O Trem das CEBs do Regional Noroeste se prepara para seguir viagem para 14º Intereclesial em Londrina- PR

Eu vi e ouvi os clamores do meu povo e desci para libertá-lo.

Somos as CEBS, uma Igreja em saída, que enfrenta os desafios do mundo urbano.

Autor e Compositor: Claudio Paulo Hernandes (PR) do Livro Cancioneiro do 14º Intereclesial

 

Os Articuladores das Comunidades Eclesiais de Base das Igrejas particulares do Acre, Rondônia e Sul do Amazonas reuniram-se nos dias 17, 18 e 19 de fevereiro para avaliar e refletir a sua caminhada eclesial e recomeçar os preparativos de sua participação no 14º Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base do Brasil.

Os participantes da Ampliada do Regional Noroeste reafirmaram o planejamento iniciado no ano de 2016 que visa promover pequenos intereclesiais nos três estados que o compõe. E com o tema: Noroeste: Vida e Missão das Comunidades e o lema: desafios, resistência, lutas e esperanças das CEBs no Mundo Urbano e Rural e a Iluminação Bíblica: “Eu vi e ouvi os clamores do meu povo e desci para libertá-lo” (Ex 3,7), “queremos levar a todos e todas as discussões e reflexões sobre a articulação das Comunidades Eclesiais de Base junto aos desafios do mundo urbano e rural, reafirmando que a Igreja é o Povo de Deus, que caminha com esse Povo e incentiva a prática da participação e comunhão e  impulsiona a evangelização libertadora, e de uma Igreja em saída” diz a Assessora para as CEBs, Profª Dra. Lilian Moser. E ainda nos dias 27 a 29 de outubro de 2017 acontece o ‘Catorzinho Regional’ na cidade de Ji-Paraná – RO.

O Trem do Noroeste já se encontra na Estação

O Trem das CEBs já apita alto e forte avisando aos AMAZÔNIDAS que se encontra no Noroeste e está pronto para seguir viagem para Londrina-PR, terra do 14º Intereclesial. Os passageiros já começaram organizar as suas malas cheias de experiências e esperanças, sabem da importância de ser um grupo resistente e compromissado com a Igreja de Jesus Cristo nas bases e buscam constantemente seguir o propósito de ser uma Igreja em permanente estado de missão! Os nossos irmãos indígenas, quilombolas, ribeirinhos, agricultores, extrativistas e dos movimentos sociais já tem assento garantido no trem das comunidades. Também entrará no vagão os irmãos cristãos de outras denominações. O trem quer partir com uma boa representação desse povo forte do Noroeste. Os Articuladores receberam o Texto Base  que norteará as reflexões nas comunidades e o Livro de Cânticos: “Cancioneiro” que animará em vista do Intereclesial; também receberam as fichas de inscrição, programação do encontro,  entre outros encaminhamentos para o momento celebrativo que acontece pela décima quarta vez. O encontro  encerrou-se com a Celebração Eucarística, e o convite para a comunhão resumia a motivação para seguir avante na missão: “Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão… É Jesus este Pão de igualdade, viemos pra comungar, com a luta sofrida de um povo que quer ter voz, ter vez, lugar…

Por Neurimar Pereira da Silva

Fotos: Neuri Pereira

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.