Liturgia

Reflexões da Palavra | 29º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 29º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 45,1.4-6 - Sl 95 - 1Ts 1,1-5b - Mt 22,15-21 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. As leituras deste domingo nos mostram o envolvimento político com a História da Salvação, fazendo-nos entender que os desígnios de Deus ultrapassam este nosso momento histórico, mas o incluem na sua trajetória e realização. O Senhor diz sobre Ciro - rei da Pérsia, que não conhecia a Deus - "Armei-te guerreiro, sem me reconheceres, para que todos saibam, do oriente ao ocidente, que fora de mim, outro não existe. Eu sou o Senhor, não há outro". O Evangelho dá continuidade à série de ataques por parte dos inimigos que levarão Jesus à morte. Aqui eles procuram obrigá-lo a entrar num terreno meramente político. Humanamente, a morte de Jesus se tornará uma questão política. Pergunta
Reflexões da Palavra | 28º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 28º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 25,6-10a - Sl 22 - Fl 4,12-14.19-20 - Mt 22,1-14 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A liturgia deste domingo dá continuidade ao diálogo que Jesus trava com as autoridades religiosas no templo de Jerusalém. Trata-se da terceira parábola em que Ele apresenta o Reino dos céus como resposta aos que o questionam sobre a autoridade com que ensinava. Além de apresentar o Reino dos Céus com características muito diferentes do que a religião oficial pregava, Jesus põe em xeque aquele tipo de religiosidade.A imagem do banquete é muito rica no contexto bíblico, e a festa por excelência na antiguidade, era a festa de casamento: durava sete dias - ou mais! - dependendo das posses dos noivos, e evocava alegria, amor e perenidade/eternidade. E as pessoas esperavam ansi
Reflexões da Palavra | 27º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 27º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 5,1-7 - Sl 79 - Fl 4,6-9 - Mt 21,33-43 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. A imagem da vinha nos ensinamentos de Jesus permanece. Ele narra outra parábola que tem como interlocutores, ainda, os sacerdotes e os anciãos do povo, os ilustres da época e detentores do poder. Conta que um Senhor proprietário de uma vinha arrendou-a a vinhateiros e viajou para o estrangeiro. Quando chegou o tempo da colheita mandou seus empregados para receber a sua parte. Os vinhateiros espancaram, mataram e apedrejaram os funcionários do proprietário da vinha. Mandou depois um número maior, que foram tratados da mesma forma. E finalmente, mandou seu filho, imaginando que iriam respeitá-lo por ser o herdeiro. Mas, igualmente mataram-no para tomar posse da terra, da herança do f
Reflexões da Palavra | 25º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 25º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Is 55,6-9 - Sl 144 - Fl 1,20c-24.27a - Mt 20,1-16a Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Desemprego, fome, injustiça social, meritocracia são realidades já presentes no tempo de Jesus, mas a sua postura diante disto deve motivar seus discípulos e seguidores a minimamente indignarem-se e emprestar suas vozes para denunciar e clamar por justiça. Neste domingo a Igreja nos oferece como reflexão inquietante a parábola dos vinhateiros, também conhecida como os empregados da última hora... Um patrão contratou, pela manhã, vinhateiros para a sua vinha e combinou com eles uma moeda de prata pelo trabalho do dia. No meio da manhã e ao meio dia contratou outros, concluindo a contratação já no final da tarde e prometendo pagar-lhes o que for justo. Ao término do trabalho
Reflexões da Palavra | 24º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 24º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Eclo 27,33-28,9 - Sl 102 - Rm 14,7-9 - Mt 18,21-35 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. O perdão é o tema proposto pelas leituras deste domingo. Talvez seja um dos temas mais difíceis de refletirmos, de vivermos e de emitirmos uma palavra, algo que fale ao nosso coração. Ouvimos muitas frases prontas: errar é humano, perdoar é divino; deve perdoar pois Deus nos perdoa sempre; deixe pra lá, esqueça, tente de novo, recomece... e as pessoas que assim dizem querem realmente ajudar, querem apaziguar o nosso coração, mas como é difícil! E é mais difícil ainda para aqueles que são tementes a Deus, tentam seguir seus ensinamentos, alimentam-se da Sua Palavra e em muitos casos - como eu! - atrevem-se a explicá-la, a ensiná-la...Pedro perguntou a Jesus quantas vezes de
Reflexões da Palavra | 23º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Reflexões da Palavra | 23º Domingo do Tempo Comum | Ano A

Destaque, Liturgia
Leituras: Ez 33,7-9 - Sl 94 - Rm 13,8-10 - Mt 18,15-20 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Em tempos de tanta violência, de tanto ódio, de tantas fake news e uma avalanche de notícias que invadem a nossa vida e a nossa casa, as leituras deste domingo vêm nos falar de amor, de tolerância, de correção fraterna. "Não fiqueis devendo nada a ninguém, a não ser o amor mútuo, pois quem ama o próximo está cumprindo toda a Lei.[...].O amor não faz mal contra o próximo". E o Evangelho de hoje encontra-se imediatamente após a narrativa da parábola da ovelha desgarrada, da qual se torna uma aplicação concreta. Se um irmão cometeu uma falta, deve fazer-se em primeiro lugar a correção pessoal. Se não escuta, é necessário chamar o auxílio de uma ou duas testemunhas e em últi
Reflexões da Palavra – 22o Domingo do Tempo Comum – Ano A

Reflexões da Palavra – 22o Domingo do Tempo Comum – Ano A

Destaque, Liturgia
22o Domingo do Tempo Comum - Ano A Leituras: Jr 20,7-9 - Sl 62 - Rm 12,1-2 - Mt 16,21-27 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. "Seduziste-me, Senhor, e eu me deixei seduzir; foste mais forte, tiveste mais poder..." - este versículo de Jeremias é bastante conhecido e penso ser familiar a todos aqueles que, de algum modo e em diferentes medidas, tomaram "sua cruz" e seguiram Jesus, abraçando seu projeto, sonhando os seus sonhos, "perdendo as suas vidas" para realmente encontrá-las. Tomar a "sua" cruz e seguir Jesus, não é uma vocação tranquila: é incômodo para quem fala e para quem ouve. Jeremias queria subtrair-se, fugir da missão profética, mas a Palavra de Deus queimava-o por dentro, não teve como fugir, só lhe restou deixar-se seduzir! E essa
Reflexões da Palavra – 21º Domingo do Tempo Comum – Ano A

Reflexões da Palavra – 21º Domingo do Tempo Comum – Ano A

Destaque, Liturgia
21o Domingo do Tempo Comum - Ano A Leituras: Is 22,19-23 - Sl 137 - Rm 11,33-36 - Mt 16,13-20 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Nós cristãos - católicos ou não - deveríamos ser os primeiros a perguntar-nos: "Quem é Jesus para mim?" e à resposta dada, verificarmos a sua coerência, pois só pode responder a esta pergunta quem se encontrou com Ele, quem fez uma real experiência pessoal com o crucificado-ressuscitado. Jesus queria saber o que pensavam sobre sua pessoa, percebia que as coisas não iam muito bem, o entusiasmo dos primeiros tempos do anúncio da Boa Nova pareciam não causar o esperado... Jesus havia pregado e feito milagres sobretudo na Galiléia. O povo se admirava, mas ficava também perturbado, porque o modo de agir de Jesus não correspondia a c
Reflexões da Palavra – Festa da Assunção de Nossa Senhora

Reflexões da Palavra – Festa da Assunção de Nossa Senhora

Destaque, Liturgia
Festa da Assunção de Nossa Senhora Leituras: Ap 11,19a;12,1.3-6a.10ab - Sl 44 - 1Cor 15,20-27a - Lc 1,39-56 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. Um grande sinal apareceu no céu: uma mulher que tem o sol por manto, a lua sob os pés, e uma coroa de doze estrelas na cabeça - assim Maria é proclamado na antifona que abre a liturgia deste domingo. A Mulher, adornada de todo o seu esplendor - o sol, a lua e as dozes estrelas, simbolizam o povo de Deus: antes de tudo, o antigo Israel, do qual nasceu Jesus, segundo a carne. Depois o novo Israel, a Igreja, Corpo de Cristo . Um e outro são vítimas das perseguições do dragão, isto é, do mal... o Menino dado à luz pela Mulher, é evidentemente o Messias, visto tanto pela sua realidade histórica como misticamente pelos cristãos.
Reflexões da Palavra – 19° Domingo do Tempo Comum

Reflexões da Palavra – 19° Domingo do Tempo Comum

Destaque, Liturgia
19º Domingo do Tempo Comum - Ano A Leituras: 1Rs 19,9a.11-13a - Sl 84 - Rm 9,1-5 - Mt 14,22-33 Por Quininha Fernandes Pinto, do Regional Leste 1. As leituras deste domingo nos apresentam duas cenas de teofanias = manifestações de Deus. No Antigo Testamento Ele se manifesta ao profeta Elias, na brisa, à entrada da caverna do Horeb. Manifesta-se também aos apóstolos, particularmente a Pedro na pessoa de Jesus que domina o furor do mar. A nossa fé nos faz acreditar que Deus vem ao nosso encontro especialmente nos momentos de aflição e de necessidade. O nosso Deus é o Deus dos pobres, dos fracos, dos que sofrem. O Evangelho deste domingo nos narra que após ter saciado a fome da multidão que o seguia - cf. o Evangelho de domingo passado - Jesus foi orar. Chegou a noite e Ele não voltou. A ba