ASSEMBLEIA ARQUIDIOCESANA DAS CEBs MANAUS

“Que dessa Assembleia Arquidiocesana das CEBs, saíamos como odres novos para acolher o vinho novo e, renovados/as, percebamos as sementes divinas ocultas nessa nossa Manaus, nesse Amazonas, na Amazônia…”

As CEBs  de Manaus AM estiveram reunidas, no último sábado 12 de novembro de 2016 para realização da Assembleia Arquidiocesana. O encontro aconteceu no Km 25 da Estrada AM 010, Comunidade São Francisco e participaram cerca de 60 representantes das Comunidades Eclesiais de Base de Manaus.

A Assembleia foi pensada no método ver, julgar agir e celebrar e organizou-se da seguinte forma:  Análise de conjuntura na linha de ação das dimensões das CEBs, política, cultural, social econômica e religiosa e contou com a   assessoria de Moisés Aragão, Professora Ivania Vieira da UFAM e Pe Antônio Fernandes, assessor das CEBs. Iluminados pela reflexão de Êxodo 18, 13-17, os participantes buscaram responder e as seguintes questões: Onde estamos? O que fazemos? O que queremos? O que pode ser feito para melhorar? Também foram realizados trabalhos em grupos, plenária, deram início a construção do plano objetivo para 2017 Também foram dados informes sobre o Regional Norte 1, sobre o 14º Intereclesial que acontecerá em Londrina PR em 2018, sobre REPAM, REDE E SARES.  A Coordenação Arquidiocesana das CEBs e Assessorias foram recompostas e outras questões práticas e de encaminhamentos também foram tratadas.  A Missa foi celebrada por Pe Ronaldo representante do CIMI na Assembleia.

MENSAGEM DA CEBs ARQUIDIOCESANA DE MANAUS

Hoje surgem problemas e necessidades que exigem a criação de ” novos odres”. O Planeta está sendo tomado por cárceres de diferentes espécies: o cimento, o asfalto e o próprio Estado que não responde às exigências da humanidade, clamando por um novo paradigma de organização dos povos. Para isto exige-se novas organizações que preparem pessoas que a partir das “sementes do verbo”, colhidas ao longo da história da Igreja missionária, recente e passada, criem novos modelos que façam voltar a esperança é o bem viver à humanidade.

E o bem viver da humanidade                       

As nossas comunidades precisam ser abrigo e lar destas novas experiências, destes ” odres novos” que possam acolher sempre e de novo o ” vinho novo”, semeado por Deus com abundância nos corações jovens de cada época.

Que dessa Assembleia Arquidiocesana das CEBs, saíamos como odres novos para acolher o vinho novo e, renovados/as, percebamos as sementes divinas ocultas nessa nossa Manaus, nesse Amazonas, na Amazônia…

Nete de Souza/Articulação das CEBs do Regional Norte I

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.