Dia de “D” de oração pelo 14º Intereclesial de CEBs 2018

14º Intereclesial de CEBs – Londrina 2018

Coordenação de CEBs Diocese de Crato – NE 1 / Ceará

Realizando celebração em intenção pelo 14 Intereclesial de CEBs
Comunidade São Benedito – Sítio Barro Lavras da Mangabeira – CE

Coordenação de CEBs da Diocese de Crato promove nesse dia 14 (quinta) de setembro de 2017 mais um dia de Oração pela intenção na construção e realização do 14º Intereclesial de CEBs que acontecera na Arquidiocese de Londrina – Regional Sul 2 / Paraná.

As comunidades são motivadas para oferecer suas intensões particulares e coletivas em favor das equipes de serviços de Londrina e pelos delegados da Diocese que irão participar do Intereclesial.

A construção de todo material celebrativo e motivação para esse momento oracional está sobre a delegação dos jovens da Diocese de Crato, na representação de Muriel Silva e Licaon Rocha, membros articulação das juventudes diocesana e PJs.

Confira  o roteiro para 14 de setembro 2017.

Roteiro para Celebração dia 14 de setembro 2017.


Materiais: tecidos coloridos, velas, bíblia (em posição de destaque), flores, cartolinas, pinceis
(canetinhas), lanche para partilhar…
Mantra: Deus vos salve, Deus,
Deus vos salve, Deus,
Deus salve, a comunidade
Onde mora Deus!
Vos salve Deus.


ABERTURA


Estes lábios meus, vem abrir, Senhor. (bis)
Cante esta minha boca sempre o teu louvor! (bis)
Venham, adoremos a nosso Senhor. (bis)
Hoje ele nos reúne em seu grande amor. (bis)
Venham em seu nome, venham se alegrar. (bis)
Ele é a nossa força, vamos aclamar. (bis)
Desde muito tempo, desde Israel. (bis)
Bom é lembrar seus feitos, seu amor fiel. (bis)
Para quem caminha Ele reservou. (bis)
O mel que sai da rocha e o trigo em flor (bis)
Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito. (bis)
Glória à Trindade Santa, glória ao Deus bendito. (bis)
Aleluia, irmãs, aleluia irmãos!(bis)
Do povo que trabalha a Deus louvação! (bis)

COMENTÁRIO INICIAL


Irmãs e irmãos, sigamos nos preparativos para vivenciarmos mais um Intereclesial de
CEBs em 2018, com a proposta de “globalizar a civilização do amor”, fazendo ecoar os gritos e,
indo mais além, apresentar as luzes para os DESAFIOS NO MUNDO URBANO.
Um jovem lê o poema Vento de Deus (D. Pedro Casaldáliga).
Tu que sopra onde queres,
Vento de Deus dando vida,
Sopra-me, sopro fecundo!
Sopra-me vida em teu sopro!
Faze-me todo janelas,
Olhos abertos e abraço.
Leva-me em Boa Noticia
Sobre os telhados do medo.
Passa-me em torno das flores,
Beijo de graça e ternura.
Joga-me contra a injustiça
Em furacão de verdade.
Deita-me em cima dos mortos,
Boca-profeta a chama-lo.

RECORDAÇÃO DA VIDA


Recordemos neste momento as lutas diárias que travamos em defesa da vida do outro,
da Casa Comum e também das lembranças em que o “Vento de Deus” soprou em nossas vidas,
em nossas comunidades…
Para encerrar este momento, cantemos juntos, com alegria…
CANTO: O QUE VALE É O AMOR (ZÉ VICENTE)
Se é pra ir a luta, eu vou!
Se é pra tá presente, eu tô!
Pois na vida da gente o que vale é o amor (bis)
É que a gente junto vai
Reacender estrelas vai
Replantar nosso sonho em cada coração
Enquanto não chegar o dia
Enquanto persiste a agonia
A gente ensaia o baião
Lauê, lauê, lauê, lauê
É que a gente junto vai
Reabrindo caminhos vai
Alargando a avenida pra festa geral
Enquanto não chega a vitória
A gente refaz a história
Pro que há de ser afinal
Lauê, lauê, lauê, lauê
É que a gente junto vai
Vai pra rua de novo, vai
Levantar a bandeira do sonho maior
Enquanto eles mandam, não importa
A gente vai abrindo a porta
Quem vai rir depois, ri melhor
Lauê, lauê, lauê, lauê
Esse amor tão bonito vai
Vai gerar nova vida, vai
Cicatrizar feridas, fecundar a paz
Enquanto governa a maldade
A gente canta a liberdade
O amor não se rende jamais
Lauê, lauê, lauê, lauê

Leitura Bíblica [Palavra de Deus]


ENTRADA DA PALAVRA: Dois jovens caracterizados como pessoas do mundo urbano e do
mundo rural entram com a palavra . Durante a música eles devem passar a palavra pelas mãos de
todos os presentes até chegar as mãos de quem vai proclamar.
Canto: Fazei ressoar.
Livro: Lucas 10, 25 – 37.
Comentário: “A palavra original que Jesus emprega na parábola do bom samaritano não é
‘próximo’, mas ‘plesíon’ (em grego), equivalente a ‘rea’ (em aramaico) e, para nós, ‘companheiro’.
(…) ‘Próximo’ não é aquele ou aquela que encontramos em nosso caminho, mas aqueles e aquelas
em cujo caminho nos colocamos. o amor verdadeiro exige uma atitude ativa de solidariedade, de
busca e de aproximação” (Coleção Na Trilha do Grupo de Jovens – Como desenvolver a participação
social no grupo de jovens? – pág.73).
Qual a Boa Nova de Jesus para nossas comunidades nos dias de hoje? Como nossas
comunidades estão sendo proféticas e missionárias, e como estão se organizando para suprir as
necessidades do povo?

OFERTÓRIO [MESA DA PARTILHA]
Sugestão: Todos os presentes são convidados a ofertar, em forma de palavras escritas em
cartazes, as ações em defesa da vida. Momento de entrega dos envelopes em apoio a delegação da
diocese que estará participando do 14º Intereclesial.


CANTO DE OFERTÓRIO: OFERTÓRIO DAS COMUNIDADES (ZÉ VICENTE)
Nesta mesa da irmandade
A nossa comunidade
Se oferece a ti, senhor
Nosso sonho e nossa luta
Nossa fé, nossa conduta
Te entregamos com amor.
Novo jeito de sermos igreja
Nós buscamos, Senhor, na tua mesa (bis)
Neste pão te oferecemos os mutirões que
Fazemos, a partilha e a produção. Neste
Vinho a alegria, que floresce cada dia, dentro
De nossa união.
Nesta bíblia bem aberta, encontramos a luz
Certa, para aqui te oferecer. Ela reúne o teu
Povo na busca de um mundo novo, onde os
Pobres vão viver.

PRECES
Ouvi, Deus de amor, nosso clamor:
– Senhor, nós te pedimos que a tua paz brilhe no meio de nós e que o teu amor liberte as
nossas vidas,
– Torna-nos perseverantes na fé e coloca em nossos corações o desejo do teu Reino,
– Ó Cristo, luz do alto, vem visitar todos aqueles que estão nas trevas: mostra-lhes o caminho
do teu amor,
– Deus, pai e mãe de bondade. Olhai pela juventude de nossas comunidades, por muitas vezes
desacreditadas, para que possamos reconhecer o seu valor e sudos.
– Jesus Cristo, Deus moreno, pobre e homem. Escuta o clamor do povo brasileiro que vive
momentos TEMERosos, e nos ajuda a não perder o desejo de justiça e igualdade.
Preces espontâneas…
PAI NOSSO.
[Se a comunidade preferir pode se cantar o Pai Nosso dos Mártires, em memória dos/as vários/as
irmãos e irmãs que deram a vida pela causa da justiça].


BENÇÃO FINAL
“A benção do Deus de Sara, Abraão e Agar,
A benção do Deus Filho, nascido de Maria,
A benção do Espirito Santo de Amor
Que cuida com carinho,
Qual mãe cuida da gente,
Esteja sobre todos nós. Amém!”

PARTILHA DOS ALIMENTOS
Senhor, Deus da vida, que nos sustenta com o alimento da terra e com o pão que vem do céu,
permita que jamais nos falte o pão de cada dia e que saibamos repartir com aqueles que nada
tem.
“Dai pão a quem tem fome, e fome de justiça a quem tem pão”.
Que a partilha dure o tempo necessário, tempo de se alimentar, conversar, se divertir, enfim
celebrar a vida.


SAIDEIRA
Baião Das Comunidades(Zé Vicente)
Somos gente nova vivendo a união
Somos povo semente de uma nova nação ê, ê
Somos gente nova vivendo o amor
Somos comunidade, povo do senhor, ê, ê
Vou convidar os meus irmãos trabalhadores
Operários, lavradores, biscateiros e outros mais
E juntos vamos celebrar a confiança
Nossa luta na esperança de ter terra, pão e paz, ê, ê
Vou convidar os índios que ainda resistem
As tribos que ainda insistem no direito de viver
E juntos vamos reunidos na memória
Celebrar uma vitória que vai ter que acontecer, ê, ê
Convido os negros, irmãos no sangue e na sina
Seu gingado nos ensina a dança da redenção
De braços dados, no terreiro da irmandade
Vamos sambar de verdade enquanto chega a razão, ê, ê
Vou convidar Oneide, Rosa, Ana e Maria
A mulher que noite e dia luta e faz nascer o amor
E reunidas no altar da liberdade
Vamos cantar de verdade, vamos pisar sobre a dor, ê, ê
Vou convidar a criançada e a juventude
Tocadores, me ajudem, vamos cantar por aí
O nosso canto vai encher todo o país
Velho vai dançar feliz, quem chorou vai ter que rir, ê, ê
Desempregados, pescadores, desprezados
E os marginalizados, venham todos se ajuntar
A nossa marcha pra nova sociedade
Quem nos ama de verdade pode vir, tem um lugar, ê, ê

Referencias:
· Coleção na Trilha do Grupo de Jovens – Como desenvolver a participação social no grupo
de jovens? : Rede Brasileira de institutos de juventude. 2007
· Oficio Divino da Juventude: 4ª Edição

LINK para músicas
Zé Vicente – Baião das Comunidades – YouTube

Ofertório da comunidade – Zé Vicente – YouTube

Fazei Ressoar, – YouTube
https://www.youtube.com/watch?v=bpbgkTzuAI
O que vale é o amor – Zé Vicente – YouTube
https://www.youtube.com/watch?v=bYOKWbJrbgI

Este material foi elaborado por

*MURIEL SILVA e LICAON ROCHA –
Coordenação Diocesana da Pastoral da Juventude

Diocese de Crato – CE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.