Shadow

Liturgia

Reflexão da Palavra | Mas Ele vive! Ele ressuscita todos os dias…

Reflexão da Palavra | Mas Ele vive! Ele ressuscita todos os dias…

Destaque, Liturgia
Por: Quininha Fernandes Pinto # Ele vive nas lutas do povo por seus direitos... # Ele vive nos gritos silenciosos, porque silenciados, que clamam por justiça... # Ele vive nas organizações das minorias que lutam por ter Terra, Teto, Trabalho... # Ele vive nas lutas antirracistas dos irmãos assassinados pela cor da sua pele... # Ele vive na defesa dos nossos indígenas desrespeitados no uso de suas próprias terras... # Ele vive na defesa das nossas crianças, violadas na sua integridade física por ladrões da sua inocência.... # Ele vive nas mulheres e homens que se juntam contra o feminicídio que assola os relacionamentos e aterroriza o nosso Brasil.... # Ele vive nas lutas contra a fome, contra a miséria, contra a desigualdade social que mata mais que as g...
Reflexão da Palavra | A Procissão do Encontro

Reflexão da Palavra | A Procissão do Encontro

Destaque, Liturgia
Por: Quininha Fernandes Pinto Na piedade da Semana Santa, nosso povo costuma participar da Procissão do Encontro. Uma tradição que traz à memória o encontro de Jesus com sua mãe no caminho da Cruz. É o encontro de uma mãe que acompanha seu filho que vai ao encontro da morte. Este “encontro” atualizado para os nossos dias, encarnado na nossa realidade e em nosso mundo, bastante diferente da época de Jesus, leva-nos a pensar sobre tantos outros “encontros”, não menos tristes e sofridos vividos por nossas mulheres/mães e também por tantos pais, que veem seus filhos/filhas/amigos/familiares sucumbirem diante da morte! São “encontros” permeados de sofrimento, de dor, de sangue, de injustiças, de discriminação, de violência, de pouco caso diante da vida… São encontros não marcados, n...
Reflexão | 5º Domingo da Quaresma – Ano C

Reflexão | 5º Domingo da Quaresma – Ano C

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 43,16-21 - Sl 125 - Fl 3,8-14 - Jo 8,1-11 Por: Quininha Fernandes Pinto Eis uma afirmação muito repetida mas que não perde a sua eficácia: não basta observar a lei para ser justo diante de Deus. As pessoas observantes da lei, corretas no exercício de seus deveres e compromissos, religiosas e praticantes dos preceitos cristãos não podem atirar pedras, criticar, julgar e punir os que assim não se comportam. Esta é a lição do Evangelho deste 5o Domingo da Quaresma, conhecido como a passagem da mulher adúltera. A CF 2022, utiliza esta passagem para evidenciar a pedagogia utilizada por Jesus para "educar com sabedoria e amor" - tema da Campanha da Fraternidade deste ano.Colocaram diante de Jesus uma mulher apanhada em adultério. Apenas a mulher, como se o ato tivesse sido pr...
Reflexões da Palavra | 24o Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 24o Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 50,5-9a - Sl 114 - Tg 2,14-18 - Mc 8,27-35 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. O Evangelho de Marcos nos apresenta a preocupação de Jesus em saber o que pensavam sobre a sua pessoa. E a pergunta é feita: "Quem dizem os homens que eu sou?". Jesus estava em crise. Havia começado sua missão com muito entusiasmo, mas percebeu que as coisas não seriam como havia pensado. A pergunta de Jesus não é estratégica, e a sua dúvida cai sobre a sua vocação. Não satisfeito com a primeira resposta, embora a aceite, Ele vai mais fundo: "E vós, quem dizeis que eu sou?" -. E, à resposta de Pedro de que era o Messias, Jesus os proíbe de falarem a seu respeito. Aparentemente confuso, este texto é muito elucidativo para compreendermos tanto a resposta de Pedro, quanto a pergun...
Reflexões da Palavra | Solenidade da Assunção de Nossa Senhora

Reflexões da Palavra | Solenidade da Assunção de Nossa Senhora

Destaque, Liturgia
Leituras: Ap 11,9a;12,1.3-6a.10ab - Sl 44 - 1Cor 15,20-27a - Lc 1,39-56 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Celebramos hoje a festa da Assunção de Nossa Senhora. Nós ignoramos como e quando se deu a morte de Maria. Desde muito cedo este evento foi festejado como "dormição" e é considerada a principal festa da Virgem Maria. As três leituras deste domingo apresentam muito concretamente os valores da Assunção de Nossa Senhora, o lugar que ela tem no plano da salvação e suas mensagens à humanidade. Maria é a verdadeira "arca da aliança" - quem carregou aquele que concretizou as promessas e o plano de Deus para com seu povo: é a mulher vestida de sol. Maria está no céu em sua integralidade humana, nos oferece Jesus, o proclamador da lei do amor, o que realizou a nova alian...
Reflexões da Palavra | 19º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 19º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: 1Rs 19,4-8 - Sl 33 - Ef 4,30-5,2 - Jo 6,41-51 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A reflexão sobre o pão continua. Nem todos reagiram bem à revelação feita por Jesus de que era o pão da vida, pão vindo dos céus, superior ao maná que caiu no deserto aos seus antepassados, como vimos nos domingos anteriores. Na liturgia deste, assistimos ao murmúrio feito pelos judeus, às origens simples e nada aristocráticas ou reais da pessoa de Jesus. "Não é este Jesus, o filho de José? Não conhecemos seu pai e sua mãe? Como pode então dizer que desceu do céu?". Jesus repreendeu-os, reafirmando o seu diferencial na sua relação ímpar com o Pai, uma relação pautada na obediência ao seu projeto, ao seu amor por nós, manifestado de uma forma sem precedentes: a entrega de sua vi...
Reflexões da Palavra | 18º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 18º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Ex 16,2-4.12-15 - Sl 77 - Ef 4,17.20-24 - Jo 6,24-35 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. As leituras deste domingo continuam oferecendo como tema central a fome, a falta de pão e a exigência de uma resposta por parte do Senhor - no AT - e de Jesus, na passagem narrada por João. Os profetas haviam ensinado o povo a ler em um fenômeno natural um sinal da presença divina. E diante dos murmúrios dos filhos de Israel diante da fome, o Senhor faz chover o pão do céu. No domingo passado vimos que Jesus realizou o sinal da multiplicação dos pães, saciando a multidão que o acompanhava. Hoje o povo novamente procura por Jesus, em consequência do ocorrido. Jesus realizou sinais para revelar a sua pessoa, para manifestar a presença do Reino de Deus entre eles, mas as mu...
Reflexões da Palavra | 17º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 17º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: 2Rs 4,42-44 - Sl 144 - Ef 4,1-6 - Jo 6,1-15 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. O problema da fome no mundo é certamente uma das questões mais angustiantes do nosso tempo. Mata mais que guerras e pandemias. Sua solução está longe de ser resolvida. O desequilíbrio econômico entre as nações desenvolvidas e as outras mais pobres continua a registrar crescimento assustador. O auxílio econômico oferecido pelas nações ricas às pobres, assim como o chamado auxílio emergencial no Brasil por conta da Covid, é ainda muito fraco, mal orientado e até humilhante, dadas as necessidades básicas de sobrevivência que tais auxílios não conseguem atingir. As leituras deste domingo falam de fome, de multidão faminta, da escassez de "pão", da necessária fraternidade, da urgên...
Reflexões da Palavra | 16º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 16º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Jr 23,1-6 - Sl 22 - Ef 2,13-18 - Mc 6,30-34 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. No domingo passado, a liturgia nos mostrou o envio dos Doze e algumas orientações precisas para o desenvolvimento da missão. Percebemos que à pergunta que Marcos desenvolve no seu Evangelho: "Quem é Jesus?" - obtemos a resposta de que Jesus é o verdadeiro pastor prometido. A imagem do pastor é muito conhecida na Bíblia. O profeta Jeremias - na 1a leitura - alerta, com dureza, os pastores que deixam-se perder e dispersam-se do rebanho, repreendendo e prometendo severos castigos. Anuncia também a vinda de novos pastores, e um descendente de David que fará valer a justiça e a retidão sobre a terra. E o povo viverá tranquilo. Entre a promessa do Antigo Testamento e a sua realizaçã...
Reflexões da Palavra | 15º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 15º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Am 7,12-15 - Sl 84 - Ef 1,3-14 - Mc 6,7-13 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Neste domingo a nossa reflexão aponta para a continuidade do ministério de Jesus, associando os discípulos à sua obra, colocando, assim, em ação, a finalidade para a qual os chamou. Jesus chamou os Doze, deu-lhes poucas instruções, mas precisas: apresentar-se de forma pobre, contentar-se com a hospedagem que lhes é dada, não impor seu ensinamento, mas anunciá-lo de pessoas livres, para pessoas livres, acentuando, porém, a responsabilidade da recusa. Os discípulos de Jesus devem desempenhar a missão que lhes é confiada, no estilo de Jesus. E a primeira leitura também vai nessa mesma linha do Evangelho, fala do encontro do profeta Amasias com Amós, que é enviado à exercer a profecia...