27º ENCONTRO ESTADUAL DAS CEBs DIOCESE DE PALMEIRA DOS ÍNDIOS E ARQUIDIOCESE DE MACEIÓ

 “ Devemos enfrentar os desafios decorrentes no mundo urbano e rural com o coração esperançoso, tendo em vista o bem comum do povo de Deus”

Impulsionados pelo Espírito missionário de Jesus as Dioceses de Palmeira dos Indíos e Penedo e a Arquidiocese de Maceió, realizaram no último final de semana o 27º Encontro Estadual das Comunidades Eclesiais de Base, na cidade de Mata Grande, sertão alagoano, Diocese de Palmeira dos Indios.

O Encontro teve início na sexta-feira à noite com a participação das três Dioceses, sendo acolhidas na Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, e contou com a presença de 104 participantes, entre eles, padres, religiosos/as e leigos/as; que atentos ouviram o Assessor Givaldo Pinheiro fazer uma breve explanação do tema proposto, que nos remete ao 14º Intereclesial das Cebs, em Londrina, Paraná em janeiro de 2018.

Dando continuidade à programação, no sábado após a oração, o encontro aconteceu no salão da Secretaria de saúde de Mata Grande, onde os participantes e convidados participaram da palestra e das discussões, refletindo os desafios que as CEBs vem enfrentado na sociedade atual; a partir do tema: CEBs E OS DESAFIOS NO MUNDO URBANO E RURAL.

A partir da realidade local, e da representação de pessoas da zona urbana e rural, foi possível realizar a partilha de experiências das comunidades, ouvir suas necessidades, clamores e louvores, bem como, fortalecer a importância de continuar a missão, sem perder a esperança e a fé, renovando a opção pelos pobres e marginalizados.

Compreendendo a essência do trabalho realizado pelas comunidades, o padre Gilberto, em entrevista à Pastoral da Comunicação da Paróquia de São Judas Tadeu, Feitosa, da Arquidiocese de Maceió, afirmou que o Encontro das CEBs em sua paróquia é de extrema importância para a partilha de experiências de cada comunidade ali representada. “ Devemos enfrentar os desafios decorrentes no mundo urbano e rural com o coração esperançoso, tendo em vista o bem comum do povo de Deus”. A noite foi acolhida com a celebração eucarística presidida por Padre Gilberto, tendo a participação das três Dioceses e da comunidade local, irmanados e embalados pela liturgia, foi possível realizar a partilha da palavra e da eucaristia.

Finalizamos a noite reunindo os participantes do encontro e as famílias acolhedoras, prestigiando as apresentações culturais da região; destacamos a valorização e respeito aos povos indígenas Kalancó, Àgua Branca; que fizeram uma linda apresentação, seguida do forró da Melhor Idade; que com muita energia, proporcionou alegria e descontração, além da juventude, que abrilhantou a noite com uma linda homenagem à Nossa Senhora, em virtude do ano Mariano.

O domingo chega, trazendo aos participantes a alegria do reencontro, e mais uma vez, reunidos na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, renovamos o ardor missionário, através da oração e das velas acessas no Círio pascal, reafirmamos a missão de evangelizar no campo e na cidade, buscando superar os desafios da sociedade atual impulsionados pelo serviço e compromisso com o Reino de Deus.

Gratos

Ademilton e Ednilza Cabral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.