A Arquidiocese de Fortaleza sedia o terceiro seminário promovido pelo Regional Nordeste I: CEBs E OS DESAFIOS NO MUNDO URBANO.

Terceiro seminário  Regional Nordeste I, em preparação ao  14° Intereclesial de CEBs

A Arquidiocese de Fortaleza  sedia  o terceiro seminário promovido pelo Regional Nordeste I, em preparação ao  14° Intereclesial de CEBs que acontecerá em Janeiro de 2018  na Arquidiocese  de Londrina – PR.

O encontro teve  inicio no dia 26  e encerrará no dia 28 de maio e acontece   na paróquia de Tabatinga – Comunidade São Pedro – Jubaia, Maranguape, CE, A  assessoria deste encontro  será realizada por   Pe. Anastácio, assessor Nacional, Regional de CEBS e  também da Diocese de Iguatu.   Pe. Anastácio vem nos ajudar com a reflexão de como ser Igreja diante dos  desafios no mundo urbano,  e que caminhos devemos tomar em nossa caminhada junto às comunidades de base. Ante o exposto passamos também pela situação que se encontra nosso país com o desgoverno ilegítimo do golpista Michel Temer que a cada dia que passa tenta destruir a classe trabalhadora. Em nosso segundo dia estaremos pensando e vendo alguns encaminhamentos para nossa assembleia Regional que realizará em setembro de 2017,  na qual escolheremos os novos Articuladores e Articuladoras do nosso Regional Nordeste I e  ajustaremos os últimos detalhes para a participação nosso grande encontro em Londrina, em janeiro de 2018. Nos preparando para o 14º Intereclesial podemos reafirmar “As CEBs são uma invenção do Espírito Santo: “Uma Igreja que nasce do povo pelo Espírito de Deus” (I Intereclesial – Vitória, 1975). Elas traduzem uma nova experiência eclesial a partir dos países latino-americanos e caribenhos, alicerçada no sangue de muitos mártires que seguiram Jesus no compromisso com a justiça e com a vida plena para todos e todas.(Benedito Ferraro)

Aurélio Araújo

Coordenação Arquidiocesana de CEBs Fortaleza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.