DOM OSCAR ROMERO 37 ANOS MARTIRIO

“Romero foi assassinado porque ele amava os pobres, seguindo o exemplo de seu Mestre, Jesus de Nazaré. Ele emprestou sua voz para o profeta, e lhe dedicou a sua vida”

Dom Romero, que completaria 100 anos em 2017, foi beatificado pelo papa Francisco, em 23 de maio de 2015.

Recordamos o martírio de dom Oscar Arnulfo Romero. O arcebispo de San Salvador, assassinado enquanto celebrava a Eucaristia em 24 de março de 1980, por defender os pobres. Nasceu em Ciudad Barrios (El Salvador), em 15 de agosto de 1917.

Na homilia do Sábado de Aleluia, (1979), dom Romero afirmava: “Graças a Deus, temos páginas do martírio não somente na história do passado, como também na hora presente. Há sacerdotes, religiosos, catequistas, homens humildes do campo assassinados e massacrados que tiveram seus rostos desfeitos e esmagados, foram perseguidos por serem fiéis ao único Deus e Senhor”. E acrescentava: “Tenho sido frequentemente ameaçado de morte. Devo dizer-lhes que como cristão não creio na morte sem ressurreição. Se me matam, ressuscitarei no meu povo salvadorenho. Digo isso sem orgulho, com a maior humildade… Como pastor, estou obrigado a dar a vida por quem amo, que são todos os salvadorenhos, como também aqueles que vão me matar. Se chegarem a cumprir as ameaças, desde agora ofereço a Deus meu sangue pela redenção e ressurreição de El Salvador”.

Dom Romero, que completaria 100 anos em 2017, foi beatificado pelo papa Francisco, em 23 de maio de 2015. “Romero foi assassinado porque ele amava os pobres, seguindo o exemplo de seu Mestre, Jesus de Nazaré. Ele emprestou sua voz para o profeta, e lhe dedicou a sua vida”, afirmou o bispo durante a missa de beatificação em San Salvador. Em suas homilias, Romero denunciava os ataques da segurança contra a população civil, além de outras violações dos direitos humanos por parte do governo militar.(Fonte: http://www.pom.org.br/memoria-dos-martires-recorda-dom-oscar-romero/)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.