2º dia de Encontro Latino-americano de Juventudes das CEBs

Por Gabriela Silva, do Regional Sul 2.

 

“Tece, tecedora, tua história e teu lutar”

Com essa canção se iniciou o segundo dia do 1° Encontro Latino-americano de Juventudes das CEBs (08/03) na cidade de Guayaquil, Equador.

Nesse dia de luta pela vida das mulheres, companheiras e companheiros jovens das CEBs de toda a América Latina deram juntas e juntos as mãos e dançaram um ciranda, a nossa ciranda, pela vida de tantas mulheres que são diariamente violentadas e mortas sob o sistema patriarcal.

O caminho metodológico desse segundo dia, levando em conta todos os clamores juvenis de Nossa América levantados no dia anterior, foi atrever-nos a sonhar.

Qual é a Igreja e a sociedade que sonhamos? Cremos em uma Igreja acolhedora, inter-geracional. Uma igreja missionária, libertadora, que seja pobre para xs pobres. Uma igreja comprometida com a luta do seu povo. Uma igreja-sociedade interligadas em vista do bem comum. “Shuk shunkulla, shuk makilla, shuk yuyalla” (em quechua: uma só força, um só pensamento, um só coração).

Quais são os obstáculos que ainda impedem esse sonho? O fascismo, o capitalismo, o patriarcado, o individualismo. Os sistemas que só geram morte e dor. O clericalismo, o tradicionalismo, a hierarquia que subjugam e deslegitimam o serviço missionário dxs animadorxs, lideranças e membros de nossas comunidades. A indiferença e a falta de empatia. A negligência com nossa casa comum e com os povos que primeiro habitaram a nossa Abya Yala.

O que precisamos fazer para torná-los, finalmente, realidade? É necessário abraçarmos a fidelidade criativa para com o projeto de Jesus. O projeto de um Reino de justiça, de amor e de solidariedade, onde todas as pessoas tem lugar.

Não há tarefa mais urgente que tecer, junto ao nosso povo, as redes da justiça que nos sustentam, alinhavando a utopia com os fios dos nossos sonhos.

E para findar esse fim de semana intenso e com sabor de comunidade, celebramos juntas e juntos a Missa Dominical ao redor do painel de sonhos que construímos como juventudes das CEBs de Nossa América. O coração canta a alegria de nos sabermos arte e parte do Novo Céu e da Nova Terra.

“Alrededor del sueño
Una comunidad!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.