Shadow

Dia “D” das Comunidades – 15 de Março de 2021.

Acontece neste 15 de março, o dia D das Comunidades, com as presenças de D. Neri Tondello – bispo referencial para as CEBs do Regional Oeste 2 da CNBB/MT e os animadores e animadoras das CEBs nas dioceses do Regional: Ademir Gonçalves Jr. (diocese de Rondonópolis-Guiratinga), Maria Simone Lizzi (diocese de Barra do Garças), Sebastião Rodrigues (diocese de Juína), Rafaeli Gonçalves (diocese de SINOP), Anderson Batista (São Luís de Cáceres); Maria Conceição Figueiredo (diocese de Primavera do Leste/Paranatinga), Dejacir Costa (arquidiocese de Cuiabá) e Marilza Schuina (secretariado para o 15º).

A atividade deste mês é um encontro de reflexão, um círculo bíblico com o tema da CFE 2021-“Fraternidade e diálogo: compromisso de amor” e o lema “Cristo é a nossa paz: do que era dividido fez uma unidade” (Ef. 2,14a).

Como os discípulos na estrada para Emaús, a conversa será sobre os fatos recentes que impactam nossas vidas, iluminando-os com a Palavra de Deus, que dará discernimento e orientará a ação para que as batizadas e os batizados assumam o compromisso de amor de construírem a unidade entre os cristãos.

“A fraternidade e o diálogo como compromisso de amor é um projeto divino, um projeto de Deus, projeto da Igreja e quem segue verdadeiramente com fidelidade total ao Evangelho, à Igreja, ao Papa Francisco e também à CNBB, ao Conselho Nacional de Igrejas Cristãs entende que esse projeto só perdura e avança, não pode recuar, não pode parar, é o sonho de Deus”.

D. Neri Tondello, bispo referencial para as CEBs do Regional Oeste 2 da CNBB ressalta “a alegria de termos uma campanha da fraternidade voltada para o diálogo”. Segundo ele “a diversidade nos traz tanta riqueza, tanta beleza, tanto complemento. O outro é diferente, é um dom, um presente, um mestre, alguém que ensina e ajuda”.  Destaca ainda que está é uma campanha profunda, real, concreta, objetiva e necessária: “mais do que ontem, nos tempos de hoje, o quanto precisamos exercitar a capacidade do diálogo, da escuta do outro”.

Para D. Neri, é inconcebível que pessoas induzidas ao fanatismo e ao fundamentalismo não sejam capazes de diálogos. “A fraternidade e o diálogo como compromisso de amor é um projeto divino, um projeto de Deus, projeto da Igreja e quem segue verdadeiramente com fidelidade total ao Evangelho, à Igreja, ao Papa Francisco e também à CNBB, ao Conselho Nacional de Igrejas Cristãs entende que esse projeto só perdura e avança, não pode recuar, não pode parar, é o sonho de Deus”. Nesse sentido, se há quem fique à margem do caminho por ser incapaz de dialogar, de abrir-se ao ecumenismo, “peçamos ao bom Deus o dom da conversão para abrir-se à verdade de Deus, à verdade do mundo”

“Homens e mulheres de boa vontade independente de crenças ou confissões religiosas constroem a fraternidade universal num clima de amizade social juntos, irmanados no mesmo caminho, na mesma verdade que é Jesus”.

Bendita Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021!

Acompanhe a transmissão, a partir das 20h (horário de Brasília) e 19h (horário de Mato Grosso), pelas páginas https://www.facebook.com/diocesederondonopolis; https://www.facebook.com/cnbboeste2matogrosso; https://www.facebook.com/CEBsdoBrasilOficial.

Acompanhe também pelo YouTube cebsdobrasil e páginas das organizações parceiras. https://www.youtube.com/channel/UCl5mqiJqNQSDXNN1rivKWDQ

Por Marilza Schuina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.