Shadow

Liturgia

Reflexões da Palavra | 17º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 17º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: 2Rs 4,42-44 - Sl 144 - Ef 4,1-6 - Jo 6,1-15 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. O problema da fome no mundo é certamente uma das questões mais angustiantes do nosso tempo. Mata mais que guerras e pandemias. Sua solução está longe de ser resolvida. O desequilíbrio econômico entre as nações desenvolvidas e as outras mais pobres continua a registrar crescimento assustador. O auxílio econômico oferecido pelas nações ricas às pobres, assim como o chamado auxílio emergencial no Brasil por conta da Covid, é ainda muito fraco, mal orientado e até humilhante, dadas as necessidades básicas de sobrevivência que tais auxílios não conseguem atingir. As leituras deste domingo falam de fome, de multidão faminta, da escassez de "pão", da necessária fraternidade, da urgên...
Reflexões da Palavra | 16º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 16º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Jr 23,1-6 - Sl 22 - Ef 2,13-18 - Mc 6,30-34 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. No domingo passado, a liturgia nos mostrou o envio dos Doze e algumas orientações precisas para o desenvolvimento da missão. Percebemos que à pergunta que Marcos desenvolve no seu Evangelho: "Quem é Jesus?" - obtemos a resposta de que Jesus é o verdadeiro pastor prometido. A imagem do pastor é muito conhecida na Bíblia. O profeta Jeremias - na 1a leitura - alerta, com dureza, os pastores que deixam-se perder e dispersam-se do rebanho, repreendendo e prometendo severos castigos. Anuncia também a vinda de novos pastores, e um descendente de David que fará valer a justiça e a retidão sobre a terra. E o povo viverá tranquilo. Entre a promessa do Antigo Testamento e a sua realizaçã...
Reflexões da Palavra | 15º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 15º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Am 7,12-15 - Sl 84 - Ef 1,3-14 - Mc 6,7-13 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Neste domingo a nossa reflexão aponta para a continuidade do ministério de Jesus, associando os discípulos à sua obra, colocando, assim, em ação, a finalidade para a qual os chamou. Jesus chamou os Doze, deu-lhes poucas instruções, mas precisas: apresentar-se de forma pobre, contentar-se com a hospedagem que lhes é dada, não impor seu ensinamento, mas anunciá-lo de pessoas livres, para pessoas livres, acentuando, porém, a responsabilidade da recusa. Os discípulos de Jesus devem desempenhar a missão que lhes é confiada, no estilo de Jesus. E a primeira leitura também vai nessa mesma linha do Evangelho, fala do encontro do profeta Amasias com Amós, que é enviado à exercer a profecia...
Reflexões da Palavra | Solenidade dos Santos Pedro e Paulo – Ano B

Reflexões da Palavra | Solenidade dos Santos Pedro e Paulo – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 12,1-11 - Sl 33 - 2Tm 4,6-8.17-18 - Mt 16,13-19 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A solenidade dos apóstolos Pedro e Paulo - que a liturgia trouxe para este domingo - nos leva a rever algumas posturas pessoais frente à missão da Igreja que somos nós, uma vez que optamos por seguir Jesus anunciando o seu Evangelho, bem como a atuação da Igreja instituição, que tem Pedro e seus sucessores como seus representantes.Simão era pescador e depois da ascensão assume a direção da comunidade cristã; é o primeiro a tomar consciência da necessidade de abrir a Igreja aos pagãos. Paulo, depois de sua conversão na estrada de Damasco, percorre o Mediterrâneo em quatro ou cinco viagens evangelizando, chegando a ser preso, mesmo tendo cidadania romana. Ambos, ao longo dos...
Reflexões da Palavra | 13º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 13º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Sb1,13-15;2,23-24 - Sl 29 - 2Cor 8,7.9.13-15 - Mc 5,21-43 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. As leituras deste domingo apontam para a primazia da vida sobre a morte, para a força da fé que salva e para a importância da dignidade da mulher numa sociedade machista e patriarcal. Deus é o Senhor da vida! "Deus não fez a morte, nem tem prazer com a destruição dos vivos. Ele criou todas as coisas para existirem, e as criaturas do mundo são saudáveis: nelas não há nenhum veneno de morte, nem é a morte que reina sobre a terra…" - 1a leitura deste domingo! Portanto, Deus nos chama à vida. Do início ao fim da Bíblia, seu profundo sentido é evidenciado pela imagem da "árvore da vida", plantada no centro do Paraíso, cujo fruto devia fazer viver para sempre. Nosso De...
Reflexões da Palavra | 12º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Reflexões da Palavra | 12º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Jó 38,1.8-11 - Sl 106 - 2Cor 5,14-17 - Mc4,35-41 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Neste domingo as leituras nos oferecem uma vasta oportunidade de reflexões que muito podem nos ajudar a viver estes tempos difíceis. Os domingos anteriores nos apresentam um Jesus que domina as doenças e as potências do mal. Hoje, seu poder recai sobre os elementos da natureza, e mais especificamente, uma representação grandiosa que é o mar. No simbolismo bíblico, o mar possui um misterioso poder em virtude dos seus abismos, da amargura das suas águas e da sua força destruidora, tornando-se, por isso, uma eficaz imagem das forças do mal. No evangelho, a conhecida passagem da tempestade acalmada, ilustra bem isto. Jesus estava numa barca com seus discípulos, atravessando para...
Reflexões da Palavra | Festa da Santíssima Trindade – Ano B

Reflexões da Palavra | Festa da Santíssima Trindade – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: Dt 4,32-34.39-40 - Sl 32 - Rm 8,14-17 - Mt 28,16-20 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A comunidade trinitária é verdadeiramente mistério, realidade que supera absolutamente toda a compreensão humana. Deus significa isto: a profundeza última da nossa vida, a fonte do nosso ser, a meta de todos os nossos esforços. Está em nosso ser esta realidade complexa e grandiosa do Deus cristão, a Trindade. Trindade significa o mistério de um Deus que é comunidade e comunhão de vida. Um Deus que é Pai, Filho, Espírito Santo. Um mistério do qual nos aproximamos tentando compreender o sentido do que seja Amor. Um Amor que não é qualquer amor…No núcleo da fé cristã há uma afirmação essencial: Deus é Amor e só Amor! Jesus não escreveu nenhum tratado acerca de Deus pois para...
Reflexões da Palavra | Solenidade de Pentecostes – Ano B

Reflexões da Palavra | Solenidade de Pentecostes – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 2,1-11 - Sl 103 - 1Cor 12,3b-7.12-13 - Jo 20,19-23 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Por várias vezes Jesus nos enviou a dar continuidade ao seu projeto, a anunciar o seu Evangelho a todas as criaturas. Nesta conclamação, prometeu que não iríamos sozinhos, prometeu-nos o seu Espírito. Hoje celebramos o cumprimento desta promessa. Como complemento do evento pascal, a vinda do Espírito sobre os discípulos manifesta a riqueza da vida nova do Ressuscitado no coração e nas atividades dos que seguem Jesus. A "plenitude" do Espírito é a característica dos tempos messiânicos, preparados pela ação do Espírito Santo, desde os profetas até a vinda do Cristo - sua definitiva manifestação. Portanto, toda a nossa vida de cristãos está sob o sinal do Espírito que, pel...
Reflexões da Palavra | Festa da Ascensão do Senhor – Ano B

Reflexões da Palavra | Festa da Ascensão do Senhor – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 1,1-11 - Sl 46 - Ef 1,17-23 - Mc 16,15-20 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A fórmula do nosso Creio/Credo: "Ressuscitou, subiu aos céus, está sentado à direita do Pai", nas nossas celebrações eucarísticas, exprime a fé pessoal da Igreja no destino de Jesus de Nazaré. Este homem com o qual os apóstolos e os que o seguiram comeram e beberam durante a sua existência terrena, "tornou-se Senhor", depois de sua morte, porque o Pai o associou definitivamente à sua Vida, ao seu poder sobre a humanidade e sobre o mundo. Isto cremos e celebramos nesta festa da Ascensão = subida aos céus. Afirmamos que Jesus subiu aos céus! Interpretando esta festa teologicamente, a Ascensão de Jesus é a nossa ascensão; já que o Corpo - para a fé cristã - é convidado a elevar-se ...
Reflexões da Palavra | 6º Domingo da Páscoa – Ano B

Reflexões da Palavra | 6º Domingo da Páscoa – Ano B

Destaque, Liturgia
Leituras: At 10,25-26.34-35.44-48 - Sl 97 - 1Jo 4,7-10 - Jo 15,9-17 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Em tempos sombrios como os que estamos vivendo com esta pandemia que assola o mundo e leva as pessoas sem dó nem piedade, com o descaso das nossas autoridades para com o sofrimento do povo à mercê do desemprego e da fome, com uma chacina que mata nosso povo e um político do alto escalão que diz "eram todos bandidos" - o slogan é matar bandidos! -, quando crianças e professoras são cruelmente mortas à facadas numa creche… o Evangelho deste domingo nos convoca a permanecermos no amor de Jesus. É continuidade do mesmo Evangelho de domingo passado. São palavras afetuosas, e, ao mesmo tempo um conselho e uma declaração de amor! "Assim como o Pai me amou, eu também vos am...