santa e Políticas Públicas.  Marcelo Barros

Semana Santa e Políticas Públicas. Marcelo Barros

Artigos, Destaque, Destaque News
Atualmente, a cruz continua existindo. No tempo da ditadura militar brasileira, tornou-se famosa como instrumento de tortura de presos políticos. Até hoje, o “pau de arara” resiste em não poucas delegacias que atendem pobres. No entanto, mais do que uma madeira na qual os indefesos são pendurados, a cruz se tornou realidade de imensa maioria da humanidade, roubada dos seus direitos de viver dignamente. No mundo atual, mais de um bilhão de pessoas não tem segurança alimentar. Milhões não têm acesso à agua potável e passam fome. Multidões são obrigados a deixar sua terra para não morrer em meio à fome, à guerra, enquanto os que ficam sobrevivem em condições de uma pobreza injusta, apenas para garantir o lucro e o conforto de uma minoria ínfima de privilegiados. Em todos os continentes, as
Significado Político Teológico da Morte de Jesus.

Significado Político Teológico da Morte de Jesus.

- SULÃO, Destaque, Destaque News
“Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado…” Nas formas mais antigas do Símbolo Apostólico, encontramos a inserção da morte de Jesus na História. No Símbolo Apostólicose professa: “Padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado”[1].Também o Credo Niceno-constantinopolitano o afirma: “Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado”[2]. De acordo com o Dicionário Aurélio, o termo padecer significa: “Ser afligido, atormentado, martirizado por, sofrer, suportar, aguentar, sofrer dores físicas”. Éimportante notarmos, pois, que esta evocação do Credo de nossa fé mostra que a morte de Jesus na cruz é histórica, fruto de procedimentos históricos e, por isso mesmo, o fato mais bem atestado de todo o Novo Testamento. Mesmo saben
Curso de Polinizadores em Mudanças Climáticas, momento de repensar as reflexões climáticas na perspectiva da ecologia integral

Curso de Polinizadores em Mudanças Climáticas, momento de repensar as reflexões climáticas na perspectiva da ecologia integral

- NORTÃO, Destaque, Destaque News
Que cada um “possa  realmente ser agente de informação e prática no que se apreende, muitas vezes descontruir para construir, que possa incidir na nossa base, com os diferentes grupos, partindo desse diálogo sobre a ecologia integral e a importância do cuidado para nossa Casa Comum." Uma parceria entre a Universidade Federal de Roraima – UFRR, a Caritas diocesana e a Rede Eclesial Pan-Amazônica – REPAM, com a assessoria do Fórum de Mudanças Climáticas e Justiça Social – FMCJS, e o Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental – SARES, tem propiciado a criação do “Curso de Polinizadores em Mudanças Climáticas e Justiça Social”, que teve sua abertura no último sábado, 13 de abril, em Boa Vista, capital do estado. Ao longo de sete meses, o curso de caráter semipresencial
Jesus de Nazaré: Profecia  e Opção Pelos  Pobres

Jesus de Nazaré: Profecia e Opção Pelos Pobres

- NORDESTÃO, Destaque, Destaque News
A entrada de Jesus de Nazaré em Jerusalém é uma profecia para hoje. Os impérios da opressão  e as  forças do neoliberalismo econômico e do conservadorismo político e religioso têm se levantando em nosso país com ares de maldade para realizar um desmonte sem precedentes. Por isso, a profecia de Jesus de Nazaré não é para ontem. A profecia deve se fazer presente na vida, no contexto e na realidade em que vivemos, nos múltiplos desafios que nos cercam. Uma jumenta e um jumentinho emprestados.  Em pequenos galopes de simplicidade, Jesus se aproxima de Jerusalém. Ramos retirados das árvores para anunciar a chegada do Deus pobre, tecidos usados como tapete em um contraponto aos tapetes luxuosos do imperador de Roma. Uma multidão de pobres aguardam a chegada do Messias libertador. Pescadores
27 de abril de 2019, el día elegido para beatificar las víctimas de la dictadura.  La historia de los mártires riojanos.

27 de abril de 2019, el día elegido para beatificar las víctimas de la dictadura. La historia de los mártires riojanos.

Articulação Continental, Destaque, Destaque News
El 8 de junio de 2018 el obispo de La Rioja Marcelo Colombo anunció la autorización del Papa Francisco del decreto por el que se reconoce el martirio en odio de la fe de los cuatro mártires riojanos. El 27 de abril de 2019 será el acto de beatificación en La Rioja. El 27 de abril serán declarados beatos los primeros miembros de la Iglesia que llegar a los altares por su martirio. El 27 de este mes cuatro hermanos nuestros serán reconocidos oficialmente durante una ceremonia de beatificación en La Rioja como los primeros mártires de la Iglesia que peregrina en la Argentina. Uno de ellos era un laico, Wenceslao Pedernera, oriundo de San Luis, que dejó inconclusos sus estudios primarios y desde muy joven trabajó primero en una calera y después en las bodegas G
Domingo de Ramos: Cristo vai ao encontro da morte. Quininha Fernandes Pinto.

Domingo de Ramos: Cristo vai ao encontro da morte. Quininha Fernandes Pinto.

- LESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
O grito de Jesus reflete e ecoa nos gritos do povo brasileiro, refém da corrupção política e militar - institucionalizada - poderes estes que se arvoram a ser donos da vida do povo, decidindo quem vive e quem morre, ao bel prazer de uma postura autoritária e assassina... Na encarnação, Jesus fez sua, tomou para si a pobreza radical do ser humano perante Deus. Não se subtraiu à nossa condição de homens/mulheres pecadores, ao sofrimento que provém do egoísmo, nem aos limites da natureza humana, entre os quais também e antes de tudo, a morte. Mas isto não bastaria para fazer dele um Salvador. O que resgata a sua morte, o que a transfigura e a transcende - para ele para nós - é o imenso peso de amor que Ele coloca no dom da Sua vida, para libertar-nos da violência e do ódio, do fanatismo