Secretariado do 15º Intereclesial reúne equipe local de comunicação

Aos trinta dias do mês de maio de 2020, por vídeo conferência, na cidade de Rondonópolis/MT, reuniram-se 15 pessoas convidadas a compor uma equipe local de comunicação para o 15º Intereclesial das CEBs (Comunidades Eclesiais de Base).

A reunião aconteceu com um momento orante conduzido por Marilza Lopes Schuina, onde rezamos pela unidade das Igrejas e pelo diálogo entre todas as religiões, bendizendo a Deus pelo testemunho das Igrejas que em nome de Jesus tomam partido dos pobres, das mulheres, dos indígenas, dos negros, dos refugiados.

Os participantes se apresentaram para termos um panorama, ainda que virtualmente, da vontade e potencialidades de cada um e cada uma. Participaram desta reunião Luzia Caline e Maycon Douglas (PASCOM Diocesana), Maria Conceição de Góis (historiadora e servidora pública) e Djanira Piato (ambas da PASCOM da Paróquia Nossa Senhora Aparecida), Alex Bettinardi (Jornalista da Rádio Centro América Hits), Walmor Miranda (Jornalista e Publicitário), Juliane Caju (jornalista), Pedrinho Aguiar (Fotógrafo e Músico), Grazieli Hellrigl Sousa (Agente Comunitária de Saúde e Vice Secretária da Equipe Diocesana das CEBs), pelo Secretariado Executivo o Professor Adilson José Francisco, Professora Marilza Lopes Schuina, Eliene Paulino (Psicóloga e PASCOM Diocesana), Rinaldo Cardoso Meira (Advogado) e Dom Juventino Kestering (bispo Diocesano).

O Rinaldo expôs o objetivo da reunião ressaltando a alegria de ver os participantes respondendo o convite outrora feito.

Dom Juventino salientou sua satisfação em ver um grupo de cristãos bem qualificados que se colocam a serviço. Ressaltou que o universo e o papel da comunicação é muito importante para fazer chegar a Boa Notícia até às comunidades.

No mesmo viés, o Profº Adilson José destacou a importância desse serviço, mencionando aos participantes que o próprio Papa Francisco o reforçou na comemoração do 54º Dia Internacional da Comunicação, focando na narrativa e que “somos todos parte de uma história maior que nós mesmos”. Acentuou que a Missão da Equipe é comunicar a Boa Notícia de Jesus de Nazaré, para as pessoas e comunidades se sentirem animadas e fortalecidas em sua fé, na comunhão e compromisso, eclesial e sócio transformador. Disse que em linhas gerais objetiva-se que esta equipe divulgue as ações de todo o processo que é o 15º Intereclesial das CEBs, antes, durante e depois do encontro, favorecendo a animação e fortalecimento das comunidades, movimentos sociais e público em geral.

O Adilson discorreu sobre as atividades que competem a equipe agrupando-as em 4 níveis ou “rios”: 1 – Integração e fortalecimento do vínculo: temos profissionais, experiências diferentes. Quais os pontos fortes da equipe? Quais as necessidades?; 2- Formação: reconhecer quem são nossos parceiros. Investir nos seminários e oficinas de qualificação e trocas de experiências; 3 – Produção e divulgação da informação no nível micro e macro. Acompanhar as ações do secretariado e divulga-las; 4 – Acompanhamento: quem ficou responsável do que? Realizou a ação? A informação chegou ao destinatário? Revisão de estratégias e atividades se necessário.

Alguns participantes se manifestaram, apresentando possibilidades de comunicação como rádio, revista, jornais, impressos, mídias digitais e outros, mostrando-se animados e esperançados em poder dar sua parcela de contribuição.

Os encaminhamentos, propostos nesta primeira reunião foram: acessar, com um olhar clínico, os sites das CEBs do Brasil e Portal das CEBs, para conhecerem um pouco mais sobre a vida e organização das Comunidades Eclesiais de Base no Brasil; 2- realizar uma conversa online no dia 13/06/2020, das 15h00 às 17h00, com o Pe. Luis Miguel Modino (REPAM), para conversarmos sobre a importância de um processo de comunicação para que se possa dar visibilidade às CEBs, pois, “quem não é visto não é lembrado”.

O processo de comunicação para o 15º Intereclesial das CEBs, que já está acontecendo, nos enche de possibilidades de crescimento na fé e na vivência comunitária como ser humano. Os encontros, partilhas, trocas de experiências entre as pessoas e instituições vão nos fortalecendo na caminhada.

Assim, no momento em que a Igreja celebra o Pentecostes, que abre as janelas e portas, e o vento e o fogo impulsiona as pessoas a “sair” se colocando a serviço, sendo constantemente qualificadas por Ele mesmo que nos enviou, fomos enviados a olharmos para nós mesmos e pensarmos como podemos contribuir nessa missão.

Enceramos invocando as bênçãos da Santíssima Trindade, a melhor Comunidade.

Rondonópolis/MT, 02 de junho de 2020

Secretariado do 15º Intereclesial das CEBs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *