Shadow

Liturgia

Reflexões da Palavra | Festa da Ascensão do Senhor – Ano B

Reflexões da Palavra | Festa da Ascensão do Senhor – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 1,1-11 - Sl 46 - Ef 1,17-23 - Mc 16,15-20 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A fórmula do nosso Creio/Credo: "Ressuscitou, subiu aos céus, está sentado à direita do Pai", nas nossas celebrações eucarísticas, exprime a fé pessoal da Igreja no destino de Jesus de Nazaré. Este homem com o qual os apóstolos e os que o seguiram comeram e beberam durante a sua existência terrena, "tornou-se Senhor", depois de sua morte, porque o Pai o associou definitivamente à sua Vida, ao seu poder sobre a humanidade e sobre o mundo. Isto cremos e celebramos nesta festa da Ascensão = subida aos céus. Afirmamos que Jesus subiu aos céus! Interpretando esta festa teologicamente, a Ascensão de Jesus é a nossa ascensão; já que o Corpo - para a fé cristã - é convidado a elevar-se ...
Reflexões da Palavra | 6º Domingo da Páscoa – Ano B

Reflexões da Palavra | 6º Domingo da Páscoa – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 10,25-26.34-35.44-48 - Sl 97 - 1Jo 4,7-10 - Jo 15,9-17 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Em tempos sombrios como os que estamos vivendo com esta pandemia que assola o mundo e leva as pessoas sem dó nem piedade, com o descaso das nossas autoridades para com o sofrimento do povo à mercê do desemprego e da fome, com uma chacina que mata nosso povo e um político do alto escalão que diz "eram todos bandidos" - o slogan é matar bandidos! -, quando crianças e professoras são cruelmente mortas à facadas numa creche… o Evangelho deste domingo nos convoca a permanecermos no amor de Jesus. É continuidade do mesmo Evangelho de domingo passado. São palavras afetuosas, e, ao mesmo tempo um conselho e uma declaração de amor! "Assim como o Pai me amou, eu também vos am...
Reflexões da Palavra | 5º Domingo da Páscoa – Ano B

Reflexões da Palavra | 5º Domingo da Páscoa – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 9,26-31 - Sl 21 - 1Jo 3,18-24 - Jo 15,1-8 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A situação das primeiras comunidades cristãs é exemplar para se compreender as tensões da Igreja em nosso tempo; esta é a capacidade atualizadora da palavra de Deus. O trecho evangélico de hoje põe em evidência a tensão do crescimento da Igreja; ela é a nova vinha que substitui a antiga: o Povo de Israel, que frequentemente no Antigo Testamento é indicado por esta imagem. A nova vinha - Novo Testamento - nasce de um único tronco, Cristo Jesus, mas está destinada a cobrir toda a terra com seus frutos. O seu crescimento não é fácil; ela é maltratada por repentinas fases da seca, de geada e de dolorosas podas, mas não podem faltar os frutos nos caules inseridos/ligados na videira f...
Reflexões da Palavra | 4º Domingo da Páscoa – Ano B

Reflexões da Palavra | 4º Domingo da Páscoa – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 4,8-12 - Sl 117 - 1Jo 3,1-2 - Jo 10,11-18 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Em tempos tão difíceis como os que estamos vivendo é muito bom saber que temos um Pastor Bom, que cuida de nós, que deu a sua vida por nós, que nos conhece e nós também o conhecemos. As leituras deste domingo nos remetem ao cuidado para com os falsos "pastores", com aqueles que não se importam com o seu rebanho, fugindo aos ataques dos lobos, deixando-nos à mercê dos salteadores. O nosso Pastor nos protege, e procura pelas ovelhas que não são do seu redil, pois também estas, Jesus quer conduzir! É uma mensagem pascal, libertadora, de esperança: "é pelo nome de Jesus Cristo, de Nazaré - aquele que vos crucificastes e que Deus ressuscitou dos mortos…" com estas palavras, Pedro exp...
Reflexões da Palavra | 3º Domingo da Páscoa – Ano B

Reflexões da Palavra | 3º Domingo da Páscoa – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 3,13-15.17-19 - Sl 4 - 1Jo 2,1-5a - Lc 24,35-48 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. No domingo passado vimos a incredulidade de Tomé diante da ressurreição de Jesus. Neste, deparamo-nos com uma cena semelhante: os discípulos do caminho/Emaús, voltando para Jerusalém, ainda muito entusiasmados com o ocorrido, no qual haviam reconhecido o Senhor Jesus ao partir o pão, ficaram assustados, cheios de medo. Jesus novamente os saudou, desejando a paz. Imaginando estarem vendo um fantasma, foram acalmados com a explicação de Jesus que lhes mostrou as mãos e os pés com as marcas dos pregos, insistindo que o tocassem e, assim, o reconhecessem. E novamente Jesus discorreu sobre as escrituras para que entendessem os acontecimentos, o ocorrido, a História. Penso qu...
Reflexões da Palavra | 2º Domingo da Páscoa – Ano B

Reflexões da Palavra | 2º Domingo da Páscoa – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 4,32-35 - Sl 117 - 1Jo 5,1-6 - Jo 20,19-31 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A riqueza contida nas leituras deste domingo, imediatamente após a Páscoa, pode nos ajudar a viver melhor estes momentos difíceis. Vemos na primeira leitura do livro dos Atos dos Apóstolos como os primeiros cristãos se comportavam diante das necessidades da comunidade: colocavam em comum o que tinham e por isso ninguém passava necessidade… Jesus manifesta-se aos discípulos desejando-lhes a paz: "A paz esteja convosco", sopra sobre eles o Espírito Santo e dá-lhes o poder de perdoar os pecados. Curiosamente Tomé não se encontrava presente quando isto ocorreu e, quando soube, não acreditou! Impôs como condição de crédito ver e tocar o dedo nas marcas dos pregos que feriram Jesu...
Reflexões da Palavra | Festa da Páscoa do Senhor – Nova Criação e Novo Êxodo

Reflexões da Palavra | Festa da Páscoa do Senhor – Nova Criação e Novo Êxodo

Destaque, Liturgia
Leituras: At 10,34a.37-43 - Sl 117 - Cl 3,1-4 - Jo 20,1-9 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. "Este é o dia que o Senhor fez para nós: alegremo-nos e nele exultemos!" - Alegremo-nos! Ele vive! Mataram-no porque Ele queria para nós o céu e vivemos momentos infernais! Mataram-no porque Ele queria as mesas fartas para todos e tantos não têm pão! Mataram-no porque Ele queria Salvação = saúde para todos e milhões estão morrendo por negligência e negacionismo!-Mataram-no porque Ele queria que os pobres fossem respeitados e ainda hoje não o são! Mataram-no porque Ele dizia que o poder é para servir e ainda hoje os poderosos usam do poder para benefícios e enriquecimento próprios! Mataram-no! Assassinaram-no…Continuam matando-o, crucificando-o na pessoa dos doe...
Reflexões da Palavra | Domingo de Ramos – Ano B

Reflexões da Palavra | Domingo de Ramos – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: 2Cr 36,14-16.19-23 - Sl 136 - Ef 2,4-10 - Jo 3,14-21 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Na encarnação, Jesus fez sua a pobreza radical do ser humano perante Deus. Coerente com esta escolha, apoiou-se na Palavra do Pai, que nas Escrituras e nos acontecimentos lhe indica o caminho para cumprir sua missão, que não era necessariamente morrer na cruz, mas sim libertar-nos do mal e da escravidão que ele cria e alimenta. Por isso Jesus não se subtraiu à condição do pecador, ao sofrimento que provém do egoísmo, nem aos limites da natureza humana, dentre eles a morte. Um ser humano como todos nós, um pobre em poder dos poderosos, vemo-lo como uma vítima da intolerância e da injustiça, um amotinador sacrificado pelos seus, por um ardiloso cálculo político. Mas is...
Reflexões da Palavra | 4º Domingo da Quaresma – Ano B

Reflexões da Palavra | 4º Domingo da Quaresma – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: 2Cr 36,14-16.19-23 - Sl 136 - Ef 2,4-10 - Jo 3,14-21 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Deus é fiel à Aliança feita com o povo, pois Deus ama o mundo. A centralidade da liturgia deste domingo resume-se nisto: "Deus nos ama!". A crise e o fracasso político de Israel são vistos pelo livro das Crônicas, numa leitura teológica da história, como castigo de Deus às infidelidades do povo, ou como provações, das quais sairá uma nação renovada. Mas esta leitura, parece deixar de lado a responsabilidade humana. É preciso uma nova capacidade de escuta para compreender os caminhos com que o Senhor executa o seu plano, sua fidelidade, sempre adequado aos tempos. Somos protagonistas da nossa história. Somos responsáveis pelos acontecimentos que vivemos. Toda a nossa vida...
Reflexões da Palavra | 3º Domingo da Quaresma – Ano B

Reflexões da Palavra | 3º Domingo da Quaresma – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Ex 20,1-17 - Sl 18 - 1Cor 1,22-25 - Jo 2,13-25 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Neste domingo temos como narrativa de reflexão a passagem em que Jesus expulsa à chicotadas os vendilhões do Templo. Ele deparou-se com cambistas, com o comércio religioso: vendedores de animais para serem oferecidos a Iahweh. Era um gesto cultual... quanto maior o valor do animal oferecido, maior as bênçãos alcançadas. Os pobres compravam pombas, o animal mais barato, mais acessível. Na verdade, Jesus não encontra pessoas que procuram Deus, mas uma espécie de barganha: comprar favores e graças divinas com suas ofertas! Jesus reage irado, vê a religião transformada em mercado. O Templo, chamado a ser o lugar onde deveria se manifestar a glória de Deus e o seu amor fiel, conver...