40 DIAS PELO RIO: NAVEGANDO JUNTOS A BOA NOVA DE DEUS A CAMINHO DO SINODO AMAZÔNICO DIA 24 de NAVEGAÇÃO

Um itinerário espiritual em preparação para o Sínodo

Por  Mauricio López Oropeza Secretário Executivo da REPAM

19 de Setembro

PETIÇÃO PERMANENTE PARA O SÍNODOAMAZÔNICO NO INÍCIO DE CADA DIA:

“Que o Deus da vida e da beleza, o Espírito Santo que nos impulsiona para mais fraternidade, unidade e dignidade, o Cristo encarnado da Boa Nova, da inculturação e da interculturalidade nos proporcionem serenidade, discernimento e coragem para encontrar novos caminhos para a Igreja e para
uma ecologia integral neste Sínodo Amazônico. Tudo isso para o bem e a vida de seus povos e comunidades, e para caminhar mais juntos pelo Reino”.
Medite por alguns momentos neste pedido inicial, busque acalma interior para entrar neste momento para navegarpelas águas da Amazônia e a vida da Igreja a serviço de seus povos e comunidades, e para ouvir o chamado de Deus através de sua palavra viva.
Leitura do dia (cada um e cada uma são convidados a  aprofundar a leitura completa de acordo com suaspróprias necessidades e critérios):
As obras das suas mãos são verdade e justiça, todos os seus preceitos merecem conança, são imutáveis nos séculos, para sempre, executados com delidade e retidão. Enviou a seu povo  a redenção, estabeleceu sua aliança para sempre. Santo e terrível éseu nome. O princípio da sabedoria é o temor do Senhor; sábio é aquele que lhe é el; seu louvor permanece para sempre. (Salmo 110, 7-8. 9. 10)

Reexão sob a perspectiva do Sínodo Amazônico:

Este Sínodo não tem outra escolha senão conar com uma fé inabalável no Senhor. A outra alternativa, e essa não é uma possibilidade para os crentes em um Cristo encarnado, vivo, morto e ressuscitado. Na conança de Sua palavra, agimoscom firmeza e nos levantamos em busca da verdade e da justiça que virão para a Amazônia e seus povos. Seus preceitos afirmam o cuidado da vida e a beleza do criado, e suas promessas são inquebráveis. Vamos conar na promessa e aliança de que um novo céu e uma nova terra virão onde o que Deus criou nunca será destruído novamente. Que neste Sínodo louvemos a presença de Deus nesta Amazônia e que saibamos como invocar o seu Espírito para falar com paresia e dom de profecia.

Contemplação

Contemplemos a imagem deste dia e tomemos um momento para reconhecer nossa própria vida e experiência na Igreja e ao serviço da Amazônia para pedir luz nesta palavra de Deus em preparação para o Sínodo. Escrever meus pedidos particulares e permanecer neles durante este dia. Convidamos você a manterum registro de tudo o que o Espírito nos provoca como preparação interior para o Sínodo AMAZÔNICO.

Citação para fechar a meditação: INSTRUMENTUM LABORIS No. 99

Um aspecto fundamental da raiz do pecado do ser humano consiste em desvincular-se da natureza e em não a reconhecercomo sua parte, em explorá-la sem limites, rompendo deste modo a aliança originária com a criação e com Deus (cf. Gn 3, 5). «A harmonia entre o Criador, a humanidade e toda a criação foi destruída por termos pretendido ocupar o lugar de Deus, recusando reconhecer-nos como criaturas limitadas» (LS, 66).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.