40 DIAS PELO RIO: NAVEGANDO JUNTOS A BOA NOVA DE DEUS A CAMINHO DO SINODO AMAZÔNICO. DIA 36 de NAVEGAÇÃO

Um itinerário espiritual em preparação para o Sínodo

Por  Mauricio López Oropeza Secretário Executivo da REPAM

1 de Outubro

PETIÇÃO PERMANENTE PARA O SÍNODO AMAZÔNICO NO INÍCIO DE CADA DIA:

“Que o Deus da vida e da beleza, o Espírito Santo que nos impulsiona para mais fraternidade, unidade e dignidade, o Cristo encarnado da Boa Nova, da inculturação e da interculturalidade nos proporcionem serenidade, discernimento e coragem para encontrar novos caminhos para a Igreja e para
uma ecologia integral neste Sínodo Amazônico. Tudo isso para o bem e a vida de seus povos e comunidades, e para caminhar mais juntos pelo Reino”.
Medite por alguns momentos neste pedido inicial, busque a calma interior para entrar neste momento para navegar pelas águas da Amazônia e a vida da Igreja a serviço de seus povos e comunidades, e para ouvir o chamado de Deus através de sua palavra viva.

Leitura do dia (cada um e cada uma são convidados a aprofundar a leitura completa de acordo com suas próprias necessidades e critérios):

“Sua mãe e seus irmãos vieram ter com ele, mas não podiam se aproximar, por causada multidão. Alguém lhe comunicou: “Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e querem te ver”. Ele respondeu: “Minha mãe e meus irmãos são estes: os que ouvem a Palavra de
Deus e a põem em prática”. Lucas 8, 19-21

Reflexão sob a perspectiva do Sínodo Amazônico:

Essa leitura do Evangelho é complexa, até chocante, pois podemos ser apanhados na aparente negação de Jesus àqueles que são sua família. Mas, de fato, é o contrário. Ou seja, é uma extensão do coração para abraçar seriamente todos aqueles que desejam seguir sua mensagem, o caminho do Reino e a missão de Deus … mesmo que não sejam formalmente membros de sua família. Este Sínodo é apenas um convite para isso; alargar o coração, abrir a perspectiva e ampliar o senso de recepção do Reino para todos, como o próprio Jesus quis. Qualquer pessoa que abraça a mensagem de Deus e a põe em prática é bem-vinda, e aqueles que são formalmente familiares não o são se rejeitarem essa atitude de acolher o outro. Jesus sai de Si mesmo, e este Sínodo nos convida a sair de nos para aprofundar o encontro, à luz do chamado de Deus, para buscar mais vida e vida em abundância para aqueles que querem caminhar na construção do Reino.

CONTEMPLAÇÃO

Contemplemos a imagem deste dia e tomemos um momento para reconhecer nossa própria vida e experiência na Igreja e ao serviço da Amazônia para pedir luz nesta palavra deDeus em preparação para o Sínodo. Escrever meus pedidos particulares e permanecer neles durante este dia. Convidamos você a manter um registro de tudo o que o Espírito nos provoca como preparação interior para o Sínodo AMAZÔNICO.

Citação para fechar a meditação:Papa Francisco. Encontro com os Povos da Amazônia. Puerto Maldonado. Janeiro 2018

A Igreja não é alheia aos vossos problemas e à vossa vida, não quer ser estranha ao vosso modo de viver e de vos organizardes. Precisamos que os povos indígenas plasmem culturalmente as Igrejas locais amazónicas. (…) Ajudai os vossos bispos, ajudai os vossos missionários e as vossas missionárias a fazerem-se um só convosco e assim,dialogando com todos, podeis plasmar uma Igreja com rosto amazónico e uma Igreja com rosto indígena.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.