Destaque

Análise de conjuntura  Alargar o horizonte temporal e espacial da análise SEMINÁRIO  PARA O INTERECLESIAL

Análise de conjuntura Alargar o horizonte temporal e espacial da análise SEMINÁRIO PARA O INTERECLESIAL

14º Intereclesial, Destaque, Destaque News
“Se simplesmente não fazemos nada – ainda que seja não deixar de falar no assunto - a catástrofe está garantida. Continuar tendo medo em dizê-lo é um erro. Tenho que dizê-lo” (Agenda latino-americana e mundial 2017, p. 33) Em preparação ao 14º Intereclesial das CEBs do Brasil, se realiza nos dias 30 de setembro e 01 de outubro  de 2017 o SEMINARIO  DE ASSESSORES e ASSESSORAS, na cidade de Londrina Pr. Para aprofundar o tema CEBs e os Desafios no Mundo Urbano, Pedro Ribeiro Oliveira apresentou uma reflexão com base na análise da conjuntura.  Pedro Ribeiro faz parte da Coordenação Nacional do Movimento Fé e Política, é assessor Continental das CEBs e uma das vozes mais reconhecidas dentro da sociologia brasileira, especialmente quando falamos da dimensão sócio religiosa do ser humano. Au
PRESENÇA PROVOCATIVA DE JESUS. Mt.21,31

PRESENÇA PROVOCATIVA DE JESUS. Mt.21,31

Artigos, Destaque, Destaque News
 “...os cobradores de impostos e as prostitutas entrarão antes de vós no Reino de Deus (Mt. 21,31)                                                                                                                                 A frase acima é uma das mais cortantes, proferida por Jesus aos chefes religiosos. Os cobradores de impostos e as prostitutas constituíam as duas classes de pessoas mais odiadas e que sofriam maior pre-conceito na sociedade religiosa de seu tempo. Com sua presença e ternura Jesus quebra as atitudes preconceituosas que delimitam friamente os espaços e alimentam proibições que impedem a manifestação da vida. Jesus provoca um grande escândalo nos seus ouvintes, sobretudo entre os fariseus, sacerdotes e anciãos do povo, que se consideravam superiores aos outros, per
CIMI – Promove Caminhada dos Mártires Tupinambá

CIMI – Promove Caminhada dos Mártires Tupinambá

- NORDESTÃO, Chamadas, Destaque
XVII CAMINHADA DOS MARTIRES TUPINAMBÁ        “Nenhum direito a menos” Domingo, 24 de setembro de 2017, manhã mesclada de muita chuva e um sol ardente a Rodovia Ilhéus x Una no sul da Bahia é tomada por uma multidão: é o Povo Tupinambá de Olivença que realiza a sua XVII Caminhada dos Mártires, saindo em caminhada de aproximadamente 07 quilômetros da Vila de Olivença até a Praia do Cururupe em Ilhéus, cerca de 2.200 pessoas participaram este ano do evento, que faz memória da batalha dos nadadores, evento sangrento, comandada pelo Governador Geral  Mem de Sá, em 1559. Segundo relato do próprio governador-geral, quando dispostos ao longo da praia, “tomavam os corpos [dos indígenas assassinados] perto de uma légua” (apud João da Silva Campos. 2006 [1947]. Crônica da capitania de São J
Ceará escolhe nova coordenação de CEBs

Ceará escolhe nova coordenação de CEBs

- NORDESTÃO, Destaque, Destaque News
A comunidade da Redonda, situada no litoral cearense, Paróquia de Nossa Senhora da Soledade, no município de Icapuí, onde no Ceará o sol nasce primeiro foi palco do encontro das lideranças e delegados de CEBs do Ceará. Comunidade de povo bonito, lutador, tendo como fonte econômica os frutos do mar, de forma intensa a pesca da lagosta e como padroeira Santa Luzia, que ilumina e guia na fé esse povo lutador. Acolhida foi expressada de forma calorosa, afetuosa e aconchegante pelas famílias da comunidade que acolheu quase ou mais de oitenta lideranças (80) de CEBs advindas do estado do Ceará. Muito foram os elogios dirigidos à equipe diocesana de CEBs de Limoeiro do Norte - tendo  como articuladores  Pe. Lopes, Aparecida e coordenação da comunidade Redonda Na manhã do domingo
Secretariado divulga assessores/as para 14º Intereclesial

Secretariado divulga assessores/as para 14º Intereclesial

14º Intereclesial, Destaque, Destaque News
A assessoria das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) está desafiada a pensar o seu papel diante de um Brasil em que 84% da população vivem na zona urbana. Aproxima-se o 1º Seminário de Assessores/as para o 14º Intereclesial. Para a alegria das CEBs do Brasil os nomes já foram confirmados e se pode afirmar que as reflexões serão de grande valia para a caminhada, visto o comprometimento que cada um dos que aceitaram esse desafio vem demonstrando ao longo do tempo, sempre envolvidos na busca da justiça e do direito para todos/as, especialmente no mundo urbano. “A assessoria das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) está desafiada a pensar o seu papel diante de um Brasil em que 84% da população vivem na zona urbana, porém ainda mergulhado em problemas antigos, como a falta de saneamento bási
Assessoria deve incorporar modelo de “igreja em saída”

Assessoria deve incorporar modelo de “igreja em saída”

- OESTÃO, 14º Intereclesial, Destaque, Destaque News
A assessoria das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) está desafiada a pensar o seu papel diante de um Brasil em que 84% da população vivem na zona urbana, porém ainda mergulhado em problemas antigos, como a falta de saneamento básico. Esse cenário requer uma pedagogia pastoral que auxilie a atuação das coordenações e ao mesmo tempo seja presença efetiva nas comunidades, lá onde funcionam capelas, grupos de reflexão e mutirões. Essa percepção foi bastante mencionada durante o Seminário para Assessoras e Assessores das CEBs da Região Oeste, que ocorreu em Brasília, na Casa de Retiro Assunção, entre os dias 22 e 24. O evento teve cerca de 40 participantes, além de membros das ampliadas e um grupo de mulheres do Distrito Federal. O seminário trouxe experiências e desafios das CEBS no mu
Segundo dia do Seminário para assessores e assessoras das CEBs do Oestão

Segundo dia do Seminário para assessores e assessoras das CEBs do Oestão

- OESTÃO, Destaque
A espiritualidade do seguimento de Jesus de Nazaré, alegre e pascal, deve orientar o trabalho pastoral da igreja. Isso é o que fica evidente na exortação pastoral Evangelli Gaudium, do papa Francisco, e serve de bússola para as Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) no mundo urbano. A compreensão foi ressaltada no sábado, 23, no seminário para assessoras e assessores de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal. Com o tema “As CEBs e os desafios de ser igreja no mundo urbano”, cerca de 40 pessoas participam do evento, que ocorre na Casa de Retiro Assunção, em Brasília. O seminário é organizado pelo Iser Assessoria e o Setor CEBs da CNBB e se estende até hoje (domingo, 24). O assunto foi discutido pela manhã em uma conferência proferida por Roberto Rossi, 53 anos, da asses
Primeiro dia do Seminário para assessores e assessoras das CEBs do Oestão

Primeiro dia do Seminário para assessores e assessoras das CEBs do Oestão

- OESTÃO, Destaque
As experiências e desafios das Comunidades Eclesiais de Base  (CEBs) e a análise de conjuntura do país marcaram o dia de sexta, 22, a programação do primeiro dia de seminário para assessoras e assessores de Mato Grosso,  Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal. Com o tema "As CEBs e os desafios de ser Igreja no mundo urbano", cerca de 45 pessoas participam do evento, que ocorre na Casa de Retiro Assunção, em Brasília. O seminário é organizado pelo Iser Assessoria e Setor CEBsda CNBB e se estende até domingo (23). As experiências e desafios enfocaram, à tarde, realidades dos municípios de Mundo Novo (MS) e Cuiabá  (MT) e da cidade-satélite de São Sebastião  (DF). No primeiro, as CEBs chegaram no começo dos anos 80, voltando-se para a questão da terra e da leitura popular da Bíblia. Es
Assessores/as para o 14º Intereclesial.  O papel da assessoria pastoral nas CEBs

Assessores/as para o 14º Intereclesial. O papel da assessoria pastoral nas CEBs

14º Intereclesial, Destaque, Destaque News
 "O assessor é diferente do perito ou do consultor que prestam seus serviços técnicos à CEB como o fariam a qualquer outra organização que os convidasse. O assessor deve acreditar que a CEB representa nova forma de ser Igreja e um instrumento valioso para a transformação da nossa sociedade e em defesa da vida do planeta." INTRODUÇÃO A nova forma de ser Igreja nascida do Concílio Vaticano II e Medellín vem criando funções e serviços inexistentes na forma tridentina de Igreja — institucionalizada no Direito Canônico — e por isso não são formalmente contemplados pela instituição. As próprias comunidades eclesiais de base, alicerce de toda essa nova estruturação eclesial, não são juridicamente reconhecidas, salvo como subdivisões da paróquia — as “pequenas comunidades” —, algo que elas evi