Shadow

Liturgia

Reflexões da Palavra | 3º Domingo do Advento | Ano B

Reflexões da Palavra | 3º Domingo do Advento | Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 61,1-2a.10-11 - Sl: Lc 1 - 1Ts 5,16-24 - Jo 1,6-8.19-28 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Vigilância. Conversão. Alegria! Celebramos o domingo da alegria: Deus vem para alegria dos pobres. Nosso Deus que vem quer ser "pobre"; contesta as imagens que dele fazemos, e vem ao nosso encontro numa dimensão incomum para as religiões. Os pobres são os privilegiados do Reino; são mais disponíveis para o alegre anúncio da salvação; são os que não se apoiam em sua suficiência pessoal ou na segurança material; estão atentos à escuta da Palavra e são capazes de uma felicidade simples, desinteressada. O profeta Isaías anuncia uma mensagem de paz e libertação para os infelizes, contra os injustos opressores. É um...
Reflexões da Palavra | 2º Domingo do Advento | Ano B

Reflexões da Palavra | 2º Domingo do Advento | Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 40,1-5.9-11 - Sl 84 - 2Pd 3,8-14 - Mc 1,1-8 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Se no domingo passado a ordem era vigilância, neste somos chamados à conversão! O profeta nos convida à confiança, pois Deus vem e caminha à frente do seu povo para conduzi-lo, livre, da terra da escravidão à sua própria terra. Com bom pastor, cuida dos fracos e dos pequenos; é um Deus forte, alegra-se em perdoar e renovar todas as coisas. Salvação, alegria, amor, verdade, justiça, constituem o cortejo do Senhor Deus. São os bens da aliança, da amizade entre Deus e os seus - cf. a 1a leitura de Isaías. Esses bens não provêm de nós, dos nossos esforços, mas nos são dados por aquele que nos chama à conversão, a fim de que nossas faltas sejam perdoadas...
Reflexões da Palavra | 1º Domingo do Advento | Ano B

Reflexões da Palavra | 1º Domingo do Advento | Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 63,16b-17.19b;64,2b-7 - Sl 79 - 1Cor 1,3-9 - Mc 13,33-37 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Neste domingo começa o Advento, do ano litúrgico B. O tempo do Advento vai de 29 de novembro a 24 de dezembro de 2020. Os domingos do tempo do Advento chamam-se: 1.º, 2.º, 3.º e 4.º domingo do Advento. Este tempo que antecede o Natal é o primeiro tempo do calendário litúrgico. É um tempo de espera e de esperança para a chegada de Cristo. Um Deus salvador e redentor nos vem espontaneamente ao pensamento quando as coisas vão mal e uma situação é humanamente insolúvel. Mas é certa esta concepção de Deus e de sua manifestação no meio de nós? Será justo pedir à sua onipotência que resolva nossos problemas? Certam...
Reflexões da Palavra | 34º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 34º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Ez 34,11-12.15-17 - Sl 22 - 1Cor 15,20-26.28 - Mt 25,31-46 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Celebramos neste domingo a Festa de Cristo Rei do Universo - Senhor dos Tempos e da humanidade. Encerra-se assim, o ano litúrgico - Ano A. O universo, do qual é rei, é constituído pela totalidade humana: todas as coisas estão sujeitas a Deus Pai e foram redimidas por Cristo. Temos aqui uma visão cósmica da sua realeza. Na nossa cultura, estamos acostumados a identificar realeza, rei e reinado com poder, luxo, riqueza, coroa de ouro, e é assim que vemos Jesus na iconografia litúrgica, nos altares das nossas igrejas e nas imagens que o representam. No entanto, a história e a Palavra de Deus nos revelam que Jesus teve como símbolos do seu reinado uma coroa de espinhos...
Reflexões da Palavra | 32º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 32º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Sb 6,12-16 - Sl 62 - 1Ts 4,13-18 - Mt 25,1-13 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. O evento histórico de Jesus de Nazaré, manifesta de tal modo o Senhor que vem, que é necessário mobilizar diante dele toda a nossa atenção e todas as nossas energias. Por isso devemos estar vigilantes. A vigilância atinge o máximo de sua expressão, pois nos convida a um compromisso preciso: seguir Jesus, estar presente quando passa o esposo, participar de seu cortejo... O relato evangélico deste domingo nos fala de uma festa de casamento. Muito alegres, um grupo de jovens "saem à espera do esposo" mas nem todas vão preparadas. Algumas levam consigo o óleo para acender suas tochas/lamparinas, mas outras nem sequer pensaram nisso. Com a demora do esposo, adormeceram. O problema c...
Reflexões da Palavra | Solenidade de Todos os Santos | Ano A

Reflexões da Palavra | Solenidade de Todos os Santos | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Ap 7,2-4.9-14 - Sl 23 - 1Jo 3,1-3 - Mt 5,1-12a Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A Bíblia reservou a Iahweh o título de "Santo" - palavra que tinha, no princípio, um significado muito próximo ao de "sagrado". Deus é o "Outro", tão transcendente e tão longínquo que o ser humano não pode pensar em participar da sua vida. A santidade era algo distante, e para efetuar a santidade a que Deus chamava, o povo eleito tinha apenas meios legais e práticas de purificação exterior. Aos poucos foram tomando consciência de que tais meios eram insuficientes e procuravam a "pureza de coração ", aspirando uma santidade que seria comunicada diretamente por Deus. Esta aspiração se realiza em Jesus Cristo. O Evangelho nos apresenta um dos textos mais conhecidos do Novo Testam...
Reflexões da Palavra | 30º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 30º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Ex 22,20-26 - Sl 17 - 1Ts 1,5c-10 - Mt 22,34-40 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. No tempo de Jesus não era fácil para as pessoas orientarem-se segundo a enxurrada de preceitos e proibições contidas na lei e que lhes eram impostas. Novamente, como nos domingos anteriores, querem surpreender Jesus e desta vez os fariseus perguntaram para experimentá-Lo: "Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?" - ao que Jesus responde: "Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento". Esta resposta de Jesus talvez não tenha trazido nenhuma novidade, afinal, todos os homens judeus repetiam essas palavras diariamente, no começo e no fim do dia. O que causou espanto e os deixou desconcertados foi que, em seguida, Jesus acres...
Reflexões da Palavra | 29º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 29º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 45,1.4-6 - Sl 95 - 1Ts 1,1-5b - Mt 22,15-21 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. As leituras deste domingo nos mostram o envolvimento político com a História da Salvação, fazendo-nos entender que os desígnios de Deus ultrapassam este nosso momento histórico, mas o incluem na sua trajetória e realização. O Senhor diz sobre Ciro - rei da Pérsia, que não conhecia a Deus - "Armei-te guerreiro, sem me reconheceres, para que todos saibam, do oriente ao ocidente, que fora de mim, outro não existe. Eu sou o Senhor, não há outro". O Evangelho dá continuidade à série de ataques por parte dos inimigos que levarão Jesus à morte. Aqui eles procuram obrigá-lo a entrar num terreno meramente político. Humanamente, a morte de Jesus se tornará uma questão política. Pergunta...
Reflexões da Palavra | 28º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 28º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 25,6-10a - Sl 22 - Fl 4,12-14.19-20 - Mt 22,1-14 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A liturgia deste domingo dá continuidade ao diálogo que Jesus trava com as autoridades religiosas no templo de Jerusalém. Trata-se da terceira parábola em que Ele apresenta o Reino dos céus como resposta aos que o questionam sobre a autoridade com que ensinava. Além de apresentar o Reino dos Céus com características muito diferentes do que a religião oficial pregava, Jesus põe em xeque aquele tipo de religiosidade.A imagem do banquete é muito rica no contexto bíblico, e a festa por excelência na antiguidade, era a festa de casamento: durava sete dias - ou mais! - dependendo das posses dos noivos, e evocava alegria, amor e perenidade/eternidade. E as pessoas esperavam ansi...
Reflexões da Palavra | 27º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 27º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 5,1-7 - Sl 79 - Fl 4,6-9 - Mt 21,33-43 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A imagem da vinha nos ensinamentos de Jesus permanece. Ele narra outra parábola que tem como interlocutores, ainda, os sacerdotes e os anciãos do povo, os ilustres da época e detentores do poder. Conta que um Senhor proprietário de uma vinha arrendou-a a vinhateiros e viajou para o estrangeiro. Quando chegou o tempo da colheita mandou seus empregados para receber a sua parte. Os vinhateiros espancaram, mataram e apedrejaram os funcionários do proprietário da vinha. Mandou depois um número maior, que foram tratados da mesma forma. E finalmente, mandou seu filho, imaginando que iriam respeitá-lo por ser o herdeiro. Mas, igualmente mataram-no para tomar posse da terra, da herança do f...