Apresentação Cultural – Gralha Azul ft. Epesmel

A Gralha Azul contada por Mayla Guimarães

Dizem que a Gralha azul é um pássaro agrônomo e muito esquecida já que ela nunca lembra onde plantou as sementes que comeu. Mas nem sempre foi assim, dizem que antigamente a função da gralha era de cuidar dos filhotes de outros pássaros, ela era babá dos filhotes, enquanto a mãe saia para caçar.

Certo dia a gralha estava voando sozinha na floresta, e resolveu conversar com deus, e a gralha disse: Meu senhor eu lhe peço que o senhor me torne mais útil e que eu possa fazer algo a mais pela nossa natureza.

E nesse momento deus ouviu as falas da gralha e disse: Gralha minha filha, lhe concedo o dom da plantação, pegarás o pinhão e comerás a metade, a outra metade que lhe sobrar, aquela metade mais gordinha, você deverá plantar na terra. Mas não se esqueça de cobrir a semente com terra, senão ela não nascerá. E por conta disso minha filha, lhe concedo a cor azul, para que nunca mais passes despercebida na floresta.

E foi nesse momento que surgiu a árvore araucária e a gralha fez jus a sua missão, e plantou muitas sementes de pinhão, e bosques de araucárias surgiram no Paraná, formando uma imensidão verde.

Por esse motivo, é proibido matar esse pássaro, já que é ele quem cuida dos pinheiros da região Sul.

 Mas diz à lenda também que a Gralha azul apareceu para um caçador distraído, enquanto ele devastava a floresta com sua máquina de matar árvores.  Ao avistar um bando de gralhas azuis, ele não hesitou, fez o seu ritual, ritual esse que fazia sempre antes de caçar, mas veja como é vida, o caçador foi mexer com a gralha desequilibrou-se, e caiu de cara no chão, desacordado.

Um pouco antes de despertar, ele afirma ter sido visitado pela gralha azul que. Ele disse que a gralha azul, lhe ensinou muita coisa nessa aparição, inclusive como ser um bom ser humano e proteger a mata. Nesse dia o caçador entendeu a importância do respeito à vida e a natureza.

Mayla tem 15 anos e faz teatro na Instituição EPESMEL que promove o protagonismo juvenil de crianças e adolescentes na Cidade de Londrina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.