DOM ORLANDO SE DESPEDE DE LONDRINA

DOM ORLANDO SE DESPEDE DE LONDRINA

“SOU GRATO PELO TEMPO QUE PASSEI AQUI, PELOS GRUPOS BÍBLICOS DE REFLEXÃO E PELA GENEROSIDADE DESSE POVO! VOU PARA APARECIDA CONFIANTE NA MISERICÓRDIA DE DEUS!” Dom Orlando Brandes!

Na tarde do domingo dia 15 de janeiro de 2017 a Catedral Metropolitana de Londrina se encheu de gratidão, para a missa solene de despedida de Dom Orlando Brandes. Estavam presentes as comunidades,  o  Cardeal Dom Geraldo Majella, emérito de Arquidiocese de Salvador, Dom Mario Antonio Silva, Diocese de Roraima  e  Bispos  da Província:  Dom Manoel Francisco e Dom Getúlio (emérito), Diocese de Cornélio Procópio, Dom Celso Marchiori, Diocese de Apucarana, Dom Antonio Braz, Diocese de Jacarezinho.

Por mais  de 10 anos  Dom Orlando Brandes animou as comunidades londrinenses  com o refrão: “Bíblia na Mão, no coração e pé na missão!! E vivenciou  profundamente o lema escolhido por ocasião de sua ordenação Episcopal “Somos Operários de Deus” (1Cor 3,9), trabalhando  intensamente para que a Arquidiocese de Londrina se tornasse uma Igreja que caminha a luz da Palavra de Deus, nos GBRs, que acolhe essa palavra analisando os sinais dos tempos e as questões sociais  assumindo  a preparação e realização do 14º Intereclesial  das CEBs e vivencia essa Palavra, sendo uma igreja da visitação, uma Igreja em saída, com as Santas Missões Populares.

Dom Orlando agradeceu o apoio recebido pelo Clero e pelos leigos, “Vocês são muito generosos! Fazem a Igreja de Londrina uma igreja viva e atuante! O sentimento é de gratidão, porque recebi muita colaboração e levo boas recordações do que juntos construímos, tanto em nível eclesial, quanto social. Aqui foi possível dialogar com a sociedade civil, com os administradores públicos, autoridades judiciarias e diversos conselhos de direitos.”

Recebeu emocionado os cumprimentos de representantes da Arquidiocese, que em nome de todos demonstraram o profundo respeito pela sua forma autêntica de animar e promover a unidade da Igreja de Londrina. Padre Cesar Braga, em nome do CELAM, expressou a gratidão e afeto do Colegiado Episcopal e o parabenizou pela nomeação para a Arquidiocese de Aparecida, citando a Conferência de Aparecida, como a Carta norteadora da caminhada da Igreja: “Uma Igreja pobre, com os pobres e em diálogo com o mundo.” Lembrou o esforço e participação de Dom Orlando durante a Conferência e também em torná-la uma prática. Manifestou votos de que sua missão seja sempre fecunda, com as bênçãos de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina.

Um dos pontos altos da celebração, foi a entrada da Mãe Aparecida esperança de uma Igreja materna, trazida pelas Juventudes. Um misto e emoção e  saudade antecipada tomou conta de todos, pois cada vez que   na Arquidiocese de Londrina se entoar o canto: “Dai-nos a Benção! Oh Mãe Querida! Nossa Senhora Aparecida!”, sua voz   será ouvida, pois voz de Pastor tem eco no coração das ovelhas, deixa marcas que o tempo não pode apagar.

Dom Orlando Brandes tomará posse na Arquidiocese de Aparecida no dia 21 de janeiro, as 09 horas no Altar Central da Basílica, casa da Padroeira do Brasil.
O nome do novo Arcebispo de Londrina poderá ainda não foi anunciado, processo foi iniciado e pode demora algum tempo, enquanto isso, um administrador apostólico será definido pela Nunciatura Apostólica do Brasil (espécie de embaixada do Vaticano), em Brasília, ou pelo Colégio Consultor da Arquidiocese.

Dom Orlando se Despede de Londrina

Leoni Alves Garcia – Comunicação/Pascom

Todos os direitos reservados a Ampliada das Comunidades Eclesiais de Base.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.