Somos um povo que constrói e vive a esperança, somos povo pascal. CARTA DAS COMUNIDADES ECLESIAIS DE BASE DO ESTADO DE SÃO PAULO

“Ninguém caminha sem aprender a caminhar, sem aprender a fazer o caminho caminhando, refazendo e retocando o sonho pelo qual se pôs a caminhar.”

Paulo Freire

No chão da Diocese de São José do Rio Preto, nós, animadores das Comunidades Eclesiais de Base, unidos como Colegiada das CEB’s do estado de São Paulo nos reunimos durante os dias 23 e 24 para a última reunião do ano de 2019 e desejamos lançar uma mensagem de gratidão e esperança a cada comunidade do nosso grande estado.

O ano de 2019 foi, para todos nós, desafiador. Seja pela conjuntura sócio-política, seja pela realidade eclesial. Este cenário favorece o surgimento de uma onda de pessimismo e desesperança, que gera desarticulação e individualismo pastoral. “Não há espaço para o pessimismo ou o desalento”, nos lembra Francisco.

Ao mesmo tempo em que vemos crescer a desigualdade, o desemprego e a pobreza no Brasil, observamos a ascensão de movimentos eclesiais sem compromisso com a verdade do Evangelho e que tentam, a todo momento, dividir, destruir e quebrar a caminhada de comunhão e participação da Igreja no Brasil.

Somos um povo que constrói e vive a esperança, somos povo pascal. Esta realidade nos provoca ainda mais para ser “Sal e Luz” (Mt 5, 13-14), “fermento na massa” (Mt 13, 33) para transformar o chão que pisamos. Agora, como nunca antes, nosso foco deve ser no fomento de formação política e cidadã e de trabalhos na e com a base.

Em 2020, somos convidados pela Campanha da Fraternidade a nos reconhecer na imagem do bom samaritano, unindo esforços na defesa da vida, no combate a “globalização da indiferença” e no compromisso com a Casa Comum.

Também no próximo ano, somos convocados como cristãs e cristãos a nos envolvermos no processo eleitoral dos nossos municípios, motivando novas lideranças a ocuparem espaços no legislativo e executivo, freando o avanço do neoliberalismo e da corrupção generalizada.

Por fim, queremos enviar nosso abraço de gratidão a cada animador de comunidade, agente de pastoral e militante, sobretudo as leigas e leigos, por continuarem sua missão profética na Igreja e na Sociedade.

Que o Beato Pe. Donizetti, defensor dos pobres e pequenos, interceda por nossa caminhada.

24 de novembro de 2019 Solenidade de Cristo Rei do Universo.

Viva Sepé Tiarajú, herói guarani, mártir da justiça, profeta dos povos indígenas, santo e guerreiro!

CARTA DAS CEBS SP – NOV 2019 (1)

Contribuição de Nelsa Felix CEBs SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *