Diocese de União da Vitória acolhe Icones das CEBs

Ícones das CEBs chegam à Catedral de União da Vitória

Após terem passado por duas paróquias de São Mateus do Sul, paróquia São Mateus e paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, os Ícones das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) foram recebidos nesta terça, 21, na Catedral de União da Vitória.

 Pe. Silvano, pároco da Catedral, junto ao Cartaz, a Bíblia e N. Sr.ª do Rocio.

Os símbolos formam acolhidos em missa solene, presidida por Dom Agenor Girardi, bispo diocesano. Também estavam presentes padre Silvano Surmacz, pároco da Catedral, padre ErmildoKrasovski, vigário da Catedral, padre Marcelo de Lara, do Seminário Diocesano, Diácono João Francisco e Seminarista Ronaldo Rodrigues, da paróquia Perpétuo Socorro, seminaristas e fiéis leigos que curiosos acompanhavam a explicação dos símbolos feita pelo pároco da Catedral.

No final de sua homilia, Dom Agenor convidou a todos para olharem para a Cruz de madeira, um dos ícones, e fizessem uma breve meditação. “Olhemos todos para a cruz e depositemos nela nossos sentimentos, nossos sofrimentos, tiremos dela uma lição”, motivava o bispo.

Antes da bênção final, o Diácono João Francisco aproveitou para estender o convite aos fiéis para sua ordenação sacerdotal no sábado, 25 de março, em Rio Claro do Sul. “Quero aproveitar para agradecer a todos pelas orações e pela ajuda e trabalho com as Capelinhas. Delas veio grande parte da ajuda para minha formação. Convido a todos que desejarem, a se fazerem presentes em minha ordenação no próximo sábado”, externou o diácono.

Além da bênção dada pelo bispo com a imagem de Nossa Senhora do Rocio, outro ícone que acompanha a cruz, o Cartaz do 14º Encontro Intereclesial, e a Bíblia, padre Silvano convidou aos fiéis para que se aproximassem e fizessem sua devoção diante da imagem do Rocio. “Quem desejar fazer sua devoção ou realizar um pedido pode se aproximar da imagem após a bênção”, incentivou.

Enquanto o seminarista Ronaldo segurava a imagem, os fiéis devotos faziam fila para expressar seus sentimentos de fé, naquele momento de Graça para a Diocese.

Os Ícones ficarão durante esta semana em União da Vitória, e no final de semana seguirão para a Diocese de Guarapuava, próxima diocese do Paraná à ser percorrida.

Depois de passar por todo o Paraná, os símbolos chegarão no mês de julho na Arquidiocese de Londrina, no encontro preparatório para o 14º Interecl

esial a acontecer em janeiro de 2018, na própria Arquidiocese de Londrina.

 Em um dos trechos da Carta destinada às Diocese, a assessoria das CEBs do Regional Sul II, que representam as Dioceses do Paraná destaca.

A Cruz de Madeira, Ícone das CEBs, traz esculpida símbolos do Paraná.

“O Trem das CEBs não parou, nem vai parar, do Ceará ele veio ao Paraná!” […] As Comunidades Eclesiais de Base do Brasil estão em sintonia com essa preparação, vivenciando e celebrando as CEBs e os desafios no mundo urbano em cada realidade. As comunidades do Paraná também estão em sintonia com essa preparação.”

Diocese de União da Vitória acolhe ícones das CEBs

 Texto e fotos: Pe. Marcelo S. de Lara

Assessor da Pascom Diocese de União da Vitória

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.