Tag: Martires

Pacto das Catacumbas: padre pede graça e sabedoria para abrir olhos, mente e coração

Pacto das Catacumbas: padre pede graça e sabedoria para abrir olhos, mente e coração

Amazônia, Sínodo Pan-Amazônia
Paulo Barausse é padre jesuíta e diretor do Serviço Amazônico de Ação, Reflexão e Educação Socioambiental – Sares)/Fotos de Luis Miguel Modino Padre Paulo foi um dos signatários da renovação do Pacto das Catacumbas, cuja cerimônia e assinatura ocorreram neste domingo (20), com a participação de bispos e padres que estão no Sínodo da Pan-Amazônia, em Roma. O primeiro pacto foi em 1965, durante o Concílio Vaticano II, e destacou a opção preferencial da igreja pelos pobres. Confira o relato. ***  Poder pisar o chão sagrado da catacumba de Santa Domitila (em Roma) foi um momento de profunda emoção. Quando era menino lembro que assiduamente meu pai estava lendo sobre os mártires dos primeiros séculos. Confesso que o local irradia uma atmosfera de luz de muita consolação. Existem causa
A dinâmica feminina da Casa Comum na Amazônia

A dinâmica feminina da Casa Comum na Amazônia

- OESTÃO, Amazônia, Sínodo Pan-Amazônia
Aloir Pacini, sJ (padre jesuíta e assessor das CEBs/arquidiocese Cuiabá-MT) Confira relato sobre as atividades complementares à programação oficial do Sínodo da Pan-Amazônia, que ocorre em Roma. São ações organizadas pela tenda “Amazônia: Nossa Casa Comum”. Acompanhe o relato do dia 10 (ontem). *** A mística e espiritualidade na manhã aprofundou a realidade e desafios do mundo urbano: “Deus mora nas Cidades!” Começou fora da Igreja – na praça. Houve um momento de pintura corporal e dança de capoeira. Foi pintado com urucum o rosto dos que estavam presentes recordando a passagem bíblica do Antigo Testamento: “Serão marcados com o Sangue do Cordeiro!” (1 Pedro 1, 19-20) Foi aberto um painel com o rosto de um indígena. Carregando o painel e, ao som do berimbau, se formou uma procis
Casaldáliga é um mártir em vida, diz provincial agostiniano

Casaldáliga é um mártir em vida, diz provincial agostiniano

- OESTÃO, Destaque
Padre Paulo Gabriel fez um bonito depoimento em áudio sobre dom Pedro Casaldáliga e sua convivência com ele na  Prelazia de São Félix do Araguaia. O conteúdo circulou por vários grupo de Whatsapp e a seguir apresentamos os principais trechos.   O padre Paulo Gabriel López Blanco viveu por 20 anos ao lado de dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia (MT), e fez questão de homenageá-lo pelo aniversário de 90 anos, que ocorre no dia 16 de fevereiro. Padre Paulo é hoje responsável provincial dos agostinianos e considera Pedro Casaldáliga um profeta, um mártir em vida. Ele vê e sente no papa Francisco muito do que viu nas atitudes do “bispo Pedro”, como é chamado pelo povo em São Félix. “Pedro é um homem radical, no melhor sentido da palavra, radical no s
Carta do Encontro de Delegadas (os) do Estado de São Paulo ao 14º Intereclesial de CEBs

Carta do Encontro de Delegadas (os) do Estado de São Paulo ao 14º Intereclesial de CEBs

- SULÃO, Destaque
“Que a terra abra caminhos sempre à tua frente. Que o vento sopre suave os teus ombros. Que o sol brilhe sempre no teu rosto e que a chuva caia suave em teus campos. E até que nos tornemos a encontrar, Deus te guarde, Deus nos guarde na palma de suas mãos.”                                                                                                                                                                                                        (prece Irlandesa) Irmãs e Irmãos da caminhada, nós, delegadas e delegados do Estado de São Paulo ao 14º Intereclesial, somos 380 pessoas leigas e leigos, religiosas, seminaristas, diáconos permanente, padres, bispos, irmãos evangélicos e indígenas, reunidos na cidade e diocese de Jales-SP, nos dias 16 e 17 de setembro de 2017, queremos comp
Memória da Romaria  dos Mártires da Caminhada: Faz um ano!

Memória da Romaria dos Mártires da Caminhada: Faz um ano!

Artigos, Destaque
Queridas pessoas, Estamos celebrando nestes dias um ano da nossa Romaria dos Mártires da Caminhada, segue em anexo um texto-memória da experiência que vivemos naqueles dias de festa para os olhos e para o coração. Sigamos em Romaria no compromisso com as Causas do Reino, neste momento de travessia que estamos vivendo, onde cada dia os trabalhadores e trabalhadoras perdem seus direitos conquistados, continuaremos na luta por nenhum direito a menos e na certeza de "TUDO PELO REINO". Tonny Calices ROMARIA DOS MÁRTIRES DA CAMINHADA "PROFETAS DO REINO" Tecendo a Romaria dos Mártires No ano de 2016 a Igreja de São Félix do Araguaia, onde o suor e o sangue fecundam o chão, realizou mais uma Romaria dos Mártires. Em caminhada celebrou a memória dos 40 anos do martírio do Pe. João Bosco Penido