Paróquia Sagrada Famílias – Regional Oeste II

EQUIPE DE CEBs- COlNIZA-MT DIOCESE DE JUINA- MT – PARÓQUIA SAGRADA FAMÍLIA – REGIONAL OESTE II

A todos irmãos e irmãs,  minha saudação de fé em Jesus Cristo o modelo de CEBs a ser  seguido!

 O primeiro encontro Diocesano de CEBs da diocese de Juina-MT, realizado na Paróquia Sagrada família,  município de Colniza -MT nos dia 21,22 e 23 de abril de 2017, iniciou no dia 21, sexta feira com a presença das paroquias dos municípios  de Juína, Aripuanã, Cotrigaçu, Distrito de Nova União e  Alta Floresta-Diocese de Sinop, de onde vieram o assessor Pe. Rodrigo e sua equipe. Como dinâmica das CEBs,  as famílias estavam presentes para recepcionar os participantes. No sábado 22/04, o encontro iniciou com oração em memória das 9 vítimas do massacre da Gleba Taquaruçu distrito de Guariba neste município.

Pe. Rodrigo,  começou sua fala dizendo que  as CEBs não é um grupo de Elite , mas sim de um grupo ligado à vida da igreja. Ou seja:”CEBs é comunidade do povo de Deus.” Nosso encontro neste sábado foi marcado por tamanha dor, sobretudo de uma grande indignação uma vez que pessoas que lutam pir um pedaço de chão,  foram mortos violentamente como se fossem bichos. O tema do encontro, CEBs e os desafios dos tempos atuais, caminharam lado a lado bem na prática. Pois enquanto os participantes ouviam oque de fato era ser Cebs na sala interna do pavilhão,  no lado de fora do pavilhão externo, a equipe de CEBs acolhia os familiares e amigos das vítimas do massacre com alimentação,  remédios, atenção,  carinho, e sobre tudo com o cuidado pela vida. Assim como também a todas as autoridades do município e do estado que ali se fizeram presentes. D. Neri, pastor desta igreja local, acompanhou sem medir esforços seu povo , ouvindo e buscando solução para essa tragédia inseparável. Falou aos participantes do Encontro Diocesano que Deus não quer que aconteça mortes,  mas aconteceu, e que nós enquanto povo de Deus, ungido e enviado, somos desfiados a levar Jesus ressuscitado aonde ele não chegou ainda. Escreveu uma carta relatando o sofrimento, as ameaças que o povo desta região de assentamento sofre pelo descaso dos políticos e ganância de alguns fazendeiros. A mesma foi lida na missa que por ele foi presidida no encontro, que com o apoio de toda igreja ali presente foi aprovada e será entregue ao vice-governador neste dia 24/04 em Cuiabá numa audiência com os prefeitos da região.

Ainda, sobre o tema principal,  foi abordado o cuidado para com a vida de nossos jovens. Tesouros de nossas comunidades que vem sendo corrompida pela tecnologias e os vícios. O grito hoje é de cuidado pela juventude.  Rosto de Deus! Igreja que não tem jovens,  é uma igreja velha e sem sonhos.

Já encerrando o Encontro, domingo 23/04, os participantes se dividiram em dez blocos para refletir o texto bíblico de At 2,42-47, onde estão os quatro pilares que sustentam as CEBs. Que são: *Palavra de Deus, *Eucaristia, *Oração,  e Vida em comunidade. Além desses pilares que sustenta nossa caminhada,  foram discutido se as Paróquias estão defato vivendo os Dez Mandamentos das CEBs,  e quais ainda não estão sendo vividos. Os grupos também assumiram como gesto concreto deste encontro:

– acolher ainda mais os jovens nas comunidades tanto os da zona urbana quanto os da zona rural.

– Criar e fortalecer os grupos de reflexão.

– Aprimorar os conhecimentos adquiridos nas CEBs.

Com esses compromissos feitos o encontro encerrou com a santa missa presidida pelo Assessor do encontro e concelebrada com os padres da paroquia local. Em sua homilia,  Pe. Rodrigo provocou a todos para que pudessem acreditar no Cristo ressuscitado que esta encarnado na vida do povo, de modo particular dos povos mais sofridos. Que todos nós possamos ter a certeza deque os sinais de morte em nossa caminhada, não matará jamais a vida que brota das esperanças, das lutas e dos sonhos do povo de Deus.

Com o coração entristecidos pela morte violenta e precoce destes nove irmãos: Francisco(chiquinho), Samuel, Zau, Aldo, Édison, pastor Sebastião, Fabio, Ezequias e Valmir, nossa luta se faz ainda maior e muito mais comprometedora, pois o sangue que banhou este solo, não poderá ser em  vão. Nos uniremos em prol da vida destas famílias que hoje neste primeiro encontro de CEBs desta Diocese de Juína, choram seus filhos, esposos, maridos e pais. Fortalecidos pela Eucaristia e certos deque a vida continua, as paróquias retornaram aos seu municípios.

Nós da equipe de CEBs desta paróquia que acolheu o Encontro Diocesano: Alexandre,  Cleide,  Edina,  Carlos Telles, Leydivania, Ir. Iracema, Pe. Valdinei , Joel, e eu Rosemeire, agradecemos a todos que aqui estiveram participando ou nos ajudando.

Contamos com vossas orações.  E desejamos um abençoado trabalho Pastoral.

        Abraços a todos! Pela equipe paroquial de CEBs de Colniza-MT

        Rosemeire do Nascimento Ferrarini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.