Rumo ao 15º Intereclesial

[LIVE] Quarentena e violência doméstica: O que as CEBs tem a ver com isso?

[LIVE] Quarentena e violência doméstica: O que as CEBs tem a ver com isso?

Destaque, Destaque News, Lives das CEBs, Rumo ao 15º Intereclesial
Na nossa segunda live, as CEBs propõem discutir um tema muito importante que ainda é uma chaga na nossa sociedade: a violência doméstica. Neste período que estamos vivendo, com a pandemia, a quarentena e o isolamento social se torna ainda mais urgente discutirmos e buscarmos caminhos para o fim da violência doméstica. Informes de diversos estados brasileiros dão conta de que cresceu, em pelo menos 20%, o número de notificações a respeito deste tema. Por isso, como Comunidades Eclesiais de Base entendemos que é hora de “meter a colher” nesse debate. E para isso convidamos a Irmã Eurides Alves, de Manaus/AM, e a Professora Luciene Medeiros, de Duque de Caxias/RJ. Para mediar essa roda de conversa, contaremos com a Salete Bez, que é membro da Ampliada Nacional das CEBs pelo Sul 2 (PR).
“Gentileza gera gentileza” – Começa a SOUC 2020

“Gentileza gera gentileza” – Começa a SOUC 2020

Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial, SOUC
Promovida mundialmente pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade dos Cristãos e pelo Conselho Mundial de Igrejas, a Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC) acontece em períodos diferentes nos dois hemisférios. No hemisfério Norte, o período tradicional para a Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC) é de 18 a 25 de janeiro. Essas datas foram propostas em 1908, por Paul Watson, pois cobriam o tempo entre as festas de São Pedro e São Paulo, e tinham, portanto, um significado simbólico. No hemisfério Sul, por sua vez, as Igrejas geralmente celebram a Semana de Oração no período de Pentecostes (como foi sugerido pelo movimento Fé e Ordem, em 1926), que também é um momento simbólico para a unidade da Igreja. No Brasil, o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC) lidera
O Papa Francisco e as Comunidades Eclesiais de Base – duas primaveras na Igreja

O Papa Francisco e as Comunidades Eclesiais de Base – duas primaveras na Igreja

Artigos, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
“Não deixemos que nos roubem a esperança” (EG 86) Durante a Ampliada Nacional das Comunidades Eclesiais de Base – CEBs, em Rondonópolis-MT, em janeiro passado, tendo presente a análise de conjuntura e o relato dos bispos que estiveram no Sínodo para a Amazônia (Dom Juventino Kestering e Dom Giovane Melo), os participantes da ampliada decidiram enviar uma carta de apoio ao Papa Francisco diante dos ataques que o papa vem enfrentando dentro e fora da Igreja. No dia 09 do mês de março de 2020 através da Secretaria de Estado, o Papa Francisco respondeu a mensagem da Ampliada das CEBs, onde agradece os sentimentos de adesão e  solidariedade, manifestando felicidades aos membros das CEBs, aos seus familiares e fazendo um convite para que olhemos para Jesus Crucificado, para o seu Coração abe
[LIVE] As Comunidades e o Bem Viver em tempos de pandemia

[LIVE] As Comunidades e o Bem Viver em tempos de pandemia

Comunicação, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
Encontro virtual promovido pelas CEBs do Brasil para refletir o papel das Comunidades Eclesiais na construção de novas relações em vista do Bem Viver. Os convidados desse primeiro encontro são os leigos Ana Maria de Freitas e Celso Pinto Carias. Ana Maria de Freitas é Graduada em Serviço Social e Ciências Religiosas. Membro da equipe de assessoria das CEBs do Regional Nordeste 1 e da diretoria do Centro de Defesa da Vida Herbert de Sousa (CDVHS) – Fortaleza – Ceará. Celso Pinto Carias é Doutor em teologia com ênfase em Teologia Fundamental, atuando principalmente na iniciação teológica. Também vem trabalhando as questões teológicas que perpassam o fenômeno da morte, a situação do cristianismo na realidade urbana moderna / pós-moderna, e ainda relação entre teologia e ciência, sobr
COVID-19: A ENFERMIDADE DA SOLIDÃO

COVID-19: A ENFERMIDADE DA SOLIDÃO

Ampliada Nacional, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
Celso Pinto Carias / “mendigo” de Deus A morte é uma realidade da qual não podemos fugir. É a única verdade absolutamente consensual. Ninguém diz: nunca morreremos. Pode-se acreditar, naturalmente, na continuidade eterna da vida, mas na história humana que conhecemos diretamente não há possibilidade de não passar pela morte. E ela provoca reações das mais diversas na existência de homens e mulheres. Pode ser um medo contido ou um completo desespero. E no mundo de hoje, a morte ganhou uma característica que a torna uma experiência ainda mais difícil. Ela foi privatizada. Deixou de ser um acontecimento que envolve toda a comunidade onde a pessoa que morre vive. Quando se morre em casa é um problema. O morrer é também um produto com o qual se ganha dinheiro. E nas regiões de muita violênc
DESTERRO 3 – O CUIDADO PELA VIDA: libertar-se da indiferença consumista

DESTERRO 3 – O CUIDADO PELA VIDA: libertar-se da indiferença consumista

Articulação Continental, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
Já pensando no 15° Intereclesial das CEBs do Brasil que acontecerá em julho de 2022 em Rondonópolis-MT, cujo tema é "CEBs: Igreja em saída na busca da vida plena para todos e todas", escrevo este pequeno texto como ensaio desta temática. Os verdadeiros protagonistas de um novo mundo eco-social são os pobres. Pois, já estando no meio da opressão, exemplificam e ensinam os princípios da resiliência, alegria, perdão e reconciliação. São pessoas que vivendo em comunidade, libertam-se da indiferença consumista. Exemplo disso tem sido a economia solidária, ressurgida principalmente em tempos de crise. Leonardo Boff ao desenvolver uma reflexão sobre a ecologia social e o cuidado da Terra diz: "A ecologia social não tem o meio ambiente como sua única preocupação. Se preocupa com todo o meio
Celebrando os 40 anos do martírio de São Oscar Romero

Celebrando os 40 anos do martírio de São Oscar Romero

Destaque, Destaque News, Mártires da caminhada, Rumo ao 15º Intereclesial
  “Celebrar a memória de nosso São Romero é um dever e é um dom. Renovando nossa comunhão nas lutas e na esperança de santificar a esse pastor e mártir da Nossa América. Fazendo, isso sim, dessa memória um renovado compromisso diário das lutas pelo Reino que São Romero viveu em radicalidade dando a prova maior, como diz Jesus. Essa memória nos estimula a vivermos o desafio diário de sermos também radicais, mas com uma esperança que tem garantia da Páscoa do próprio Cristo. Das beiras do Araguaia mando para vocês um abraço do tamanho da nossa Utopia.” Pedro Casaldáliga Neste ano estamos celebrando os 40 anos do martírio de São Oscar Romero, pastor, profeta e mártir da nossa América, momento de recordar e de reafirmar o nosso compromisso com a Causa da Libertação. Por
Deus nos ensina a ver as pessoas com o seu olhar de salvação

Deus nos ensina a ver as pessoas com o seu olhar de salvação

- NORTÃO, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
por Padre Antônio Fontinele, da Arquidiocese de Porto Velho/RO A luz recebida no Batismo nos dá um novo clarão; Agir com justiça, verdade e ter compaixão; A luz trazida por Jesus dissipa nossas cegueiras, a escuridão; Deus não vê a aparência de seus filhos, Ele vê o coração. Deus não olha aparência, estatura, Ele vê o interior e escolhe Davi o menor para a unção; Deus não age com critérios humanos(Samuel e Jessé) que faz discriminação; Ele escolhe os humildes e pequenos e aos seres humanos dá uma lição; Os filhos da luz mostram quem são pelos frutos e a boa ação. O filho da luz sabe discernir o que agrada a Deus e faz o bem para toda nação; Não compactua com as obras das trevas, a corrupção; O filho da luz enxerga a realidade conforme a vontade de Deus e faz transformação;
Aprender da vida

Aprender da vida

- NORTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
Por Padre Celso Carlos Puttkammer dos Santos, desde a Ilha e da Prelazia do Marajó, neste retiro de Quaresma e de Páscoa.   Apesar das ruínas e da morte, Onde sempre acabou cada ilusão, A força dos meus sonhos é tão forte, Que de tudo renasce a exaltação E nunca as minhas mãos ficam vazias. Sophia de Mello Breyner Andresen, in 'Antologia Poética' A humanidade toda passa por – eu acredito – sua maior crise. Não me refiro apenas à pandemia do coronavírus (covid-19). O coronavírus pode-se dizer que é o escopo de uma crise civilizacional. Li um meme que minha irmã compartilhou na internet e me deixou impactado! Esse meme traz uma verdade e diz o seguinte: “Se depois dessa pandemia não nos tornarmos pessoas melhores, então não teremos aprendido nada da vida”. Nunca li um meme
4o Domingo da Quaresma – Ano A

4o Domingo da Quaresma – Ano A

- LESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Leituras: 1Sm 16,1b.6-7.10-13a - Sl 22 - Ef 5,8-14 - Jo 9,1-41 No domingo passado meditamos sobre o tema da água e pudemos perceber que Cristo é água para a nossa sede. Hoje as leituras nos orientam para a constatação de que Ele é luz para as nossas trevas! Como a água, também a luz - com o seu oposto, a escuridão - é um dos símbolos fundamentais da existência humana e da reflexão teológica. No relato do Gênesis, Deus cria a luz e a separa das trevas, põe ordem e distinção no caos primitivo, e o torna um cosmos cognoscível e depois habitável. O evangelista João nos oferece uma longa narrativa, cheia de nuances catequéticas, ao falar da cura de um cego de nascença, sina esta que era entendida como um castigo - dele mesmo ou de seus pais