DOM ORLANDO BRANDES É NOMEADO ARCEBISPO DE APARECIDA SP

DOM ORLANDO BRANDES QUE ACOLHEU COM CARINHO O  14º INTERECLESIAL DAS  CEBs É NOMEADO PARA A ARQUIDIOCESE DE APARECIDA

Dom Orlando Brandes da Arquidiocese de Londrina, sede do 14º Intereclesial das CEBs foi nomeado pelo papa Francisco para a arquidiocese de Aparecida (SP). A posse de Dom Orlando na nova Arquidiocese está marcada para o dia 21 de janeiro de 2017.

Grande comunicador, missionário e animador dos grupos bíblicos de reflexão, conhecido por todos pela afirmação: “Bíblia na mão, no coração e pé na missão”, Dom Orlando acolheu a realização do encontro das CEBs na Arquidiocese de Londrina e afirmava: “As razões pelas quais se realizará em Londrina o 14º Intereclesial são as seguintes: queremos solidificar o projeto da CNBB – Paróquia comunidade de comunidades e a setorização das paróquias. Precisamos também fortalecer a nossa prioridade pastoral que são os Grupos Bíblicos de Reflexão. A setorização, a articulação dos grupos entre si, são as nossas Cebs.”

Esperança de uma Igreja profética!  O 14º  Intereclesial das CEBs nos ajudará!

Desde a participação na 1ª Reunião Ampliada das CEBs que aconteceu em Brasília em Julho de 2014, animou toda a Arquidiocese de Londrina a coletivamente construir esse grande encontro das comunidades eclesiais de base, ressaltando os desafios, alegrias pastorais e a contribuição das CEBs para a Igreja de Londrina: “Encontrei entre os participantes, muita espiritualidade, muita vinculação com a Igreja e principalmente o grande desejo e a grande esperança de sermos uma Igreja mais profética. Esta dimensão social da fé é ainda muito frágil. O Papa Francisco, a partir de “Alegria do Evangelho”, quer uma Igreja dos Pobres, uma Igreja missionária, uma Igreja próxima do povo. O 14º Intereclesial nos ajudará.”

“Essas coisas acontecem no plano divino. É Deus quem conduz a Igreja.”

Diante da nova missão, Dom Orlando Brandes se diz agraciado por Deus pela nomeação e afirmou: “Essas coisas acontecem no plano divino. É Deus quem conduz a Igreja.”  Agradeceu a todos que colaboram para que a Arquidiocese de Londrina seja uma Igreja ativa, missionária e misericordiosa, pediu perdão por suas falhas e    e convidou aos fiéis a se  lembrarem  dele nas orações, afim de  que sua nova missão produza frutos para a Glória de Deus. Segundo Dom Orlando Brandes, sua transferência para Aparecida não deverá interferir nos projetos em andamento na Igreja de Londrina, como as Santas Missões Populares e o 14º Intereclesial das CEBs.

 Nossos cumprimentos a Dom Orlando Brandes, que agora cantará para a Mãe Aparecida em seu Santuário. E para a Igreja de Londrina, nossa teimosa esperança e nosso confiante pedido em forma de canção:  “DAI NOS A BENÇÃO, OH MÃE QUERIDA, NOSSA SENHORA APARECIDA!!!, incansavelmente cantada por Dom Orlando nesses 10 anos que esteve conosco.

Por Leoni Alves Garcia/fotos arquivos Pascom e CEBs do Brasil

 SAUDAÇÃO DA CNBB AO NOVO ARCEBISPO DE APARECIDA (SP)

Brasília, 16 de novembro de 2016

 Caríssimo Dom Orlando Brandes.

A Conferência Nacional dos bispos do Brasil (CNBB) se alegra com a nomeação feita por Sua Santidade, Papa Francisco, confiando ao senhor o pastoreio da Arquidiocese de Aparecida (SP). Fazemos nossas orações pelo seu ministério e enviamos os nossos melhores votos de uma fecunda caminhada junto às comunidades da Arquidiocese e aos pés do Santuário Nacional da Mãe Aparecida.

A trajetória sacerdotal e episcopal que senhor tem percorrido nos dá muita esperança de um tempo de muita bênção em Aparecida. Seu dinâmico cuidado pastoral em Joinville (SC) e o extraordinário tempo de dedicação à Arquidiocese de Londrina (PR) iluminam seus rastros de homem de Deus e pastor incansável.

O lema episcopal escolhido pelo senhor “Dei EnimSumusAdiutores”, isto é, “Somos operários de Deus” remete à vocação batismal de todos e faz perceber, com maior profundidade, a responsabilidade de cada um na obra evangelizadora da Igreja. Exemplo disso, no ano passado, por ocasião do início das Santas Missões Populares, na Arquidiocese de Londrina, o senhor reconhecia que aquele momento era propício para um grande movimento de evangelização para os “operários de Deus”: “Chegou a hora de sair de casa, ir para a estrada, bater nas portas das casas, estar no meio do povo dedicando atenção especial para com os pobres, os doentes, os aflitos. Ninguém seja esquecido nem excluído”.

Desejamos que a sua estrada continue iluminada por esses santos propósitos. Saudamos o Arcebispo Emérito, o eminentíssimo Cardeal Raymundo Damasceno de Assis, desejando saúde, luz e paz no prosseguimento de sua missão e ao povo de Deus em Aparecida.

Em Cristo,

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo auxiliar de Brasília
Secretário-Geral da CNBB

Todos os direitos reservados a Ampliada das Comunidades Eclesiais de Base.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.