Shadow

– LESTÃO

Magda Melo

- LESTÃO, 14º Intereclesial
Magda melo Publicado em 19/06/2016 às 23h23 Não é a toa que a palavra CALMA tem uma ALMA dentro dela. Não é a toa que a palavra CORAÇÃO tem uma ORAÇÃO dentro dela. Não é a toa que o verbo AMAR tem um MAR inteiro dentro dele. É na calmaria do coração, que nossa oração se agiganta na alma, nos leva e trás no caminho certo.    Tudo a seu TEMPO. Anônimo Por Magda Melo Queridas/os irmãs/os de fé e caminhada! O nosso jeito de viver e ser Igreja faz com que cada dia seja especial para nós. A utopia da comunhão e fraternidade, pois formamos uma comum unidade, nos impulsiona a seguir em frente com determinação, e assim, nos encontros, na formação e oração vamos caminhando, sendo pontes e viajantes e seguindo adiante nessa caminhada tão marcante. Vemos, ouvimos, partilhamos, nos integramos, nos te...
SEMINÁRIO DAS CEBs REGIONAL LESTE

SEMINÁRIO DAS CEBs REGIONAL LESTE

- LESTÃO, 14º Intereclesial
SEMINÁRIO DE ASSESSORES E ASSESSORAS de CEBs REGIONAL LESTE AS CEBs e o DESAFIOS DE SER IGREJA NO MUNDO URBANO Entre os dias 17 e 19 de março de 2017 aconteceu  o  primeiro SEMINÁRIO DE ASSESSORES E ASSESSORAS DAS CEBs, promovido pelo  SETOR CEBs da CNBB E ISER ASSESSORIA. O encontro  se deu  em terras mineiras, no RECANTO SÃO JOSÉ – Casa das Religiosas Franciscanas Alcantarinas, em Belo Horizonte e acolheu   todo  o Regional Leste sendo os estados de Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. O tema refletido foi: As Cebs e os desafios de ser Igreja no mundo urbano. A expectativa que tínhamos no início era de acontecer uma articulação, partilha, convivência, conhecimento, experiência das realidades do mundo urbano. Foi um seminário que nos apontou horizontes novos para enfrentar os ...
Ramos nas mãos

Ramos nas mãos

- LESTÃO, 14º Intereclesial
Dom Paulo Mendes Peixoto Arcebispo de Uberaba Ramos nas mãos! Ele assumiu em Si o sofrimento do povo, principalmente dos pobres, dos indefesos e marginalizados de todos os tempos e lugares, maltratados por más administrações. A Semana Santa começa fazendo alusão aos ramos que as pessoas levam para as celebrações do domingo que a antecede. Simboliza a forma singela usada para acolher, na cidade de Jerusalém, Aquele que seria o alvo dos holofotes de toda a semana. Jesus entra na cidade, de forma triunfal, sendo acolhido com ramos, tapetes e gritos de “Hosana” pela grande multidão que O apreciava. Começa ali um clima de amargura e sofrimento, provocado pelas autoridades de então. Por isso Jesus é chamado de “Servo sofredor”, porque Ele assumiu na carne as realidades da Paixão, que cu...