Igreja no Brasil

Pedro Casaldáliga, Presente! Nota do Secretariado Ampliado do 15º Intereclesial das CEBs

Pedro Casaldáliga, Presente! Nota do Secretariado Ampliado do 15º Intereclesial das CEBs

15º Intereclesial, Destaque, Igreja no Brasil
Rondonópolis, 08 de agosto de 2020 “Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão. Se fecharem uns poucos caminhos, mil trilhas nascerão”. O profeta dom Pedro terminou seu curso de vida. Mas sua voz não foi inútil e nem será calada; os caminhos que abriu no decorrer da vida tornar-se-ão caminhos de vida nova, de novo céu e de nova terra. O Secretariado Ampliado do 15º Intereclesial lamenta a Páscoa de dom Pedro e externa a solidariedade com o todo povo de São Felix do Araguaia e de tantas pessoas que dom Pedro transmitiu uma palavra de vida e esperança. Dom Pedro viveu o Evangelho, assumiu o Concílio Vaticano II e se colocou ao lado dos mais sofridos e abandonados. Sua vida, em muitos momentos foi um martírio de perseguição e de ameaças. Mas o profeta se manteve firme. Defensor
Pedro Casaldáliga, Profeta da Esperança, Presente em nossa caminhada!

Pedro Casaldáliga, Profeta da Esperança, Presente em nossa caminhada!

Destaque, Igreja no Brasil
"No final do meu caminho me dirão: - E tu, viveste? Amaste? E eu, sem dizer nada, abrirei o coração cheio de nomes” (Dom Pedro Casaldáliga). Hoje, a Igreja do Brasil e da América Latina se despedem de um grande Profeta. Dom Pedro Casaldáliga faz a sua Páscoa junto a Deus, e nos deixa uma vida e missão de dedicação ao povo, especialmente aos mais pobres e marginalizados/as, aos povos indígenas, pelos direitos humanos. Seu testemunho foi sempre pautando a libertação daqueles e daquelas que são oprimidos/as, assumindo em seu projeto de vida e missão a missão de  Jesus: “pois ele me ungiu para anunciar a boa notícia aos pobres: enviou-me para proclamar a libertação aos presos e, aos cegos, a recuperação da vista ; para dar liberdade aos oprimidos  e proclamar um ano de graça do Senhor”
Pedro, alguém que nos fez acreditar na grandeza de sermos Rede

Pedro, alguém que nos fez acreditar na grandeza de sermos Rede

Destaque, Igreja no Brasil, Notícias
"Bastar-me-á saber que Tu me conheces inteiramente, ainda antes dos meus dias" (Querida Amazônia, 73). por Luis Miguel Modino, junto com a Secretaria Executiva e toda a Rede Eclesial Pan-Amazônica - REPAM A confiança em Deus sempre foi a força motriz de Dom Pedro Casaldáliga, de alguém que deu sua vida em favor da Amazônia e seus povos, de alguém que sempre compreendeu, assumiu e pregou que juntos somos mais e podemos sonhar mais alto. Pedro Casaldáliga, ou Dom Pedro, ou simplesmente Pedro, como ele gostava de ser chamado, sempre se sentiu um poeta. Suas palavras encantaram e continuarão a encantar, porque a memória dos justos é eterna. Elas até encantaram o Papa Francisco, que se lembrou de um de seus poemas para iluminar suas reflexões na Querida Amazônia. A Amazônia sempre foi uma
VÁ COM DEUS, PEDRO!

VÁ COM DEUS, PEDRO!

Destaque, Igreja no Brasil
LOUVEMOS A DEUS PELA VIDA DE PEDRO! Marilza J. L. Schuina (Secretariado para o 15º Intereclesial) Vida vivida pelo Reino. "É Partida, é Páscoa, é Libertação, é Caminhada, é Vida, é Ressurreição". Viveremos essa página da história sem a presença física de Pedro, mas, na certeza de que ele, pastor e profeta caminhará sempre conosco e continuará com seu ardor missionário junto à causa dos empobrecidos no Brasil e nesta grande América Latina sofrida e esperançada. Muito se escreverá falando da vida e morte de Pedro. Mas quero compartilhar com vocês esta mensagem de dona Maria Luiza, da Comunidade São Gonçalo (Cáceres/MT). Ela fala com o coração, do jeito simples das comunidades, mas carregado de alma e compromisso com as causas de Pedro, nossas causas, causas do Reino. VÁ COM DEUS, PEDRO
Com mais de 1.500 assinaturas, Padres da Caminhada relançam mensagem de apoio à Carta ao Povo de Deus dos bispos

Com mais de 1.500 assinaturas, Padres da Caminhada relançam mensagem de apoio à Carta ao Povo de Deus dos bispos

Destaque, Igreja no Brasil
Por Luís Miguel Modino. A festa de São João Maria Vianney, padroeiro dos padres, tem sido ocasião para os Padres da Caminhada relançar a Carta de Apoio aos bispos que assinaram a Carta ao Povo de Deus, que deve ser discutida amanhã, 5 de agosto, na reunião do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB. O relançamento da carta, que somou quase 500 assinaturas a mais desde que foi lançada no dia 30 de julho, está acompanhada de uma reflexão sobre a identidade presbiteral, tendo como referência o Magistério do Vaticano II, das conferências do episcopado latino-americano e dos três últimos Papas, João Paulo II, Bento XVI e Francisco. Os Padres da Caminhada fazem uma reflexão tendo como base aqueles documentos que enfatizam uma Igreja Povo de Deus, a fraternidade
REZEMOS PELO BISPO POBRE E DO POVO – QUERIDO PEDRO CASALDÁLIGA

REZEMOS PELO BISPO POBRE E DO POVO – QUERIDO PEDRO CASALDÁLIGA

Destaque, Igreja no Brasil
Por Frei Cristian Martins Almeida Dom Pedro, ou simplesmente Pedro (como sempre gostou de ser chamado), conta hoje com 92 anos e se encontra internado no hospital de São Félix do Araguaia - MT, por consequência de problemas respiratórios agravados pelo Parkinson e pela idade. Segundo uma matéria publicada em dezembro de 2019, no Jornal Gazeta Digital de Cuiabá - MT, Pedro sempre fez seus tratamentos de saúde via SUS, pois optou de viver uma vida modesta, como vivem o povo pobre e as classes trabalhadoras de nosso Brasil. Pedro, para quem conhece sua trajetória e estilo de vida, pode com todos os direitos ser chamado de "bispo pobre e do povo". Nasceu na Espanha, lá se tornou membro da Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de Maria - C.M.F. (Claretianos) e veio par
Tempos tenebrosos, profetas corajosos: carta dos bispos é Doutrina Social da Igreja em ação

Tempos tenebrosos, profetas corajosos: carta dos bispos é Doutrina Social da Igreja em ação

Artigos, Destaque, Igreja no Brasil
por Élio Gasda*, no site Dom Total. "As alegrias e esperanças, as tristezas e as angústias dos homens do nosso tempo, especialmente os pobres e os que sofrem, são as alegrias e esperanças, tristezas e preocupações dos discípulos de Cristo" (Gaudium et spes, n. 1). No cristianismo, a vida espiritual e a defesa da dignidade humana e da Justiça Social são inseparáveis. "A Doutrina Social brota do coração do Evangelho. Jesus é, em pessoa, a Doutrina Social de Deus"  - papa Francisco. A destinação aos humilhados e injustiçados é o aspecto mais acentuado do Evangelho (Lc 4,16-19). O discurso e a prática de Jesus partiam das angustias dos pobres e sofredores. A Doutrina Social também brota do clamor dos pobres de seu tempo. "A Igreja tem o dever de oferecer, por meio da purificação da razão
Mais de mil padres lançam carta de apoio à Carta ao Povo de Deus dos bispos, “uma leitura lúcida e corajosa da realidade atual”

Mais de mil padres lançam carta de apoio à Carta ao Povo de Deus dos bispos, “uma leitura lúcida e corajosa da realidade atual”

Destaque, Igreja no Brasil, Notícias
Por Luís Miguel Modino, no Portal das CEBs. Uma carta de agradecimento e apoio à Carta ao Povo de Deus assinada no primeiro momento por 152 bispos, depois tem se somado mais bispos, com 1.057 assinaturas de padres e diáconos, acaba de ser lançada nesta quinta-feira, 30 de julho. Os padres que assinam definem a Carta ao Povo de Deus como um documento profético, “oferecendo ao Povo de Deus luzes para o discernimento dos sinais nestes tempos tão difíceis da história do nosso País”. “O documento é uma leitura lúcida e corajosa da realidade atual à luz da fé”, segundo os signatários, que em consonância com a carta dos bispos gritam por mudanças necessárias, afirmando “que os que nos governam têm o dever de agir em favor de toda a população, de maneira especial, os mais pobres”, uma atitude
Comunidades de Base para o século atual

Comunidades de Base para o século atual

Artigos, Destaque, Igreja no Brasil
Por Pedro A. Ribeiro de Oliveira, no IHU. "O isolamento físico provocado pela pandemia de covid-19 e o consequente recurso a encontros virtuais via internet pode possibilitar uma nova forma de relação entre Igrejas locais: a sinodalidade permanente, na qual cada Igreja de base confirme a eclesialidade das demais. Se for retomado o espírito dos primeiros encontros intereclesiais – encontro entre Igrejas de base que buscam uma nova forma de viver o seguimento de Jesus nas periferias do sistema de mercado – será possível tirar as CEBs de seu isolamento atual", escreve Pedro A. Ribeiro de Oliveira, sociólogo, membro da Coordenação Nacional do Movimento Fé e Política. Eis o artigo. Em artigo sobre uma comunidade de Santiago do Chile que durante a pandemia se dedica a alimentar pessoas necess
A volta da profecia na voz dos cuidadores do povo de Deus

A volta da profecia na voz dos cuidadores do povo de Deus

Destaque, Igreja no Brasil, Notícias
Por Marcelo Barros. Neste domingo, agências de notícias e a internet reproduzem a carta coletiva assinada por 152 bispos brasileiros sobre a catástrofe do desgoverno ao qual o Brasil está submetido nos dias atuais. Para cidadãos/ãs não ligados à Igreja, esta carta veio revelar que a sociedade civil brasileira pode contar ao menos com uma grande parte dos ministros e de grupos católicos na tarefa urgente de tirar o Brasil do abismo em que se encontra. Não dá mais para avaliar o equilíbrio de forças no Brasil a partir do resultado das eleições de 2018, quando a maioria das pessoas que se dizem cristãs votou pela extrema-direita e a maioria dos que se dizem ateus votou pela democracia. Para muitos cristãos, tanto da Igreja Católica, como de outras Igrejas, a palavra dos pastores veio t