Regional Sul 2 no Sulão das CEBs.

O  4º SULÃO DAS CEBs, será nos dias 15 a 17 de novembro, em Canoas – Arquidiocese de Porto Alegre/ RS.
Igreja da Base na perspectiva do Papa Francisco
O 4° Sulão das CEBs, que ser espaço para partilhar as nossas lutas, buscas, alegrias e esperanças, mas também angústias e dúvidas, animados/as pela certeza de que onde houver um/a cristão/ã consciente ou uma mulher e um homem de boa vontade que se irmanam na solidariedade, na luta pela justiça, e na criação de estruturas de fraternidade e comunhão, o tirano poder não será nem absoluto e nem definitivo. E aí está o coração das CEBs, aí está acontecendo o jeito de ser da Igreja comprometida com Jesus Cristo.
Canoas foi indicada diante do fato de que as CEBs no RS tiveram aí seu berço inicial, fruto da ação do Espírito Santo, como fonte geradora de uma Igreja encarnada na realidade do povo sofredor, entre eles, os Índios e Afrodescendentes.
Através da inserção e ação evangelizadora do Irmão Antônio Cechin, sua irmã Matilde e tantas outras lideranças leigas e religiosas, que sempre nos animaram com os exemplos de fé de São Sepé.
Com nosso Irmão e Pastor Francisco, que nos preside na caridade, queremos renovar essa fé no Deus Conosco, que continua caminhando ao nosso lado, ouvindo os clamores de seu povo, acolhendo em seus braços e coração misericordioso nossas incertezas e dores, mas ao mesmo tempo, nos animando para que, como Moisés, sejamos também nós uma Igreja na base, profética e portadora da esperança da terra onde jorra leite e mel, ou como dizem os sábios povos nativos guaranis, uma Terra Sem Males.
O Sulão das CEBs reúne  representante dos quatro Regionais do sul do Brasil (Sul 1, Sul 2, Sul 3 e Sul 4)
Do Regional Sul 2 seremos mais de 60 delegados das diversas dioceses do Paraná.
Rogamos a Mãe do Rocio, nossa Padroeira que abençoe as viagens e a participação de todos.
Por Lucimar Moreira
Fonte; blogdalucia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.